02 agosto, 2014

Câmara Municipal de Lisboa ao serviço dos interesses do BES. Escândalo!!!


manuel salgado bombeiros hospital luz Primos, negócios de favor, a Câmara Municipal de Lisboa, ao serviço do BES?
Na Câmara Municipal de Lisboa a pouca vergonhice já é à descarada, mais uns favores ao BES!
Vejamos: o vereador da Câmara de Lisboa Manuel Salgado vai fechar o quartel de bombeiros mais moderno de Lisboa para vender o terreno (público) à (privada) Espírito Santo Saúde, para extensão do Hospital da Luz, cujo arquitecto projectista é o próprio... Manuel Salgado.
O Arquitecto Manuel Salgado, que é primo direito de Ricardo Espírito Santo (esse mesmo!).
"O orçamento camarário de 2014 prevê um encaixe de somente 12 milhões de euros com essa venda, contudo, o caderno de encargos e o programa da hasta pública aprovados pela Câmara especificam que o valor-base pelo qual o terreno será posto à venda é de 15,8 milhões de euros.
De qualquer forma, o valor arrecadado não deverá ser suficiente para cobrir os custos já suportados pela autarquia.
Ao valor que foi investido pela Câmara nos equipamentos – de 12,3 milhões, soma-se ainda o montante despendido na aquisição do terreno.
Por outro lado, desconhece-se o montante total que a autarquia terá de gastar para realojar os serviços que agora vão ser demolidos.
A venda dos terrenos parece, neste contexto, servir apenas os interesses da Espírito Santo Saúde - responsável pela definição e implementação da estratégia de desenvolvimento do Grupo Espírito Santo na área da saúde - que pretende adquirir este lote para proceder ao alargamento do Hospital da Luz.
Desde há vários anos, a Espírito Santo Saúde tem vindo a anunciar que pretende alargar o Hospital da Luz, estabelecimento privado de saúde aberto em 2007, e que foi projectado pelo arquitecto Manuel Salgado, actual vereador do Urbanismo da Câmara de Lisboa e primo direito de Ricardo Salgado.
Ainda que a autarquia negue a existência de qualquer acordo prévio com a Espírito Santo Saúde, é certo que o relatório dos trabalhos de revisão do Plano de Pormenor do Eixo Urbano Luz Benfica, de novembro, já assinalava que “em área reservada para equipamento, embora não constante da programação de equipamentos em Plano Director Municipal, passa a estar prevista a construção de uma extensão do Hospital da Luz, com a demolição das actuais instalações do Regimento de Sapadores Bombeiros”.
E António Costa, o futuro candidato a Primeiro-Ministro, sabe disto e concorda com isto? E o que faz??? A pouca vergonha em Portugal já é à descarada! (Fonte1 e  fonte2fonte 

ACTUALIZAÇÃO: Vale tudo? - António Costa aprovou, no ano passado, dois projetos para obras no Hospital da Luz, propriedade da Espírito Santo – Unidades de Saúde, um ano antes de entrarem em vigor as alterações ao plano de pormenor que as viabilizavam, noticia o Público.
Para que se perceba como este país caminha para o abismo, não se esqueça de ler o artigo que aqui publiquei onde se podia constatar que também as Finanças se colocaram ao serviço do BES, através de mais uma lei genial.
Manuel Monteiro afirmou que em Portugal os grandes empresários não passam de parasitas do estado, o que é por demais evidente, pois agora com um estado falido os parasitas deixam de ter onde onde parasitar, e sucumbem.
Os casos de favores da CML a "grandes empresários" não se fica por aqui, também decidiu vender o mercado 31 de Janeiro, que foi construído por 22,8 milhões há 17 anos, à PT por 12 milhões, para ser demolido. Como se não bastasse o abuso, autorizou a PT a fazer nessa mesma zona, (Picoas) uma torre de 27 pisos.
O cognome de António Costa deveria ficar na história como sendo "O demolidor", pela sua marcante actividade a demolir património nacional e impostos.
E ainda os favores que a CML faz ao Rock in Rio, com isenções de 3 milhões de impostos e muito mais. A gestão ruinosa da CML em video

A SAGA CONTINUA... MAIS UMA VENDA ESTRANHA AOS DONOS DISTO TUDO
A Câmara de Lisboa vendeu cerca de 21 mil metros quadrados em Alcântara ao Grupo José de Mello. A venda rendeu cerca de 20 milhões de euros. Mas o PSD acusa António Costa de ter promovido uma “hasta pública encenada” onde só houve um comprador interessado: o grupo que quer construir um hospital privado naqueles terrenos.
“É uma história que lembra em tudo a venda de terrenos em Benfica ao Grupo Espírito Santo Saúde para fazer um hospital no lugar onde há um quartel de bombeiros”,
“A venda do “triângulo dourado” em Alcântara hoje de manhã foi uma farsa”, ataca o social-democrata, que acusa o Executivo de António Costa de vender “um terreno para o qual sabia existir apenas um comprador”.
O PSD assegura que “desde Maio de 2013 que a Câmara de Lisboa e o Grupo José Mello Saúde estavam em contacto permanente sobre a construção de um hospital no terreno hoje vendido”. E afirma que o facto de aquele grupo económico ter feito um pedido de informação prévia sobre os terrenos de Alcântara nessa data é prova disso mesmo.
“Há fortes suspeitas, tendo em consideração o resultado de hoje, que o Grupo José Mello Saúde teve acesso a informação privilegiada ao longo deste período, o que certamente ajudou a afastar potenciais interessados no terreno”, defende Sérgio Azevedo, que recorda que o pedido de informação prévia deu entrada numa altura em que ainda não estava em vigor o Plano de Urbanização de Alcântara - o regulamento que dita como e o que se pode construir naquela zona -, que só seria aprovado em Dezembro de 2014.
De resto, o PSD-Lisboa recorda que foi já noticiado que o Departamento de Gestão de Mobilidade e Tráfego da autarquia “concluiu que a implementação do Hospital naquele terreno não é compatível com a diminuição da rede viária prevista no Plano de Urbanização de Alcântara”, pelo que “à Câmara de Lisboa, enquanto entidade de bem, só restam duas soluções: ou chumba o projecto do hospital ou altera o Plano de Urbanização de Alcântara, que foi aprovado há pouco mais de um mês”.

Contactado pelo SOL, o vice-presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina não esteve disponível para fazer comentários.
Uma fonte do Executivo de António Costa assegura, porém, ao SOL que “o processo foi totalmente transparente” e que o facto de existir um pedido de informação prévia feito pelo Grupo José de Mello em relação aos terrenos da Avenida 24 de Julho não prova o contrário.
“Qualquer pessoa pode fazer um pedido de informação prévia, para questionar a Câmara sobre edificabilidades possíveis, sobre qualquer terreno. E isso não lhe dá qualquer direito”, sublinha a mesma fonte, lembrando que a hasta pública desta quinta-feira “foi aprovada em Câmara e em Assembleia Municipal, em Dezembro de 2014, e divulgada na internet com prazo suficiente para que aparecessem várias propostas”. SOL

Mas nada como mergulhar bem fundo no oceano de corrupção que afunda Portugal e desvendar mais alguns tentáculos do polvo BES.
BES - O BANCO DO SISTEMA, A SAGA CONTINUA
  1. As escutas do BES e do CDS (video)
  2. 20 milhões, por assessoria do BES.
  3. BES e os submarinos do Portas
  4. Lusófona e o BES
  5. BES e as grandes obras da Policia Judiciária
  6. Paulo Morais denuncia
  7. As SCUT´s e o BES
  8. O BES e Almerindo Marques
  9. O BES, o Mensalão e o Relvas
  10. BES e a privatização da EDP
  11. BES os juros e as PPP
  12. Manuel Pinho e o BES
  13. O BES e o desfalque nos CTT
  14. O BES na comissão que negoceia com a troika?
  15. O CDS e o depósito de 1 milhão no BES
  16. BES beneficia das PPP de Sócrates.
  17. O BES no Banco de Portugal
  18. As conquistas do BES.
  19. BES e o caso Portucale
  20. PS amigo das PPP´s e do BES
  21. O BES albergue de políticos 
  22. BES acusado de roubar empresa
  23. Gomes Ferreira explica como a Banca manda
  24. Os homens políticos do BES
  25. Prender os que enganaram o estado nas PPP
  26. Fisco aliado do BES, contra o cidadão?
  27. Ana Gomes sem papas na língua, contra o BES.

16 comentários :

  1. Marinho Pinto no seu conhecido discurso directo.
    " O BES é muito pior que o BPN , o BPN foi um banco criado por um grupo de criminosos o BES pratica crimes há décadas com cobertura do Ministério Público, Banco de Portugal e de Ministros."
    Gostaria que a esquerda, aprende-se rapidamente a fazer um discurso simples mais acessível as pessoas, o Bloco desfez-se por isso mesmo, por praticar "elitismo e exclusão".
    Independentemente do estilo mais popular ou mais erudito, o importante é conseguir comunicar tendo este primeiro passo, é preciso depois saber se na hora de trabalhar, ter ideias, discutir soluções, ter sentido de colectivo estes mesmos, são eficazes, se forem, então a nova plataforma de esquerda deve estar atenta a isso, evitando criar um novo partido elegantemente formatado excluindo outros.. se forem por aí, estará tudo perdido.
    Pontes, plataformas e alargamentos não se fazem no papel ou no discurso fazem-se a contactar, organizar, estimular, respeitar e reconhecer empenhos.
    Lideranças cozinhadas também ... não resultam.
    Mauro Burlamaqui Sampaio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o sr. Vereador M. Salgado que faz da CML uma extensão do seu Risco (atelier agora do filho) e favorece às claras o Bes e a EDP "alienando" terrenos sem hasta pública ou como deveria ser com este tipo de empresas - direito de superfície.

      Este favorece filhos, amigos e primos do Bes e não só, por ex: os escritórios onde um dos filhos trabalha Adv. Galvão Teles & morais leitão, fora as outras amizades do costume, a quem por exemplo aluga espaços para as aberrantes UIT, deixando o património municipal a apodrecer para ser dado a outros amigos...(Alcântara e Chelas, entre outros)

      Muitos destas coisas têm sido denunciadas à PJ e à Procuradoria, mas não têm meios, nem força, às vezes até para vencer os "internos" dessas instituições.

      Eliminar
    2. TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
      UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
      Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
      O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
      O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
      Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
      (…)
      Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
      Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
      Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
      ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

      Eliminar
  2. Não seria preciso tanto esclarecimento. Bastava ver o presidente "Indiano" a vomitar palavras no seu programa televisivo "quadratura do círculo" para relacionar o cuidadoso articular de sons com as máfias escondidas por detrás deles.
    Mas este povo amorfo não compreende. É pena!

    ResponderEliminar
  3. Se preferem o Inseguro, la sabem, mas entre um incompetente que de certeza tb está ligado ao poder financeiro do BES (Seguro é amigo do Relvas que está de mãos dadas com o Salgado), ou não será melhor um "Indiano" competente com provas dadas e com força suficiente para tirar do poder esta corja do Coelho e Cia!
    Porque se querem mesmo acabar com o poder financeiro na politica, so parando de votar nos mesmos PS=PSD=CDS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o que o leva a concluir que o seguro é melhor lol? O mundo é preto e branco? Só existe o seguro e o costa? Por mim prefiro que se acabe com esta raça de politicos corruptos que só aspiram ao poleiro por interesses pessoais.

      Eliminar
    2. Com SEGURO às COSTAs ou com as COSTAs no SEGURO, que venha o diabo e escolha e os leve a TODOS os da mesma laia PRÓ INFERNO, sem racismo que disso também não gosto e acho coisa de gente mal formada e sem carácter, como temos cá tantos. Quanto a Marinho Pinto...ele ainda é vivo ?

      Eliminar
  4. Olá...

    Nada de preocupações! A populaça tuga está em época de migração para o Allgarve!

    Não foi por acaso que o Careca andou a atrasar a apresentação das contas!

    Agosto é o melhor mês do ano para ROUBAR TUGAS IDIOTAS!

    Abr
    VOZ a 0 db

    ResponderEliminar
  5. Deviam confiscar-lhe todos os bens a favor da crise que os funcionários do estado datam a pagar.......

    ResponderEliminar
  6. Este é mais um escandaloso caso de corrupção neste país, ou será que alguém ainda duvida. Eu quando vi a noticia num canal que já não me recordo lembro-me de ver um sujeito da CML cuja única razão para explicar tal negócio seria o elevado estado de degradação do edificio dos bombeiros, questionado várias vezes pela jornalista parece que tinha tido um ataque de alzeimeher e apenas repetia o mesmo, a degradação.
    Então chegamos ao ponto em que já nem se dão ao trabalho de nos atirar areia para os olhos, é tudo feito á descarada, metem um anormal a dar explicações muito vagas e toca de vender um edificio publico em utilização apenas porque os amigos pretendem ampliar o seu negócio. O indiano que manda naquilo e que tão bem conhecemos de outros esquemas está agora preocupado com o poleiro, mas tal é o à vontade com que se vendem aos poderosos que nem se preocupou em deixar esta negociata para depois das Primárias, pois para os cegos militantes do PS parece que este é o prometido, o salvador da pátria Socialista. Logo que seja eleito lá vai a canalha socialista esfregar as mãos pois a vez deles aproxima-se a passos largos. E no fim disto tudo lá fica a cidade de Lisboa mais pobre. Até quando vamos deixar estas escumalha destruir o nosso pais?

    Daniel

    ResponderEliminar
  7. simples não votem neles... eu é que não votei nesses corruptos!

    ResponderEliminar
  8. O problema neste país é mesmo esse, o que deveria ser simples acaba por se complicar pois muita gente acredita nos politicos que temos. É a dança das cadeiras com o aval da população que ainda não abriu os olhos, levam o pais á bancarrota, desaparecem uns tempos e depois voltam como salvadores da pátria.
    Eu não voto, e conheço muita gente que também não o faz, e a minha esperança é que nas próximas legislativas muita gente não o faça pois só assim, com uma abstenção acima dos 50% mostraremos um cartão vermelho aos politicos invalidando dessa forma a formação de um governo.

    Daniel

    ResponderEliminar
  9. Um dos comentadores acha o Sr. costa competente...ele é isso mesmo...mas como assassino (assinou em vez do Salgado Vereador e ex-projectista do projecto criminoso da Matinha) Não só da cidade e da sua economia e cultura, mas dos cidadãos que sem cultura e deslumbrados pela propaganda compram casas em terrenos perigosos em termos de cheias e sismos, mas sobretudo em termos de saúde, pois estão altamente contaminados pelo rasto deixado pela indústria pesada que lá tiveram. O Hitler era um aprendiz ao pé desta gente, ali as pessoas vão pagar os terrenos/casas ao comprarem-nos e depois pagarão os Imis, esgotos, etc, para fucarem com doenças graves e morrerem um pouco mais depressa e dolorosamente...o amianto é uma causa ínfima ao pé da monstruosidade permitida tb em PDM feita á medida. Por acaso um dos responsáveis/interessado por este empreendimento com 15000 novos fogos supérfulos...oops era a Gesfimo, entre outros....competente para engansr os tontos e ignorantes lisboetas que todos dias vêem mais construção em cima de prédios antigos em ruas estreitas, chamando a essa sobrecarga "reabilitação" que depois não é devidamente paga á cidade (Triu e compra do terreno...). Mas tanto que se poderia dizer, se o povo percebesse alguma coisa, para além dos rock e dos grafitis ou esplanadas ou...fica escrito, um dia este sr. Ficará para a história com o seu acólito Salgado, como dos piores e mais criminosos autarcas que passaram por Lusboa e no país. O Santana e Carmona só falharam em não ser tão competentes na patifaria de enganar as pessoas, as santanetes eram muito espalhafatosas e o Santana ao fugir do barco, preferiu ajudar a queimar o seu " amigo " Carmona. Estes socias são competentes, não há dúvida mas é da estuporice.

    ResponderEliminar
  10. Em poucas palavras agora no banco velho muito dos que investiram
    no BES não bes nada......... agora só
    no banco novo ?

    ResponderEliminar
  11. paìs de incompetentes ladroes e corruptos Governos e desgovernos.politicos de mer.....façam um outro 25 de abril.acabem com essa corja de ladroes.malditas mulheres que poeem no mundo este vampiros

    ResponderEliminar