28 agosto, 2014

As negociatas ruinosas da banca que todos pagamos. Devedores perdoados?


A mesma banca (BES e BCP) que o governo tem vindo a financiar com o dinheiro dos nossos impostos e dos nossos descontos, perdoou uma dívida de 190 milhões de euros a Joaquim Oliveira para salvar o seu grupo de comunicação social. Um grupo para onde vai entrar também com 14% do capital, o genro de Cavaco Silva. O tal Luís Montez que estava cheio de dividas mas continua a ter muitos milhões para investir e comprar património nacional em saldo.
O descaramento é ilimitado, a banca continua a servir para branquear as transferências do dinheiro público para os privados. Os nossos impostos continuam a ser usados para ajudar e mesmo para salvar os incompetentes da ruína.
Os negócios ruinosos da banca, podem aparentar irresponsabilidade ou incompetência, mas como são apoiados pelo estado, não há perigo. Há sempre muitos milhões de contribuintes que pagam a irresponsabilidade e a incompetência, neste país do regabofe.

Controlinveste: 190 milhões de dívida convertidos em 30% de capital. (2013)
BES e BCP, mãos largas, perdoam...

"Joaquim Oliveira (29%), António Mosquito (27%) e Luís Montez (14%), em conjunto com BES e BCP, serão os novos acionistas do grupo Controlinveste
A nova sociedade (que poderá ser uma nova holding) terá a participação do BES e do BCP, que convertem 190 milhões de euros de dívida em 30% do capital (15% para cada entidade financeira). O grupo terá que gerir um remanescente de dívida bancária de 40 milhões de euros. 
Joaquim Oliveira permanece como o maior acionista individual, mas vê a sua percentagem consideravelmente reduzida passando dos atuais 100% para apenas 29% do capital. No grupo, entram dois novos acionistas; o empresário angolano, António Mosquito, que deverá injetar 15 milhões de euros, o que lhe dará 27% da nova sociedade, e o português Luís Montez que ficará com 14%. Ontem os vários intervenientes estavam a ultimar o modelo de gestão da futura sociedade que vai controlar, entre outros, o ‘Diário de Notícias’, ‘Jornal de Notícias’ e TSF. Contactada, a Controlinveste optou por não fazer comentários." CM

A ESTRANHEZA DAS NEGOCIATAS
Deixem ver se percebo:
- O Joaquim Oliveira pede emprestado quase 300 milhões de euros para comprar os jornais DN, JN e a TSF, aos bancos BCP e BES!
- O Joaquim não consegue pagar, nem os juros.
- Os bancos perdoam quase 2/3 da divida!
- Outra parte convertida em capital, ficando o Joaquim com uma parte!!!!
- O BCP recebe uma ajuda do governo (isto é de todos nós) de 3 mil milhões de euros! para tapar os buracos do BCP.
Conclusão:
- O Joaquim comprou uma grande empresa, com muita influência política.
- O Joaquim não meteu um tostão seu, na compra, os bancos pagaram por ele.
- O  Joaquim Oliveira não pagou a dívida.
- Os bancos faliram.
- Não faz mal, a malta paga!?
- E  Joaquim Oliveira continua sócio da empresa, com uma participação qualificada!!!!!!
Ah, esqueci-me de explicar que o Joaquim Oliveira, é dono da SportTv, que manda no futebol, e nenhum banco empenhou as acções dele!!!

Um retrato fiel do nosso país. 
Joaquim Oliveira, que nunca fez nada pelo seu país, a não ser viver à custa dele foi nomeado cidadão honorário de Penafiel. O seu irmão António Oliveira, jogador profissional e treinador de futebol com alguns títulos registados, foi completamente ignorado.
Viva Portugal, a corrupção e o resto da canalha.  Marinho Neves

OS INTERESSES NESTE GRUPO 
Quem detém os direitos televisivos dos jogos de futebol em Portugal?
A Olivedesportos e a PPTV, duas empresas de Joaquim Oliveira, detêm os direitos de transmissão
corrupção sportv zon sonae controleinveste
As teias de influencia de Joaquim Oliveira
televisiva dos jogos dos campeonatos profissionais de futebol em Portugal, cedendo-os depois à Sport TV. Um jogo por jornada da Liga é transmitido em canal aberto (actualmente pela RTP) e é precisamente esse encontro semanal que está agora a concurso. A Olivedesportos também detém os direitos do Mundial de futebol, da Liga dos Campeões (a RTP transmite um jogo por semana), da Liga Europa (a SIC tem direito a um jogo por jornada) e da Taça de Portugal (cedidos à TVI).
Quem é o dono da Olivedesportos?
É Joaquim Oliveira (...)
Por que é que os direitos pertencem todos à mesma empresa?
Joaquim Oliveira começou por explorar a publicidade estática nos estádios de futebol. A actividade da Olivedesportos foi depois alargada aos direitos televisivos. Hélder Varandas, presidente da empresa de consultoria Favvus, explica que o dono da Olivedesportos aproveitou a "dependência dos clubes em relação a estas receitas" para negociar contratos plurianuais, ficando com os direitos de todos os jogos na mão. Estes contratos entre as empresas de Joaquim Oliveira e os clubes de futebol têm vindo a ser sucessivamente renovados. A necessidade de dinheiro fresco tem levado os clubes a anteciparem receitas, vendendo os direitos televisivos com grande antecedência.
Mas a Olivedesportos é só um intermediário?
Sim. Grande parte dos jogos é transmitida pela Sport TV, um canal codificado criado em 1998, pela Olivedesportos, RTP e Portugal Telecom. Actualmente é detido pela Zon e Olivedesportos.
O que se passa em Portugal é igual ao que se passa no resto da Europa?
Não. Na maioria dos países europeus também é só um operador a deter os direitos de todos os jogos, mas os clubes negoceiam a venda dos direitos em bloco. Ou seja, é a Liga de clubes que lança um concurso para a venda de todos os jogos do campeonato. Em Portugal, tal como em Espanha, cada clube negoceia individualmente os seus jogos.
Esta venda individual traz vantagens aos clubes?
Os especialistas garantem que não. "Comparando com outras ligas da mesma dimensão, a Olivedesportos paga pouco. Podia pagar mais", afirma Hélder Varandas, apontando como explicação para este facto a "capacidade de negociação frágil dos clubes". Estima-se que Joaquim Oliveira pague anualmente 42 a 45 milhões de euros aos clubes, um valor que é inferior a outras ligas da mesma dimensão da portuguesa, como a turca (260 milhões anuais), holandesa (100 milhões) e grega (54 milhões). A liga inglesa é a mais rentável neste capítulo, recebendo anualmente 1179 milhões de euros, sendo seguida pela italiana (911 milhões), francesa (668 milhões), alemã (412 milhões) e espanhola (240 milhões).
Quando a venda de direitos televisivos é colectiva, os clubes recebem todos o mesmo?
Não. Normalmente, há uma parcela fixa para cada clube. Depois, cada um recebe mais duas parcelas, uma calculada segundo a audiência dos seus jogos e outra mediante a classificação final no campeonato. Isto significa que os clubes mais bem classificados e com mais adeptos recebem mais do que os outros. Publico

MAIS UM DOS ESQUEMAS DESENVOLVIDOS PELOS CORRUPTOS PARA TRANSFERIR DINHEIRO PÚBLICO PARA A BANCA.








9 comentários :

  1. Para quê mais comentários . Estou cansada deles. Tudo dá palpites e critica, não vejo ninguém tomar atitudes contra o sistema , o roubo descarado e a corrupção.
    Onde está "o nobre Povo", "a nação valente". "o esplendor de Portugal"?. Mudem o hino e ficamos mesmo assim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a única forma de alguém fazer alguma coisa é unir as pessoas em volta da mesma indignação e isso só é possivel quando as pessoas conhecerem estes escândalos, a maioria desconhece, ajudar a divulgar é um passo para a indignação- as revoluções não se encomendam, nascem nas pessoas e pela vontade das pessoas

      Eliminar
    2. O sistema está podre, essa é a má noticia. A boa é que está nas nossas mãos mudar o sistema e para tal bastará começar a VOTAR NOUTROS PARTIDOS! Sem vícios, sem cadastro e sem passagens de décadas na AR.
      Somos o médico que diagnostica mas não trata; o policia que identifica o ladrão mas não o prende; o prisioneiro inocente que não luta pela liberdade. É preciso mudar o nosso comportamento. É uma questão de DEVER, HONRA E LEGITIMA DEFESA!!! É também uma questão de respeito pelos que lutam, partilham, divulgam, denunciam e circulam em contra mão. Circular em contra mão é circular contra o sistema, o sistema são os partidos com assento na AR, os criminosos dos grandes grupos económicos, o sector financeiro e os agentes estrangeiros que os comandam. Todos morreremos um dia. Escolhe como, se de pé ou de joelhos. DEFINE O TEU DESTINO! DESENHA O TEU FUTURO! Vota contra o sistema...
      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/05/partidos-portugueses-que-propoem.html#ixzz3i5dfd9wq

      Eliminar
  2. Vamos encotrar solucaoo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há solução... estes gajos tomaram Portugal de assalto desde 25 de Abril de 74, e é mais que certo que nunca vão deixar o Poleiro.

      Eliminar
    2. O sistema está podre, essa é a má noticia. A boa é que está nas nossas mãos mudar o sistema e para tal bastará começar a VOTAR NOUTROS PARTIDOS! Sem vícios, sem cadastro e sem passagens de décadas na AR.
      Somos o médico que diagnostica mas não trata; o policia que identifica o ladrão mas não o prende; o prisioneiro inocente que não luta pela liberdade. É preciso mudar o nosso comportamento. É uma questão de DEVER, HONRA E LEGITIMA DEFESA!!! É também uma questão de respeito pelos que lutam, partilham, divulgam, denunciam e circulam em contra mão. Circular em contra mão é circular contra o sistema, o sistema são os partidos com assento na AR, os criminosos dos grandes grupos económicos, o sector financeiro e os agentes estrangeiros que os comandam. Todos morreremos um dia. Escolhe como, se de pé ou de joelhos. DEFINE O TEU DESTINO! DESENHA O TEU FUTURO! Vota contra o sistema...

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/05/partidos-portugueses-que-propoem.html#ixzz3i5dfd9wq

      Eliminar
  3. Este país não muda, nem nunca mudará, enquanto estes podres poderes subsistirem ... e mais triste ainda; quando estes acabarem outros similares virão ... é a nossa cultura dos esquemas, da roubalheira e do oportunismo ... mas nunca se pensa nas suas nefastas consequências sociais ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em Portugal andamos a raciocinar ao contrário e por isso a democracia não funciona.
      Não são os corruptos que vão deixar de ser corruptos por opção, é o nosso voto contra os corruptos que os expulsará do poder obrigará a ser honestos, os futuros governos. Os eleitores ainda não perceberam o erro de afirmar que só votam quando os políticos deixarem de ser corruptos, porque é precisamente por não votarmos, por os deixarmos impunes, que eles se tornam corruptos e que os corruptos sentem apetência por ingressar na carreira politica. É o mesmo que alguém estar a ser assaltado e dizer que só chama a policia se os ladrões pararem de roubar. Não faz sentido mas é isto que os eleitores portugueses fazem.
      É imprescindível, urgente e VITAL nesta equação democrática, o exercício do poder do povo que através do voto pode fazer justiça, punir, educar, travar e eliminar os abusos, e só assim equilibrar e moderar o poder dos políticos.

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/05/partidos-portugueses-que-propoem.html#ixzz3i5e3ibIP

      Eliminar
  4. Há uns tempos a esta parte tenho tido recorrentemente sonhos esquisitos: em sonhos, vejo claramente visto as FP25 renascidas DESRATIZANDO este pobre país; assustado, confessei-me a um padre; pior a emenda que o soneto! este, alarmado, alegou que estava possuído pelo demónio encaminhando-me para um amigo dado a sessões de baixo espiritismo; estarei louco? serei bruxo ? ou serei Vidente?

    ResponderEliminar