06 agosto, 2014

Ricardo Salgado sai do BES em grande. Ainda teve tempo de fazer uma limpeza de 1,5 mil milhões aos cofres, nos últimos 10 dias.


TODOS GARANTEM QUE O BES, NÃO CUSTARÁ DINHEIRO PÚBLICO... 
MAS QUEM MAIS ACEITARIA PACATAMENTE, PAGAR BURACOS DE BANQUEIROS SUJOS? SENÃO O POVO COM DINHEIRO PÚBLICO? ESSE BURRO DE CARGA QUE TUDO CONSENTE! 
MAIS NINGUÉM EM PORTUGAL POSSUI A QUANTIA DE DINHEIRO E DE PACIÊNCIA/ (IGNORÂNCIA) PARA PAGAR MAIS ESTE BURACO.



"Descobertas perdas de 1,5 mil milhões nos últimos dias de Salgado
Antiga administração contrariou ordens do Banco de Portugal e poderá ter feito “actos de gestão gravemente prejudiciais para os interesses do BES”. A auditoria externa ao Banco descobriu perdas de cerca de 1,5 mil milhões de euros na recta final da administração de Ricardo Salgado. A 11 de Julho o BdP anunciou que o BES tinha ainda uma almofada para assegurar  o buraco, mas depois disso o buraco aumentou 1,5 mil milhões. RR
É ainda ridículo que se peça uma caução de 3 milhões a uma pessoa que fez desaparecer, só em 10 dias, 1,5 mil milhões... para ele, 3 milhões de euros, são trocos. Uma justiça sem noção da proporcionalidade, jamais poderá chamar-se justiça.

O Governo teve ainda o brilhantismo, a eficiência e o poder, de em tempo recorde mudar uma lei para permitir salvar o BES com dinheiro público (que eles dizem que não é público), mas é lamentável que não utilizem esse mesmo poder e brilhantismo para mudarem a lei que permitiria arrestar/expropriar todos os bens e dividendos de toda a família e grupo Espírito Santo. E até mesmo prender todos os suspeitos com poder para fazer desaparecer mais dinheiro e provas. Só assim poderiam assegurar um menor risco de perdas e evitar futuros desfalques no banco e no grupo, e tranquilizar os contribuintes.
Governo e Cavaco aprovaram lei “relâmpago” para permitir solução para o BES
Decreto promulgado foi domingo por Cavaco e publicado esta segunda-feira em "Diário da República". O decreto é assinado pelo vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, em nome do primeiro-ministro e pela ministra das Finanças. O objectivo é permitir ao Banco de Portugal autorizar a alienação de parte ou da totalidade de um “banco de transição”. RR

Investir/emprestar 5 mil milhões a um banco que vale menos de 500 milhões, é considerado um acto extremamente tóxico. Foi precisamente isso que os criminosos do BPN fizeram, emprestaram dinheiro a quem jamais o iria pagar. Emprestaram dinheiro sem garantias a amigos e companheiros da politica, do futebol, da construção, etc. Emprestaram dinheiro sabendo de antemão que não haveria devolução. E o BES fez o mesmo, emprestou a ele próprio e à família, até falir. Agora o Governo faz o mesmo com o BES, empresta um valor a um banco, sabendo-se que nem vendendo o próprio banco, se poderá saldar a divida!?
Enquanto isso a fortuna da família continua a salvo, para salvar a família, não para salvar o banco roubado pela família e que agora, depois de vazio e esburacado, é um problema de todos nós.
Faz-nos recordar o velho caso BPN e a sua gloriosa SLN, que prevalece em pé firme e hirta a dar lucro aos que esvaziaram o BPN.

*ACTIVOS DA FAMÍLIA ESPÍRITO SANTO*
*Herdade da Comporta*
*(onde, candidamente, iam brincar aos pobrezinhos) com uma área de 12,5 mil hectares (área cultivada de arroz, 1 100 hectares e produz também: Vinho, milho, batata-doce e curgetes). A parte florestal tem uma área de 7.100 hectares de pinheiros e carvalhos. Existe um projecto imobiliário e turístico.
Aqui não há incêndios!

*Industria hoteleira*
*Possui 14 unidades hoteleiras (Tivoli, Hotels & Resorts), todos de 4 e 5 estrelas. No Brasil 2 unidades (S. Paulo e Praia do Forte em S. Salvador da Baía). Em Portugal 12 unidades (6 no Algarve, 3 em Lisboa, 2 em Sintra e um em Coimbra). Tem uma oferta total de 3000 quartos.

*Operador Turístico*
*Tem mais de 50 balcões espalhados pelo País. A actividade alarga-se até Angola, Itália e Espanha. Opera com as marcas Top Atlântico, Carlson Wagonlit e BCD Travel. Detém a operadora online Netviagens.

*Portucale*
*Proprietários da herdade Vargem Fresca (Ribatejo) com cerca de 510 hectares, alberga dois campos de golfe, Ribagolfe I e II.
A Portucale esteve envolvida num escândalo em conjunto com o governo Santana Lopes/Durão Barroso/Paulo Portas, acerca de um abate ilegal de sobreiros, autorizado às pressas e após terem perdido as eleições para o PS. Conta-se, que na altura o CDS teria recebido um milhão de euros e justificado ter sido oferecidos por diversos donativos de militantes, entre eles, o muito glosado MANUEL LEITE DO REGO.
*Esta Propriedade foi destacada da Companhia das Lezírias (do Estado), com o argumento/justificação de que iriam ali plantar novas espécies arbóreas! Era bom, conveniente, que alguém fizesse uma investigação sobre a forma como esta propriedade foi transacionada. Como foi retirada ao Estado, a que preço!

*Espírito Santo Saúde*
*O grupo tem cerca de 18 unidades clínicas, 1200 camas e cerca de 9000 funcionários. Os três principais hospitais são o da Luz, em Lisboa, o da Arrábida, em Vila Nova de Gaia e o Beatriz Ângelo, em Loures.

*Fazendas no Brasil*
*O Grupo Espírito Santo tem duas grandes fazendas no interior do Brasil. Uma no Estado de S. Paulo com 12 mil hectares, mais propriamente em Botucatu, chamada Fazenda Morrinhos. Produz, laranjas, limões, eucalipto e cana-de-açúcar.
*A outra, é a Fazenda Pantanal de Cima, no estado de Tocatins, com uma área de 20 000 hectares, 3 mil dos quais asseguram produção de arroz no verão e de soja no inverno.

*Herdade no Paraguai*
*É a maior herdade do Grupo, Estende-se por cerca de 135 mil hectares, no Paraguai. Este terreno  tem uma dimensão equivalente à do quinto maior concelho do País (Uma área onde caberiam 16 Lisboas) Alberga mais de 53 mil cabeças de gado e possui 75 mil hectares de pastagens, 12 mil hectares de floresta e 5 mil de cultivo agrícola,  nomeadamente de soja e algodão.

*Atlantic Meals - Agroalimentar*
*Produz arroz, milho e alimento para crianças, como as farinhas sem glúten. Tem três unidades industriais em Portugal (Coruche, Biscainho e Alcácer do Sal) e uma outra em Sevilha. Opera com as marcas Ceifeira, Sorraia, Atlantic e Atlantic Le Chef. A Atlantic Meals é fornecedora das indústrias
cervejeira e agroalimentar. Tem uma capacidade de secagem de  arroz e milho de 50 mil toneladas/ano.

*Espirito Santo Property Brasil*
*É a empresa imobiliária do grupo no Brasil associada à OA (Óscar Americano), com vários projectos residenciais, de comércio, parques logísticos, escritórios e loteamento. As actividades principais são em S. Paulo, onde desenvolve projectos imobiliários emblemáticos, como o complexo Villa Lobos, com área comercial e residencial, ou a Alameda dos Pinheiros. Tem expandido a actividade a outros estados brasileiros, como é o caso da Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e Baía. Já concretizou empreendimentos fora do Brasil, como é o caso do edifício Plaza Miami, no
centro desta cidade norte americana, um prédio com uma área total de 120 mil metros quadrados com área residencial, escritórios e hotel.

*Espirito Santo Property (Portugal)*
*É um dos maiores promotores imobiliários de Portugal. Vocacionado para o segmento alto, a empresa foi criada com o nome Espart, designação que acabou por ser alterada em Novembro do ano transacto. Um dos primeiros grandes trabalhos foi o desenvolvimento da Quinta do Patiño, no Estoril (onde está o Dias Loureiro e o Rendeiro), transformando um antigo palácio e respectivos jardins numa das áreas mais exclusivas de Portugal. Conta além disso, no seu portfólio, com edifícios em Lisboa, com o nº. 15 da Rua Castilho e o 238 da Av. da Liberdade, o Ivens 31, no Chiado e o Parque dos Príncipes, em Telheiras. E tem as residências do Palácio Estoril, a Quinta do Peru, em Azeitão, as Casas de São Francisco, em Santiago de Cacém, o Oeiras Golf & Residence, o Doro Atlantic Garden, em Gaia e as Quintas D'Al-Gariya, em Portimão, entre outros edifícios.
*Companhia de Seguros Tranquilidade*
*Valor de activos sob gestão 800 milhões de Euros.
*Banco Espírito Santo*
*A GALINHA DOS OVOS DE OURO, onde entra o dinheiro do povo e sai dinheiro para amigos e família*
*Não constam neste rol, as "poupanças estratégicas" eventualmente acantonadas em offshore (do BES/Angola, não se sabe onde param, cerca 5,7 mil milhões de $USA).
*Sabe-se é que:
*O BES/Portugal, emprestou 3 mil milhões de Euros ao BES/Angola, os quais, dizem, estão perdidos.
*O BES emprestou ao Grupo Espirito Santo 1 200 milhões de euros. Com insolvência deste grupo, a liquidação desta verba é um sonho.
*A Caixa Geral de Depósitos, desembolsou 300 milhões de euros, recebendo como garantia as acções do grupo, nesta altura do campeonato valem um grandíssimo ZERO.
A C.G.D. (empresa pública), empresta 300 milhões de € sem garantias? E quem será o responsável? Logicamente a ministra das finanças. Estão todos calados que nem ratos...
*No cômputo geral, a exposição de empresas portuguesas no Espírito Santos Financial Group (maior accionista do BES), é de cerca 5 000 milhões de euros.

*Ao ser aceite o pedido de protecção de credores e/ou em alternativa ser declarada a insolvência deste grupo, lá vem mais um "tsunami" financeiro (Quando o mar bate na rocha quem se lixa, quem é?, quem é?: Obviamente o mexilhão).
*A desgraça deste país é o sistema bancário e tudo o que rodeia. Não foi esta oligarquia, com o conforto do Sr. governador do Banco de Portugal e do residente de Belém os incentivadores da chamada do FMI? Com que objectivo? O objectivo era a salvação das suas casas bancárias, as maiores causadoras da dívida soberana, hoje sobejamente sabido, ser ela mais privada do que pública em detrimento do povo português, vilmente sacrificado, para satisfação da ambição destes malandros.

*Enoja, ver, ler e ouvir os mais diversos gurus do regime, tentar minimizar os desmandos desta "troupe".
*Onde estarão as críticas do Marcelo Rebelo de Sousa (cardeal Richelieu) e de Sousa Tavares? O primeiro tem como companheira, há longuíssimos anos, Rita Berta Cabral, administradora não executiva do BES e um dos três membros da Comissão de Vencimentos do BES, entre 2008/2012. Assíduo acompanhante de Ricardo Salgado nas férias no Mediterrâneo. Os netos do segundo (Sousa Tavares), são os mesmos netos do Sr. Ricardo Salgado.

*Por fim, descobriu-se um novo super-homem, Vítor Bento. Este Sr. foi convidado para presidir à administração do BES (antes tinha sido convidado para ministro das finanças. Declinou (sempre é melhor banqueiro que ministro)?
*Desconfio  e muito. Para já, o Sr. Vítor Bento (protegido do Catroga) não tem qualquer experiência bancária. Teremos que acreditar na sua perspicácia e inteligência e apesar de lhe conceder o benefício da dúvida nestes requisitos, não acredito nele. E porquê? Quando este individuo afirma e
reafirma que a actual situação económica/financeira tem por culpado primário o POVO PORTUGUÊS, por ter VIVIDO ACIMA DAS SUAS POSSIBILIDADES, vai agora presidir a uma entidade, testemunho vivo, contrário à sua pseudoteoria. 

Pacheco Pereira critica a falta de seriedade de Vítor Bento e do BES.


*Por fim, constata-se o aumento da dívida em 40%, desde a chegada da troika. A intervenção do Estado em 3 bancos (BCP, BANIF e BPI) BPN E BPP são casos de polícia e agora o estrondo do BES a somar às chorudas reformas dos ex-presidentes banqueiros, autores, no mínimo, de gestão danosa, com direito a prisão. E os "gurus do regime" não comentam nada? Ou será que comem todos na mesma gamela doirada?
*O povo no alto da sua sabedoria: "ROUBAS UM PÃO ÉS UM LADRÃO, ROUBAS UM MILHÃO ÉS UM BARÃO".LUMINÁRIA

Mas nada como mergulhar bem fundo no oceano de corrupção que afunda Portugal e desvendar mais alguns tentáculos do polvo BES.
BES - O BANCO DO SISTEMA, A SAGA CONTINUA
  1. As escutas do BES e do CDS (video)
  2. 20 milhões, por assessoria do BES.
  3. BES e os submarinos do PortasLusófona e o BES
  4. BES e as grandes obras da Policia Judiciária
  5. Paulo Morais denuncia
  6. As SCUT´s e o BES
  7. O BES e Almerindo Marques
  8. O BES, o Mensalão e o Relvas
  9. BES e a privatização da EDP
  10. BES os juros e as PPP
  11. Manuel Pinho e o BES
  12. O BES e o desfalque nos CTT
  13. O BES na comissão que negoceia com a troika?
  14. O CDS e o depósito de 1 milhão no BES
  15. BES beneficia das PPP de Sócrates.
  16. O BES no Banco de Portugal
  17. As conquistas do BES.
  18. BES e o caso Portucale
  19. PS amigo das PPP´s e do BES
  20. O BES albergue de políticos 
  21. BES acusado de roubar empresa
  22. Gomes Ferreira explica como a Banca manda
  23. Os homens políticos do BES
  24. Prender os que enganaram o estado nas PPP
  25. Fisco aliado do BES, contra o cidadão?
  26. Ana Gomes sem papas na língua, contra o BES.
  27. Lista de casos por desvendar no BES
  28. BES & CML uma parceria conveniente? Perguntem ao António Costa

7 comentários :

  1. Agora sim, graças a Passos Coelho o país tem um sistema financeiro robusto e que não gasta acima das possibilidades dos portugueses e está na hora de falar em crescimento. Foi tudo tão tranquilo que do Portas, o coordenador das pastas económicas no governo, nem se ouviu falar. Longe vão os tempos em que a Maria Luís aparecia sempre com o Portas ao lado.

    A transformação do BES em BOSTA foi tão bem feita que eles até esperaram por um domingo de Agosto e mesmo assim só comunicaram ao país recorrendo a uma figura triste já quase à meia noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
      UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
      Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
      O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
      O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
      Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
      (…)
      Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
      Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
      Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
      ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

      Eliminar
  2. É tudo uma simples questão de idoneidade07 agosto, 2014 00:56

    vídeo de 2013...até parece que estava escrito nas estrelas!!

    https://www.youtube.com/watch?v=Tig2K_qsqio


    "Sei que pareço um ladrão...
    Mas há muitos que eu conheço
    Que não parecendo o que são,
    São aquilo que eu pareço.

    Vemos gente bem vestida,
    no aspecto desassombrada;
    são tudo ilusões da vida,
    tudo é miséria dourada

    Quando não tenhas à mão
    Outro livro mais distinto,
    Lê esses versos que são
    Filhos das mágoas que sinto."

    António Aleixo

    ResponderEliminar
  3. Este capitalismo financeiro globalizado é lindo07 agosto, 2014 01:27

    «O Wall Street Journal publicou hoje uma notícia na sua edição online em que dá conta de que vários fundos especializados em investimentos de risco terão ganho milhões de euros com operações feitas poucos meses antes da crise do Banco Espírito Santo (BES).

    O jornal norte-americano dá conta, na sua edição online, de que os designados hedge funds – que pedem emprestados títulos de uma empresa e, após apostar na sua queda, os vendem a um preço mais baixo, obtendo lucro – terão reforçado a sua posição no BES meses antes do colapso.

    O Marshall Wace LLP fê-lo em meados de julho (de 0,51% para 0,85% do capital social do banco), após uma aposta inicial em 15 de maio, quando as ações estavam a negociar a 99 cêntimos. Duas semanas mais tarde, a sua posição terá sido novamente reduzida para os 0,51%, com ganhos de cerca de 27 milhões de euros.

    À mesma técnica terá recorrido o TT International, assumindo uma posição curta em julho de 2013, que aumentou em junho de 2014, obtendo lucros de 15 milhões de euros. E ainda o Altair Investment Management Ltd, com ganhos de 11 milhões de euros.» [Notícias ao Minuto]

    "As únicas preocupações evidentes, foram a auto-justificação do Governador do Banco de Portugal e a elaboração de uma "narrativa" dolosa destinada a impedir que se diga o que aconteceu: o BES faliu e foi nacionalizado. Vai ser "limpo" com o nosso dinheiro e depois vendido barato. Alguém vai lucrar e muito. Tudo o resto é propaganda." JPP

    ResponderEliminar
  4. OBRIGADO Dr. Carlos Costa por nos ter tirado de cima do fio da navalha. MUITO OBRIGADO Sr. Primeiro-Ministro pelo mesmo. MUITÍSSIMO OBRIGADO Sr. Presidente da República / SLN por idem. OBRIGADÍSSIMO Sr. Mário Draghi do BCE / Goldman Sachs por ibidem.
    Ass: the Grateful Dead People (o Tuga).

    ResponderEliminar
  5. Ainda Almada Negreiros; " antes espanhol"...

    ResponderEliminar
  6. A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.

    Quando opta por não votar pode estar a atingir o resultado contrário daquilo em que acredita.
    Esclareça-se e compreenda porque é importante votar em consciência contra os partidos corruptos.
    Faça uma escolha, opte por votar com quem mais se identifica, e quem menos o lesou, o poder é seu! Use-o para ajudar todos nós.


    ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#ixzz4VIExhUcU

    ResponderEliminar