26 setembro, 2014

O que liga Cavaco Silva a Ricardo Espírito Santo? Banca e a politica, romance que todos pagamos caro.

O que liga Cavaco Silva a Ricardo Espírito Santo?
Será verdade?
O que é facto é que o genro de Cavaco Silva ganhou em 2012 o concurso aberto pelo Governo para a venda do Pavilhão Atlântico, aprovada este ano pela Autoridade da Concorrência, apesar dos vários processos de execução a correr em tribunal contra as empresas de Luís Montez, por dívidas a várias outras empresas.
Luís Montez era considerado nos meios financeiros como financeiramente inelegível, por não possuir garantias suficientes para poder, em condições normais, só por si, portanto sem uma alta recomendação, conseguir chegar a um financiamento de mais de 20 milhões de euros para a referida compra.

O Pavilhão Atlântico foi depois vendido por 21,2 milhões de euros ao Consórcio Arena Atlântico, no qual se inclui Luís Montez, dono da Música no Coração.
O equipamento custou ao Estado 50 milhões de euros e “era rentável”, tendo os seus lucros triplicados entre 2009 e 2010, segundo o parecer da própria Ministra Assunção Cristas.
Além de financiar a operação, o BES também assessorou financeiramente Luís Montez.
Relembramos aqui as relações íntimas de amizade entre Cavaco Silva e Ricardo Espírito Santo e a generosa doação do BES ao candidato Cavaco na campanha presidencial de 2006 e em que este foi eleito.
E, caso tenha existido uma alta cunha, será que a III República vai aguentar-se de pé por muito mais tempo com mais um alto escândalo?
Seria este o risco para a sobrevivência da III República Portuguesa de que falou recentemente o ex-ministro das Finanças Miguel Cadilhe quando se pronunciou sobre os negócios estranhos do defunto BES?
Vamos então aguardar pelas novidades que vêm aí nos próximos meses e sobre o que esconde o BES para saber do que é feito tudo isto e se é verdade ou não. A ver vamos!

Não deixa de ser curioso... para além da PT que se arruinou para ajudar o BES, também temos esta noticia estranha. "A Goldman Sachs emprestou 635 milhões de euros ao Banco Espírito Santo em julho, um mês antes do BES ter sido dividido em dois pelo Banco de Portugal, mas já numa altura em que não conseguia obter crédito nos mercados financeiros."



















Link

3 comentários :

  1. Interessa aos DDTs deste país que existam apenas dois grandes partidos: É que têm ambos no bolso, e mantêm a ilusão de democracia!
    De facto, quem manda, são eles!

    ResponderEliminar
  2. O dinheiro que me roubaram que lhes faça mal aos cornos...palhaços esse Ricardo que se ponha a pau pois de repente algo pode acontecer, vão roubar a puta que os pariu..

    ResponderEliminar
  3. Como é possível que crimes destes se façam neste País e nada aconteça a estes ladrões e corruptos? como é possível meu Deus..

    ResponderEliminar