13 julho, 2012

Gestores incompetentes, irresponsáveis do dinheiro dos portugueses.

Entre vinganças partidárias ou pessoais, e tentativas de favorecer privados com dinheiro público, quem sofre é sempre o contribuinte... Sofre porque vê os seus impostos serem tratados como lixo e sofre porque não usufrui daquilo que pagou. 
O jardim de infância de Barcelos é um exemplo, mas temos muitos mais exemplos, de obras inúteis e despesistas que não servem os interesses do cidadão, apenas das construtoras e dos políticos incompetentes ou corruptos.
"O novo jardim de infância de Macieira, em Barcelos, está pronto há mais de dois anos mas ainda não abriu, porque foi construído «no meio de um campo de milho, sem acessos», revelou ontem o presidente da câmara.
«Custou quase meio milhão de euros e está fechado neste momento. Se foi feito no meio de um campo de milho, como é que se chega lá?», questionou Costa Gomes (PS), em declarações à Lusa.
O equipamento foi construído pelo executivo anterior, que era de maioria PSD. Segundo Miguel Costa Gomes, «são precisos mais 300 mil euros para o pôr a funcionar».
«Nunca devia ter sido construído naquele sítio», criticou, apontando Macieira como o exemplo de uma freguesia «com péssimos investimentos».
À Lusa, o presidente da junta de freguesia, José Novais, também vice-presidente do PSD de Barcelos, disse que esta situação ainda se mantém por «vingança política» do actual executivo camarário.
«O jardim-de-infância foi construído no centro da freguesia, toda a área de Macieira é de campo. A junta já ali investiu 160 mil euros no terreno e está disposta a financiar o acesso. O que a junta não aceita é que a câmara queira entregar o equipamento a uma instituição particular de solidariedade social, quando ele foi concebido para integrar a rede pública. Isso não», referiu José Novais.
Segundo o autarca, a intenção da câmara será entregar o novo jardim-de-infância à delegação de Macieira da Cruz Vermelha Portuguesa, que já detém o actual.
«Nasceu para ser público e é assim que nós queremos que seja», referiu, sublinhando que «os tempos são difíceis e as famílias já têm encargos que cheguem».
Entretanto, como admitiu José Novais, o equipamento «está a deteriorar-se», fruto do abandono a que está votado"./sol.sapo

7 comentários :

  1. Ontem deparei com mais um caso:
    Um vereador, de Braga creio, recebeu - apenas - 500.000 euros de luvas para comprar autocarros MAN.
    Acredito que, como no passado, o corruptor e o corrompido sejam absolvidos e os leitores da notícia sejam todos presos num qualquer campo de futebol...
    É para aí que isto caminha...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim também já tenho essa no meu arquivo para ser publicada.
      Obrigada pelo contributo, todas as dicas são bem vindas. Não é fácil dar conta do recado sozinha, eles são tantos a roubar, eu não consigo acompanhar todos.

      Eliminar
    2. TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
      UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
      Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
      O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
      O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
      Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
      (…)
      Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
      Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
      Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
      ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

      Eliminar
    3. O TAL CASO DE BRAGA
      VIDEO - COMO FAZER MILIONÁRIOS?? AFINAL É FÁCIL. UM CASO EM BRAGA
      - Empresário imobiliário milionário reclama 24 milhões aos portugueses, porque coitado, foi enganado, uma esperteza que conseguiu erguer um império de 100 milhões, foi enganado??
      Afirma que pensava que estava a fazer depósitos no BPN, e nem via que estava a assinar aplicações?
      E como não viu e perdeu o dinheiro, porque o BPN só deveria devolver depósitos, então alega que não sabia que não eram depósitos... e com esta alegação, ganha 24 milhões. GENIAL?
      Mais genial ainda quando o que ele investiu, (mal) no BPN foram 18 milhões, mas dado os atrasos na justiça, com os juros passou a receber 24 milhões. Afinal investir em maus negócios dá lucro?
      Como podem ver no video, ganhou o primeiro julgamento porque a juíza considerou que foi ingénuo e enganado pelo BPN, apesar de o advogado de acusação (que representa o estado) questionar a estranheza de a juíza acreditar nessa teoria, "como é que um homem que tem mais de 100 milhões de euros é ingénuo" ???
      A sua fortuna foi construída em Braga paralelamente ao reinado de de 37 anos, de Mesquita Machado na Câmara de Braga. Comprava terrenos agrícolas baratos, pedia à câmara licenciamentos de projectos de urbanização, que a câmara aprovava, e fazia disparar o valor dos terrenos.
      E foi assim, mais um vez, sem se produzir nada, apenas especulando e enfim... que nasceu mais um milionário?
      "O julgamento está a ser repetido porque a primeira sentença "esqueceu" a resposta a dois dos quesitos iniciais. " - Entretanto os 18 milhões de euros, com os atrasos na justiça, já vão em 24 milhões? Esta justiça sai-nos muito cara... sempre que há grandes valores envolvidos, decide sempre contra o estado e é lenta, pagamos os juros que engrossam a conta dos privados.
      A 25 ABRIL/2014 - TRIBUNAL DECIDE NOVAMENTE A FAVOR DO MILIONÁRIO. O ESTADO/BPN TERÁ QUE LHE PAGAR 24 MILHÕES DE EUROS.
      Isto de o estado ser "ético" quando se debate na justiça, contra corruptos, sai caro aos portugueses que pagam sempre a conta. Os corruptos podem subornar os juízes que quiserem, haja vontade e dinheiro, o estado não pode, porque o estado português jamais admite ser corrupto ou ter corruptos. Bom... poder pode, mas apenas se beneficiar alguém em particular. Ainda ninguém se lembrou de subornar uma juíza para favorecer o estado, ou pelo menos para não favorecer os corruptos contra o estado, porque ninguém tem interesse em proteger o dinheiro público, que é, e sempre será, tratado como um cão sem dono.

      MAIS UM A RECLAMAR ... Empresário traído por "excesso de confiança" reclama meio milhão
      O empresário de Estarreja que está a reclamar meio milhão de euros ao BPN admitiu hoje, no Tribunal de Aveiro, que foi o "excesso de confiança" que o levou a comprar obrigações da antiga Sociedade Lusa de Negócios (SLN).
      Wikileaks revela, neste link, lista de processos que, eles garantem, serem todos contra o BPN.
      Não se esqueçam que somos nós que pagamos os custos de todos os processos contra o BPN, e pagamos o que eles reclamam, caso ganhem.
      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2014/07/mais-uma-vez-bpn-desfalca-os.html#ixzz4TIATo5Sm

      Eliminar
  2. Zita, está psicológicamente bem preparada para o que ainda vem a seguir? Tem razão, são muitos a roubar e o que sabemos neste momento é equivalente a uma gota no oceano.....
    Meus cumprimentos pela sua dedicação a este trabalho de divulgação.
    Continue por favor!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que ninguém está preparado para o que vem a seguir. Aconselho a fuga em massa para bem longe... a todos os que vivem apenas na esperança.

      Eliminar
    2. TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
      UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
      Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
      O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
      O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
      Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
      (…)
      Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
      Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
      Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
      ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

      Eliminar