28 março, 2013

Eles não param de despedir, esbanjando em indemnizações, para colocar boys.




Partilhem, porque é preciso que estas agressões explícitas ao direito à própria vida se tornem públicas.
É para pagar coisas assim que temos mais de 500.000 desempregados que não tem o que comer ou dar aos filhos...

Publicação em DR. dia 20.03.2013 - Como português, e exercendo o meu dever de cidadania, não posso deixar de enviar semelhantes Despachos publicados hoje mesmo em DR.
Sou técnico superior no Ministério das Finanças em funções públicas há mais de 30 anos, e fico sem palavras ao ver estes despachos.
Despachos de 2 técnicos de 21 e 22 anos que são nomeados exercer as funções de acompanhamento da execução de medidas do memorando conjunto com a União Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu, na ESAME.) da TROIKA.

Gabinete do Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro, o tal Carlos Moedas
Dados pessoais, habilitações académicas e formação profissional
Tiago Miguel Moreira Ramalho, 21 anos, concluiu em 2012 a Licenciatura…(…designo como técnico especialista o licenciado João Miguel Agra Vasconcelos Leal para exercer as funções de acompanhamento da execução de medidas do memorando conjunto com a União Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu, na ESAME.) 
Nota curricular …na Universidade Católica Portuguesa, mais concretamente na Católica -Lisbon School of Business and Economics, em inglês, é mais “in”... 
E fez o secundário em 2008...
Experiência Profissional (do dito cujo)
Entre junho e agosto de 2011, João Miguel Leal realizou um estágio de verão no Gabinete de Estratégia e Estudos do Ministério da Economia e Emprego.
Anteriormente, em junho de 2009, já havia efetuado um estágio de verão no departamento de Marketing e Vendas da Empresa José Maria da Fonseca. Despacho n.º 4109/2013
São admiráveis os Curriculum Vitae destas criaturas, só me leva a concluir uma coisa… tenho que dizer ao meu filho para frequentar a Universidade de Verão do PSD/CDS, aproveitando o sol e a praia, correndo o risco que no final das férias vir como doutorado e ministro.
O melhor é ler os despachos….
Quantos cartazes afixaram? E quem serão os papás? É este o país que temos….

"O Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, que está prestes a deixar o cargo, citou Yves Mény, na abertura do ano judicial, considerando que os partidos se tornaram máquinas alimentadas a dinheiro e criticou salários de assessores "com pouco mais de 20 anos"." Fonte

Mais tachos sem fim
  1. As listas infinitas dos boys
  2. 164 ESPECIALISTAS sem currículo?
  3. Mais uma lista de colocações. 
  4. Outra longa lista de mais especialistas, com salários de luxo.
  5. A troika proíbe, mas o regabofe continua... 
  6. Mais Boys em todo o lado
  7. Boys de Paulo Portas
  8. Mais albergues de Boys a caminho
  9. Boys de luxo
  10. 4500 boys para todos sustentarmos
  11. 120 pessoas para fazer um elo?
  12. 13 motoristas num dia, mais...
  13. 13.740 albergues de boys de ouro
  14. 15 papa tachos, TOP.
  15. 15 tachos, Ministra da JUSTIÇA
  16. 15 tachos? Falta tempo e competência
  17. 167 mil/mês, reforma de Jardim
  18. 17 mil de pensão por 6 anos trabalho
  19. Lista longa de nepotismo 

2 comentários :

  1. Conselhos aos Pais29 março, 2013 15:23

    Quem é pai deseja sempre o melhor para os seus filhos. O melhor significa serem bem sucedidos e sobretudo felizes. Claro que ser bem sucedido num país pautado pela mediocridade significa alinhar por este diapasão tentando não mostrar muita honestidade e mérito, sob pena de se ser considerado uma “ave rara” e consequentemente votado ao ostracismo. Essa mediocridade tem actualmente na classe política o seu expoente máximo confirmando a teoria de que são os maus agentes da política que afastam os bons.

    Face a esta dura realidade, já decidi como irei aconselhar os meus filhos. Por volta dos 13/14 anos irei inscrever os meus “boys” nas “jotas”, provavelmente um será “rosinha” e o outro “laranjinha”. Assim garanto que pelo menos um deles terá sempre “tacho”. Vou dizer-lhes para nunca saírem muito da “sombra” para assim evitarem eventuais “danos colaterais”. Vou insistir para alinharem sempre junto daqueles que controlam o “aparelho”. Também deverão junto de uma “grande loja” procurar obter o já conhecido “avental” especial. Este tem a particularidade de conferir protecção e ajuda a quem o usa. Sei que assim, sempre que necessitarem, haverá sempre alguém em sectores-chave com influência e poder que virá em seu socorro, aliás como eles fazem entre si como bons “irmãos” que são. Quando chegar a altura de irem para a Universidade a escolha óbvia recairá numa privada que não dê muito trabalho e cuja maioria dos professores seja constituída por “camaradas” ou “companheiros” consoante o caso. Estou certo que por volta dos 20 e poucos anos, seguindo estes conselhos, já poderão ser assessores ou vereadores de alguma autarquia, embora a prioridade vá sempre para os filhos ou “afilhados” de quem nomeia. Mesmo assim, acredito que quando terminarem o curso num qualquer Domingo, certamente já saberão bater palmas e dizer “Muito Bem!” para poderem ser deputados da Nação. Se tal não acontecer, pelo menos por volta dos 30 anos, ainda que com pouco currículo e pouca experiência de vida, já estarão nos corredores governamentais, ou ainda melhor, na administração de uma qualquer empresa onde o Estado tenha uma “golden-share”. Já lhes disse que nesse caso ao ganharem 2 milhões de euros por ano, não se poderão esquecer aqui do “velhote”, afinal de contas o “obreiro” responsável pelo seu meteórico sucesso.

    ResponderEliminar
  2. Deixou de existir os jobs for the boys e estamos no jobs for the children!

    nadinhadeimportante.blogspot.pt

    ResponderEliminar