09 agosto, 2014

Uma compilação incrível! Salários, mordomias, luxos e despesismo dos eurodeputados, que todos pagamos.





Neste video reuni uma compilação de reportagens feitas sobre o despesismo e o abuso do dinheiro público, no parlamento europeu, para dar a conhecer aos portugueses, a forma descarada como as elites são sempre muito generosas, quando se trata de distribuir dinheiro público, entre elas próprias.
Em Estrasburgo assista ao desfile dos luxos que todos pagamos. Por puro capricho, os franceses não querem abdicar de que os eurodeputados se reúnam 4 dias por mês na sua cidade, e assim andamos a pagar 200 milhões para sustentar este regabofe descabido. A perder tempo e trabalho de gente paga a peso de ouro e a sustentar um edifício que está abandonado 317 dias por ano.
Se não sabíamos porque é que a Europa está falida, agora já ficaram a saber... o dinheiro gere-se por capricho, por conveniências de alguns e não pelo bem de todos. 
Se existem alguns países que não agem nem pensam assim, que os há, mas não terão poder suficientes para contrariar a maioria. Os que se tentam opor a esta ostentação, são criticados e desencorajados.
Durante o video podemos ouvir um eurodeputado a relatar a sua longa sua luta contra o sistema abusivo que impera no PE.

As mordomias dos eurodeputados de uma União Europeia, que anda a estrangular a vida (e a paciência) a milhões de pessoas, não se priva de mimar ao mais alto nível os seus deputados.
Carrões, vinhos de luxo, restaurantes 5 estrelas, e ajudas de custo que fazem corar qualquer português honesto.
Um parlamentar europeu é filmado, inserido na máquina e explica a pouca vergonha da pseudo democracia de elites que todos sustentamos, com imagens e relatos que nos mostram o que se passa em Bruxelas e Estrasburgo. O que (não) fazem e o que gastam, sem terem de prestar contas a ninguém. Dinheiro a fundo perdido.
Vejam quanto nos custa esta e muita mais gente que nem chegamos a conhecer, bem como todo um sistema político-financeiro instalado. Reflictam sobre quanto vai ganhar por essa europa fora um Enfermeiro, um Engenheiro, um médico, um pedreiro, uma doméstica, ou qualquer outro técnico superior altamente qualificado.
E para culminar acrescento, porque não está no video, estes lordes serviçais da banca e das elites, ainda decidiram, para seu regalo e nosso sacrifício,  que quando terminam o mandato todo o eurodeputado continuará a receber o salário na integra (6200 euros) por pelo menos seis meses, sob a forma de subsidio de reintegração, ou seja, para o ajudar a encontrar emprego, porque como devem calcular, é sempre difícil encontrar tachos para este pessoal, que no parlamento, protegeu os ricos, a banca e as elites.

MIGUEL PORTAS, eurodeputado, já em fim de vida, criticou:
Os deputados europeus ( tal como os deputados portugueses) tem o direito e o poder, de decidir sobre os seus próprios salários. Entre 2010 e 2011, atribuíram mais 2 mil euros por mês, a eles próprios.
São ainda os deputados que votam o tecto das despesas para eles próprios desde as ajudas de custo, os subsídios, despesas de gabinetes e até as viagens.
Tem o poder absoluto... Miguel Portas pergunta se isto não é um abuso de poder. (video)
Um debate que desqualifica os deputados aos olhos de quem lhes pede para prestar contas.
Outro exemplo de abuso foi o facto de os deputados terem começado a usar voos em executiva assim que as viagens começaram a ser reembolsadas pelo valor do bilhete e não ao Km.

MARINHO PINTO critica o mesmo: "O dinheiro que dão aos eurodeputados é chocante"
Marinho e Pinto, em conversa com o jornal i, denunciou o dinheiro que é dado aos eurodeputados, no Parlamento Europeu, chegando mesmo a afirmar que se vive uma situação "aberrante", pois está a gastar-se o dinheiro dos contribuintes. (...) revela que é demasiado dinheiro e para “os deputados oriundos de países como o meu, onde parte do povo pede esmolas e pessoas não saem porque não têm onde trabalhar, chegar e ver as disponibilidades financeiras... há qualquer coisa de errado”, denuncia.
Relativamente à realidade entre Bruxelas e os restantes países, Marinho e Pinto afirma que “representa um povo que foi esmifrado até ao tutano nos últimos três anos. Um povo a quem praticamente arrancaram as tripas para pagar défices". "Sinto-me mal num ambiente daqueles”, assegura.
Ainda sobre as despesas em Bruxelas, Marinho e Pinto considera que se “gastam milhões de euros para satisfazer o capricho de um Estado-Membro. É aberrante. É gastar dinheiro que não é dos deputados, é dos contribuintes”.

NIGEL FARAGE CRITICA A FALTA DE DEMOCRACIA QUE GRASSA NO PE



13 comentários :

  1. É PARA ISTO QUE SERVE O PARLAMENTO?
    Ajudas à banca explicam mais de 20% da subida da dívida pública
    06 Agosto 2014,
    A assistência pública ao sector financeiro, incluindo o BES, acrescentou à dívida pública 21,5 mil milhões de euros. Portugal é o quarto país que mais dinheiro aplicou em bancos, em percentagem do PIB. À frente de Espanha.
    Entre as injecções de capital em várias instituições financeiras, do BCP ao Banif, passando pela malfadada nacionalização do BPN, pelos vários aumentos de capital da CGD, e acabando no BES, a ...

    ResponderEliminar
  2. Cara Zita parabéns pelo blogue!

    Mas quanto a Marinho Pinto a citação "Não votem em corruptos, pensem!" assenta-lhe que nem uma luva. A coerência é coisa que falta neste blogue em relação a este personagem, lembra-se deste certo titulo de um artigo "Compreender Marinho Pinto, é saber o significado de integridade...".?

    Então que tal analisarmos agora o que Marinho Pinto anda a fazer em Bruxelas?

    http://www.noticiasaominuto.com/politica/260418/sete-dias-apos-chegar-marinho-pinto-anuncia-saida-de-bruxelas

    Nem vou tecer comentários!!!
    Pois é, já sabem Não votem em corruptos, pensem!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E onde é que está a incoerência? “o elemento agregador da Europa não está nos ideais nem nas políticas, mas no dinheiro”

      Mais uma vez fiel a si próprio infelizmente as pessoas não o compreendem mas isso não é problema dele é um problema do país-
      Nem vai tecer comentários talvez porque não os tem, onde é que está o problema de ele abandonar um barco que nada tem a ver com a integridade que ele defende . looooooool a mim fica-me didifil é compreender a sua coerencia, não sei qual é o filme que o srº está a ver mas não é o mesmo que o MP e o meu, que somos isentos integros e não deixamos que os corruptos que continuam a denegrir o Marinho Pinto, façam a cabeça das pessoas contra ele.
      É como lhe digo.... "Compreender Marinho Pinto, é saber o significado de integridade..." mas isso é um valor demasiado dificil e raro, poucos o entendem

      Eliminar
    2. TRISTE POVO INGRATO E MANIPULADO Talvez não saibaM ler mas que se saiba o homem não cometeu nenhum crime, vai sair do PE e perder os 17 mil euros.
      criminosos são os portugueses que acreditam em qualquer noticia e nem a sabem avaliar. Uma noticia com cortes e misturando ideias para enganar idiotas e ajudar os corruptos, claro que os idiotas ficam sempre contra o Marinho e do lado dos corruptos.
      O homem diz que é pobre não pode abdicar do salário mas é do que está a receber agora mas que vai perder, o jornal é que mistura tudo de propósito pq a imprensa é paga pelos corruptos para lixar os não corruptos. e o povinho triste cai. Este truque funciona com povos idiotas.
      Claro que ele é pobre nunca roubou o país. Vive apenas dos salários de onde trabalha, não tem amigos nem empresas ou partidos ou seitas secretas que o ajudem... enforquem este sacana que acha que tem direito ao salário.... FDP
      O estúpido nem umas contas offshores tem? OH assim o ze povinho não gosta dele...
      não tem tachos na PT, no BDP na EDP, em lado nenhum, ele vive do salário este sacana corrupto que todos odeiam...

      Eliminar
    3. https://www.youtube.com/watch?v=p2TfS_kSzac

      Eliminar
  3. Pronto, estou a ver que este é o calcanhar de Aquiles.

    Sim, que o dinheiro é o elemento agregador já o personagem o sabia mesmo antes de se candidatar ao cargo. Então para que foi para Bruxelas e renuncia ao fim de 7 dias, já não sabia o que ia encontrar? Que promessas fez ao eleitores que nele votaram, que não ia para Bruxelas ou que ia defender os seus interesses (dos eleitores) neste orgão?

    E então renuncia ao seu salário, mesmo que tenha renunciado às suas funções?

    “Sou pobre, preciso do dinheiro, tenho uma filha no estrangeiro” e “não sou a favor da caridadezinha, tenho os meus gestos de solidariedade mas nunca os divulguei nem nunca o farei”.

    É muito irónico não é? Mas bem, como não estou numa de entrar em discussões deixemos o tempo correr e ver como tal personagem irá defender a Nação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. caso não saiba ele renuncia ao salário claro, se vai embora não precisa de renunciar, perde-o, os jornais que trabalham para os corruptos e visam enganar idiotas é que truncam a informação e enganam os incautos...

      Eliminar
    2. Essa frase de não renunciar foi em relação a outra questão... mas enfim é como digo é preciso saber o que integridade para se perceber que estão a enganar as pessoas...

      Eliminar
    3. Acrescento ainda que para as pessoas integras o calcalhar de aquilies são as pessoas que correm atrás das mentiras e as pessoas facilmente enganadas e que depois replicam o engano. Não me importa que se seja o MP ou o WC... para mim importa a verdade e a justiça.... lá está é preciso ser integro para perceber

      Eliminar
    4. O Sr tem a mínima noção da extensão da promiscuidade no nosso país?
      O Sr sabe como é que se manipula por cá?
      O Sr tem no mínimo ideia que ao votar está a tornar-se cúmplice dos actos praticados pelos seus representantes?
      O Sr sabe preencher o IRS? Sabe que fórmulas são usadas nos cálculos?
      O Sr sabe qual é o verdadeiro buraco do BPN e do BES?
      O Sr sabe como é calculada a sua reforma?
      O Sr sabe a quem pertencem a EDP, a TAP e as corporações em Portugal?

      Faço uma aposta consigo. Se souber responder a metade dividimos o roubo do BES.

      Eliminar
  4. Ora nem mais, Zita. Marinho e Pinto é um homen integro e sabe bem o que faz e porque faz.

    ResponderEliminar
  5. A Europa está podre de corrupção e gatunagem, os povos são pura e simples roubados pois votam sempre nos mesmos partidos politicos corruptos e gatunos que estão sentados nos parlamentos.
    Tal como em Portugal ou o povo deixa de votar em corruptos e ladrõese traidores ou irá ficar na miseria e escravatura como no seculo XIX pois os outro povos que eram escravizados pelos europeus como os africanos as americas e asia já aprenderam a ler a escrever e a desenvolver tecnologia e a produzir bens e serviços que estão a arrazar aa econimias dos paises corruptos e gatunos Europeus.

    ResponderEliminar
  6. Já tinha visto este documentário há meses atrás. Como domino a língua holandesa, tentei traduzi-lo para introduzir neste post( ao que parece, tarde demais) mas congratulo-me por tal ter sido conseguido por outrém.
    Esta é a realidade dos abusos do parlamento europeu......pensem bem!!

    ResponderEliminar