03 setembro, 2013

OCDE confirma, Portugal é um país pobre, devido à corrupção.


PORTUGAL ESTÁ DESTRUÍDO PELOS EFEITOS DEVASTADORES DA CORRUPÇÃO


Pela corrupção do PS... ou será do PSD? Talvez do CDS... é difícil decidir, afinal ela nunca parou e continua a crescer. Talvez seja a corrupção da Alemanha? 
Segundo os portugueses o ps, o psd e o cds, não são corruptos, são sempre os preferidos. Portanto eis-nos perante um enigma.. seremos burros cegos e obtusos e votamos em corruptos? Ou a OCDE é mentirosa e somos um país rico e honesto? Ou o índice de Transparência Internacional é que é corrupto e divulga dados falsos quando afirma que Portugal foi o país do mundo, que em 10 anos, mais agravou a corrupção?
Eu acho que os portugueses é que estão certos e a OCDE e o TI, é que estão errados.
Portugal está bem de saúde, é um país prospero e pleno de democracia, justiça, igualdade e honestidade. Basta olhar à volta... basta ver quem esteve nos últimos 10 anos no poder... e nos anteriores, claro. Basta ver em que estado está o país.
Portanto portugueses força, continuem, estamos no bom caminho, continuem a enriquecer corruptos e a destruir Portugal. 

Scuticídio 
"Só a nacionalização das PPP rodoviárias pelo seu justo valor evitará o total descalabro das finanças públicas.
As parcerias público-privadas (PPP) rodoviárias custaram até hoje largos milhares de milhões, acarretam compromissos anuais incomportáveis e configuram o suicídio, a prazo, das finanças públicas nacionais.
Tornaram-se um investimento calamitoso porque, para além do enorme esforço que representam para o país, são agora inúteis, estão vazias. Face ao elevado custo das suas portagens, tornaram-se inacessíveis aos cidadãos e às empresas. Já não cumprem minimamente os objetivos que levaram à sua construção: aproximar a periferia das áreas metropolitanas e disseminar investimentos produtivos pelo território.
Os terrenos disponibilizados para a construção das autoestradas representaram um custo muito significativo, tendo sido bem mais caros do que inicialmente previsto. Porque em muitos casos, e de forma criminosa, autarcas atribuíram capacidade construtiva aos terrenos, concedendo mais-valias milionárias aos seus proprietários, imediatamente antes de estes serem expropriados.

Acresce que estas operações mafiosas provocaram enormes atrasos na entrega dos terrenos aos consórcios construtores e até alterações no traçado das vias, levando ao pagamento de indemnizações de milhares de milhões de euros. Só em 2011 (últimas contas conhecidas) foram seiscentos milhões de euros!
Desde que entraram em funcionamento as ex-SCUT, os seus custos de exploração têm vindo a agravar-se exponencialmente.
O modelo de negócio é ruinoso: o volume das rendas a pagar anualmente pelo estado é independente do tráfego e os concessionários têm garantidas rentabilidades superiores a vinte por cento, a troco de um risco… zero. A estas rendas ainda se somam anualmente escandalosos prémios pela redução de sinistralidade.
Quando esta diminui, as compensações são gigantescas, apesar de as multas aplicadas ao aumento de acidentes serem ridiculamente baixas.
Aqui chegados, só a nacionalização das PPP rodoviárias pelo seu justo valor evitará o total descalabro das finanças públicas. E só a eliminação das portagens dará sentido à existência destas autoestradas, que hoje mais parecem desertos." Paulo Morais 

Mais vídeos sobre a corrupção
  1. O resgate da Troika está a ser utilizado de forma corrupta.
  2. Os políticos que favoreceram as PPP, trabalham agora nas PPP?
  3. Ser corrupto em Portugal é o melhor estatuto
  4. A banca existe para agilizar transferências de dinheiro público para os privados.
  5. A corrupção atravessa todos os governos
  6. As sociedades secretas, antros de corrupção?
  7. Cavaco Silva e as acções na SLN
  8. A ASAE e as fundações em flagrante delito 
  9. A justiça ao serviço da corrupção. Onde se cozinham os contratos lesivos do estado, (PPP, swap, etc)  segundo Marinho e Pinto.
  10. Os partidos e a corrupção, por Teresa Tavares
  11. Quem manda em Portugal? A corrupção? 
  12. Paulo Morais, os corruptos são os mais protegidos da crise
  13. Os portugueses vivem alienados, não conhecem a gravidade do estado do país.
  14. Ainda somos obrigados a pagar luxos aos criminosos?
  15. As empresas  nascidas e criadas para a corrupção.
  16. As verdadeiras causas da crise
  17. Portugal foi o país do mundo que mais agravou a corrupção em 10 anos
  18. Paulo Morais faz convite aos corruptos
  19. EDP... um caso sórdido.... e mal contado
  20. Só se trava a corrupção com mudanças de mentalidade.
  21. Último relatório da comissão das PPP

12 comentários :

  1. A MISÉRIA MORAL E INTELECTUAL DOS POLÍTICOS PORTUGUESES ACTUAIS NO PODER É TÃO IMENSA, QUE SÓ É SUPERADA PELA AUSÊNCIA ÉTICA DOS SEUS PROCEDIMENTOS...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais.... e talvez acrescente que é superada pela incapacidade dos portugueses para perceberem isso.

      Eliminar
  2. Vota nos que não estão no poder:
    "os politicos são como as fraldas dos bebes...de tempos em tempos devem ser mudados pela mesma razão"

    Se achas que já cheira à merda, vota num diferente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se cheiram todos?

      Eliminar
    2. Farto-me de dizer isso mesmo contra a opinião de alguns de que deveríamos de nos abster de votar, o que não alteraria nada porque só contam os votos válidos (de que vota) e todos os "boys", "girls" e demais privilegiados (uma minoria) jamais falha à chamada. Assim, o melhor será votar nos pequenos partidos que estão fora do "arco do poder": PCP, BE, MRPP, e outros. Mas o eleitor não poderá descansar de seguida, porque o poder corrompe, terá de ficar sempre alerta e preparado para mudar o seu voto em votações posteriores, se for preciso.

      Eliminar
  3. PORTUGAL, UM POVO ESPOLIADO E SAQUEADO
    Não há dinheiro? Mas o rombo fraudulento do BPN está a custar 9 mil milhões de euros ao erário público; o défice da Madeira mais 5,8 mil milhões; o escândalo dos swaps monta a 3 mil milhões; e as PPPs rodoviárias a bagatela de 9 mil milhões de euros. Só estas quatro coisas significam um prejuízo de 26,8 mil milhões de euros para o Estado português – sem falar nas muitas outras que pejam a vida pública do país. Mas não passa pela cabeça deste serviçal da troika, o governo P.Coelho/P.Portas cortar em nada disso. O que eles querem é cortar mais 4,0 a 4,8 mil milhões de euros, até 15 de Julho próximo, nas pensões de reforma e nas remunerações de funcionários públicos.

    ResponderEliminar
  4. Meus pesames amigos portugueses, aqui no Brasil sofremos do mesmo problema (corrupção). No Caso da America latina um onda socialista esta abalando todo o continente (Venezuela,Uruguai,Argentina e Brasil) e a corrupção triplicou. A corrupção destrói um país inteiro se não for detida.

    ResponderEliminar
  5. Pena é que a grande maioria do povo não vê, não sabe ou não quer saber de nada disto.
    Cada vez me convenço mais de que a burrice é um ciência e por isso acho que o povo português, neste caso está cientificamente muito avançado...

    ResponderEliminar
  6. Verddade Verdadinha é mesmo uma ciencia porque nao é preciso ser 1 cientista da nasa para entender que exxiste um abismo entre classe baixa e media e uma serie de fraudes economicas gigantescas que sao autenticas pontes entre a classe rica e a classe politica, ora tanto se omite tanto se omite que se permite que largas somas de dinheiro para gente sem escrupulos que hj vivem como condes.

    ResponderEliminar
  7. Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a atenção dos seus leitores.
    A petição ao Presidente da República eo primeiro-ministro pede um referendo exigindo o governo de Portugal vai primeiro cuidar de seus cirizens antes de ajudar os refugiados.
    a petição,"queremos que o Governo Português va realizar um referendo sobre aceitar refugiados", pode ser encontrada aqui http://www.thepetitionsite.com/691/252/491/queremos-que-o-governo-portugu%C3%AAs-para-a-realiza%C3%A7%C3%A3o-de-um-referendo-sobre-refugiados-aceitando/,
    obrigado

    ResponderEliminar
  8. O tio Antonio dividiu Portugal por 5 a 6 familias,mas apos 74,o saque ao dinheiro publico e corrupcao em todos is setores da sociedade leva a pensar se merecemos ser um pais democratico.

    ResponderEliminar