07 fevereiro, 2013

Conspirações contra o contribuinte, o patrão eternamente traído.



PSD rejeita acabar com o regabofe que faz dos políticos, criminosos legais? Bombástico!!!!! 
O artigo em baixo, é a prova de que os interesse dos políticos e seus patrões, irá prevalecer, sempre, sobre o interesse nacional e a vontade dos contribuintes. 
Os portugueses adoram criticar Medina Carreira, Paulo Morais, e outros, que passaram pelo poder politico e que agora o denunciam e criticam. Questionam, como se não soubessem a resposta - "Porque é que não fizeram nada quando lá estiveram?"
Seremos ingénuos ao ponto de desconhecer a falta de poder de quem luta contra a corrupção, e o excesso e abuso de poder, de quem luta pelo alastramento e impunidade, da corrupção?
Será que as pessoas desconhecem a impotência de quem luta contra a injustiça num país onde não existe justiça.
Este foi um exemplo, recente, da luta inglória... , O CASO DO Secretário de Estado da Energia.
Desta vez, um membro do PSD é atacado pelo PSD por propor acabar com a promiscuidade e abuso que reina entre os políticos... 

Mendes Bota atacado em reunião do PSD
"Mendes Bota foi criticado por vários colegas de bancada na reunião do grupo parlamentar do PSD,(...) Tudo por causa de  defender a exclusividade dos deputados.
Hugo Velosa, Guilherme Silva, Fernando Negrão, Hugo Soares e Paulo Rios foram alguns dos deputados que pediram a palavra, na reunião que decorreu à porta fechada, para refutar as ideias de Bota, que tem dito que que a «única solução que resolve o problema dos conflitos de interesse entre actividade pública e actividade privada é adoptar a exclusividade do mandato de deputado». E que «manter a actual situação é continuar «a beneficiar quem se serve da projecção e da influência de um cargo político para retirar vantagens exponenciais na sua progressão profissional e de que Portugal não é parco de conhecidos exemplos».

Segundo relatos feito ao SOL, aqueles deputados consideraram «extemporâneas» as declarações de Bota e criticaram-no por estar «a generalizar» a questão, lançando uma suspeição a todos os colegas. (nota do blog: suspeição? mas quem iria pensar mal destes santos?Jamais em tempo algum.)
Este conflito é um embaraço para o PSD numa altura em que sobem a discussão a plenário, amanhã, dois projectos do BE para apertar o estatuto dos deputados. Os bloquistas propõem a proibição de os deputados prestarem serviços de consultadoria e assessoria a entidades do Estado e empresas concorrentes a concursos públicos, bem como a proibição de os cônjuges de deputados celebrarem contratos com entidades do Estado.
A posição oficial do PSD é contra tais alterações." fonte
E viva o PSD e o seu BPN... 

Mais situações onde se desprezou o interesse nacional.
Não gostam nada de cortar... neles. 
Nem a água mineral, se pode cortar.
Rejeitam regras... 
Rejeitam transparência.
Quem protegem?
Passos Coelho sabe o que é mau para Portugal, mas faz. 
Cavaco Silva, em traição. 
O grande Golpe, contra a constituição, em 1976, incrível????
Traição dupla, dos que conspiram e do que encobre, confissão de Rui Rio.
Votam contra o interesse nacional?
Mais um buraco?
Voto contra cortes nas eleições. 
Quem os trava? 
Quem os denuncia, ou julga?
O baixo nível da conspiração.

10 comentários :

  1. De acordo com o código das sociedades comerciais, anualmente, nas sociedades anónimas, tem de existir uma assembleia de accionistas.

    Sendo os cidadãos eleitores os accionistas deste país, porque só podem votar na administração de 4 em 4 anos e sem restringirem qualquer poder a esta?

    E se os administradores forem mentirosos, corruptos e ladrões que mecanismos existem para os destituir?


    ResponderEliminar
  2. Bom dia sra. Zita tirei esta frase deste blog "Governar em Portugal, atrai toda a espécie de bandidos pois não exige honestidade, competência, moral, ética, profissionalismo...", esta frase diz tudo acerca dos políticos que não querem a transparência. Querem é fama, dinheiro fácil, simplesmente roubar o contribuinte.

    Por isso é que estamos na cauda da Europa, no desenvolvimento nos salários. Temos mafiosos a governar, não são pessoas honestas.
    Há uns dias atrás vi no blog o seguinte " Portugal não é Pobre, tem é ladrões a mais.

    Fernando

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a realidade, até porque nos outros países existe justiça... Em Portugal infelizmente eles roubam e nós pagamos por isso... É uma delicia irresistível ser politico corrupto em Portugal.

      Eliminar
  3. Não pensem que os outros partidos são diferentes.Os 5 maiores partidos representados (Psd, cds, Ps, Pcp e Be), que estão na assembleia nunca mas nunca ouvi da boca de algum deputado para se reduzir os deputados de forma proporcional. Claro que o tacho interessa aos que lá estão e se reduzem alguns perdias as mordomias. Outra questão porque o Francisco Louça se retirou da carreira de deputado ao fim de 13 anos. Porque não se retirou com ao fim de 10 anos? Claro que saiu depois de ter direito as mordomias pornográficas. É tudo farinha do mesmo saco, não há melhores nem piores a merda é a mesma apenas muda a porcaria do cheiro, nada mais. Todos lá estão a defender os interesses próprios e não o interesse nacional, nem preocupados com a miséria dos outros.

    Tudo gente que não interessa nada. Só dá vontade de manda-los a p... que os pariu.


    O POVO, não pode confiar nem contar com ninguém, mas com manifestações e com violência isto muda, vai mudar e tem de mudar.

    Já chega de sermos comidos como parvos.

    Fernando

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Revolução mesmo e mais nada!!

      Eliminar
    2. " Empregar todo o nosso desejo, todo o nosso esforço, toda a nossa inteligência para implantar, ou contribuir para implantar, uma ficção social em vez de outra, é um absurdo, quando não seja mesmo um crime, porque é fazer uma perturbação social com o fim expresso de deixar tudo na mesma. " O Banqueiro Anarquista, Fernando Pessoa

      Eliminar
    3. METE A REVOLUÇÃO NO CU!

      Eliminar
  4. Enquanto maçonaria se expandir , o estado portugues estará cada vez mais contaminado de corrupção.

    Portugal nao tem futuro o estado portugues deve-se extinguir, e criar um real estado portugues, baseado num pequeno nº d epessoas que gerem apenas poucos dinheiro e o essencial no pais.

    Enquanto isto não acabar o povo será sempre escravizado por uma duzia que se introduziram no "ESTADO PORTUGUES", estado portugues UM PESSOA DE MÁ FÉ, E UMA PESSOA DE MAL, QUE ESCRAVIZA O POVO, E O ABANDONA Á SUA PRÓPRIA SORTE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes abandonasse... o pior é que ele fica por cá a comer os ossos e a chupar o sangue, como qualquer parasita e vampiro

      Eliminar
  5. cOM NEGÓCIOS DE BALDROCAS, o ex-presidente da camara de gaia Luís Filipe Menezes
    deixa camara municipal falida, se o povo nao trabalhar, nao descontar impostos e se dinheiro nao tapar o buraco, isto é , se nao for intervencionada com dinheiros publicos, claro, a camara vai mesmo á falência.

    Informaçao nunca revelada ao púlico.

    ResponderEliminar