11 dezembro, 2012

Portugal nas mãos de um punhado de ex politicos e amigos de politicos




Neste video há muito para descobrir, um verdadeiro escândalo, basta ver os primeiros minutos para perceber que o que esta gente faz, são uma ofensa grave ao contribuinte.
Perceba:
- Como os seus impostos são esbanjados?
- Como sustentar um grupo com mais de 50 empresas com dinheiros públicos, para que nenhuma se afunde.
- Como manter negócios parasitas do dinheiro público, esse poço inesgotável de dinheiro fácil.
- Como os políticos ou deputados fazem pela vida, unidos PS, PSD defendem o seu interesse privado com o poder público, colocam os impostos ao serviço dos seus negócios privados.
- Como se criam escolas com direito de poder escolher alunos de elite e rejeitar alunos fracos?
- Como pode o estado financiar escolas que violam o principio básico da educação? A educação é para todos.
- Como é que os donos e directores das escolas privadas se transformam em poderosos coleccionadores de luxos incalculáveis, explorando os empregados e contribuintes?
Queira ter a bondade de ver o video e navegar neste mar de corrupção, pode mesmo sentir-se enjoado com tanta falta de vergonha e promiscuidade, entre politica e negócios.

Resumo do video
Com a desculpa de que não havia vagas para todos os alunos no público, constroem-se colégios privados. Na verdade as escolas públicas ficam com várias vagas por preencher, POR EXEMPLO... escolas com capacidade para 45 turmas, apenas lhe atribuem 37, e os alunos são empurrados para o privado, para que estes, tenham direito a receber mais subsídios do estado, pois recebem 85 mil euros de subsidio por turma!! Mesmo que apenas tenham 16 alunos. Na pública têm que ter 30 alunos por turma?
O grupo GPS serve de exemplo para mostrar como os nossos corruptos deputados são livres de construir impérios na maior das impunidades e ás custas do poder público que ganharam, das influências que exerceram e dos dinheiros públicos que distribuíram.
Impérios privilegiados que sufocam a livre concorrência e a economia... afigura-se cada vez mais claro que são apenas uns poucos que, possuem o direito de dominar todos os sectores e todas as empresas, em Portugal.

António Calvete dono do império, foi deputado do PS, integrou a comissão parlamentar e um ano depois cria o grupo GPS. Espantoso?
Para o grupo chamou mais pessoas influentes de vários partidos, desde deputados secretários de estado, antigos directores regionais de educação, etc.
Esta é mais uma prova de que os partidos estão na verdade unidos numa só missão... aviar-se e roubar o mais que puderem. Nos bastidores, são todos amigos e companheiros do saque.
Domingos Fernandes, secretário de Estado da Administração Educativa de António Guterres, Paulo Pereira Coelho, secretário de Estado da Administração Interna de Santana Lopes e secretário de Estado da Administração Local de Durão Barroso, (envolvido em casos de corrupção)
José Junqueiro, deputado do PS.
Todos foram consultores do grupo GPS.
José Manuel Canavarro, secretário de Estado da Administração Educativa de Santana Lopes, José Almeida, director Regional de Educação de Lisboa do mesmo governo.
As guerras partidárias não passam de uma fachada para enganar totos, na realidade eles são bem amigos e estão bem unidos por um objectivo: Roubar o país e enriquecer sem esforço ou competência, para viver à grande com os seus amigos e família. O povo que empobreça.
No video é explicado ao pormenor como os colégios privados esbanjam os impostos. Só este ano o grupo recebeu para os colégios GPS, 25 milhões de euros. Pago à turma, 85 mil por cada turma.
O dinheiro para a escola e para os professores é escasso, mas para luxos dos presidentes é uma fartura. Os directores, Manuel António Madama, da escola de S. Mamede possui 80 carros, entre eles Jaguar Porsche, Rolls royce, Mercedes BMW, limusina Volkswagen, etc, etc.
O filho António Madama, também alto cargo (boy) junto do pai, possui 17 carros.

José Canavarro e José Almeida ainda no poder e 5 dias antes das eleições que os iriam fazer perder o poder, deram autorização para a construção de 4 novos colégios.
O desespero de favorecer amigos que os iriam albergar em bons tachos, após o mandato, foi exercido até ao ultimo momento em que lhes é dado o direito de abusar do poder público.
Ambos se recusaram a ser entrevistados e negaram ter dado autorização... apesar de no video serem apresentadas as suas assinaturas a provarem o contrário.

A GPS construiu um império com mais de 50 outras empresas, além dos 26 colégios, em diversos ramos.
-GPS mediação de Seguros
-Gtelecomunicações
-MultiGPS - Multimédia
-Galevete e Galvete Imobiliária
-Agência de Viagens D. João V
-Criartimagem publicidade (já envolvida em escândalos de subsídios e outros)
-Restpresso actividades hoteleiras
-GPS comércio supermercados
O Grupo GPS, criado em 2003, é liderado pelo ex-deputado socialista António Calvete e tem contado com a colaboração de figuras de destaque tanto do PS, como do PSD: Foram seus consultores o deputado socialista e antigo secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro; o deputado do PSD e ex-secretário de Estado da Educação, José Canavarro; Paulo Pereira Coelho, ex-secretário de Estado da Administração Local do PSD. Também trabalham para o grupo os ex-directores regionais de Educação de Lisboa e do Centros, respectivamente José Almeida e Linhares de Castro.

"Auditorias detectam taxa de matrícula ilegal nos colégios do grupo GPS. Alunos que frequentavam a escolaridade obrigatória eram obrigados a pagar taxa de dez euros. Ministério manda devolver montantes às famílias." fonte

Após esta reportagem o grupo torna-se alvo de investigação:
GPS Grupo sob suspeita de corrupção encaixou 20,8 milhões do Estado
O Grupo GPS, sobre o qual pendem suspeitas de corrupção e de enriquecimento ilícito, recebeu por parte do Estado uma quantia estimada em 20,8 milhões de euros em 2013. O valor destinou-se a 11 dos 25 colégios com a chancela do grupo, tendo sido, no seu conjunto, o maior beneficiário das subvenções pagas pelo Ministério da Educação aos colégios e creches privados.

NO TEMPO DE SÓCRATES:
O Estado apoia quase 50 por cento das escolas privadas existentes em Portugal. Para este ano, está previsto um financiamento de 288,1 milhões de euros, o que representa um corte de 21 por cento por comparação a 2010. As transferências para o ensino particular têm de ser publicadas em Diário da República. As de 2009 só foram divulgadas em Janeiro passado. Público 

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, VAI RESPONDER EM TRIBUNAL POR MAU USO DE DINHEIRO PÚBLICO.


Mira Amaral, que sabe do que fala, afirmou hoje. "«O melhor que os portugueses competentes têm para fazer» é emigrar"

*- Educação: "Governo corta o triplo do que a troika mandou. "
*- SNS: "A ‘troika’ mandou cortar 550 milhões e o Governo cortou mais 650 milhões e este ano vai cortar mais”, sublinhou.
*- Portugal reduziu em mais de 5% dos funcionários públicos entre dezembro de 2011 e setembro de 2012. Superando, assim, em mais do dobro a meta anual imposta pelo memorando da troika.
O mais intrigante é entender porque é que a comunicação social, só agora é que se lembra de começar a denunciar abusos que se arrastam há anos.
Artigo que acompanhava o video original.

A jornalista Ana Leal encontrou escolas públicas subaproveitadas, com salas vazias, à espera de alunos que foram transferidos para os colégios privados pertencentes ao grupo GPS, que envolve ainda vários ex-governantes de diversos partidos políticos.
O inspetor geral de Educação não mostrou disponibilidade para dar qualquer entrevista à TVI. Tentámos pelo menos durante 15 dias e ficámos a saber, através de um email que recebemos, que a inspecção terá iniciado uma auditoria aos colégios do grupo GPS.

O governo não precisa de dizer que vai acabar com o ensino gratuito .. pura e simplesmente fará para que isso aconteça.
O governo não precisa de dizer que vai acabar com o apoio público aos idosos, lares etc... pura e simplesmente cria as condições para isso e acontecerá.
O governo não precisa de dizer que vai acabar com a saúde pública... basta continuar no percurso que nos tem imposto, que lá chegaremos.
Todos sabemos que a intenção é destruir definitivamente os serviços públicos, que na óptica deles gastam demasiados impostos, e depois não sobra para eles e para sustentar as suas fundações, as suas PPP, as suas empresas subsidiadas pelo estado, os seus subsídios e reformas, etc.
É ainda claro que lhes convém aniquilar as pequenas e médias empresas, para permitir que o nosso pequeno mercado português, fique à mercê dos grandes e poderosos gananciosos insaciáveis, amigos de, e ex políticos.
"Maiores fortunas de Portugal cresceram 18% em 2011. Os ricos de Portugal estão mais ricos, segundo a lista das maiores fortunas do País elaborada pela Revista Exame. As fortunas dos 25 mais ricos de Portugal cresceram 17,8% em 2011 face ao ano passado" fonte
"(...) a riqueza das maiores fortunas em Portugal também cresceu em 2012. Mais concretamente fonte
13%,"
Lucro da Sonaecom sobe 24% no 1.º trimestre para 17 milhões de euros | iOnline
"Mota Engil escapa à crise"
"Jerónimo Martins acelera 4,5%, Lisboa lidera ganhos na Europa" (eu avisei)
"Quase 6.700 empresas foram à falência em Portugal em 2012." fonte
239 escolas do 1º ciclo do básico fecham portas

VEJA AINDA ESTE VIDEO ONDE SE DENUNCIA QUE SE CORTA APOIOS NO PÚBLICO E AUMENTA-SE NO PRIVADO.


54 comentários :

  1. Ainda não conheci nenhum Politico que trabalhace com a honra de ajudar o País, mas sim sempre á frente dos seus interesses e de corroborar a cambada igual para beneficios próprios. o que eu digo nunca mais vou votar e incentivarei todos os que me rodeiam a fazer o mesmo. para quê votar em alguém que se serve e não serve o País que representa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia

      Irei votar, como sempre fiz, desde que me foi permitido depois do 25 de Abril.
      Irei votar em branco, como fiz desde o segundo mandato do Eng. Sócrates.
      Considero essencial votar.
      Não reconheço nenhuma competência aos atuais líderes dos partidos políticos portugueses para governar a Grande Pátria Portuguesa.

      Eliminar
    2. Eu tive um sonho. Sonhei que o Estado Português era um Estado Democrático.

      O Estado... esse Grande PATRÃO
      Os ''empregados do Estado'' em Portugal existem exclusivamente para melhor enganar, aldrabar, vigarizar, desviar e roubar o próprio PATRÃO (Estado) em completa legalidade, impunidade e imunidade pois há que precisar que tudo na Constituição Portuguesa se encontra reunido de uma forma ''magistral e exemplar'' para favorecer, beneficiar e proteger em exclusivo os ''empregados do Estado'' e em nada o PATRÃO.

      Os ''empregados do Estado'' são todos aqueles que recebem uma remuneração em troca de um suposto trabalho na chamada função pública. Ex. : ''Presidente da República'', ''Primeiro Ministro'', ''Ministros'', ''Secretários do Estado'', ''Deputados'', câmaras, finanças, bancos do Estado, justiça, militares e etc. ! Devo acrescentar que mais de 20 por cento da população ativa trabalha na função pública sem querer com isto tirar o mérito de quem realmente trabalha.

      O engraçado e mais estranho e estúpido nisto tudo é que o PATRÃO (Estado) é o próprio POVO, que não tem poder de PARTICIPAÇÃO DIRETA E ATIVA absolutamente algum nas decisões da República e nunca terá ao contrário do poder absoluto de todos os nossos ''dirigentes Políticos'' que sempre governaram (se) com mãos de ''ditadores de nova geração'' e cara de Anjos no próprio PATRÃO (POVO) (chamam na Constituição de participação direta e ATIVA do povo na vida política á única e miserável votação a que o povo tem direito de 4 em 4 anos), porque a 3° Constituição feita em 1976 ''magistralmente'' elaborada ainda com influência Salazarista não permite ao povo de ter uma verdadeira participação ATIVA ao contrário do que está escrito, transformando uma lei fundamental do poder Político do povo numa completa e verdadeira PALHAÇADA DE PURA HIPOCRISIA !!! A ver na internet >>Constituição da República Portuguesa – Assembleia da República<< artigo 109.°.

      Difícil de se encontrar PATRÃO mais sem voz, silenciado, condescendente, ignorante, inculto, generoso e cego. Também por isso é que sempre se disse que nunca houve, não há e nunca haverá em Portugal melhor emprego que o de ser ''funcionário do Estado (povo)''.

      CONCLUSÃO : Temos que acabar completamente e radicalmente com esta Constituição porque é também economicamente impossível uma empresa funcionar e alimentar toda a gente quando esta tem 20 patrões para 80 trabalhadores (escravos) e criar uma nova República de raiz ou adotar um sistema político estrangeiro que se saiba bem funcionar para todos como é o caso por exemplo do sistema político Suiço, onde o povo tem PARTICIPAÇÃO DIRETA E ATIVA pois é em diversos casos em leis e decisões do País solicitado a votar e onde qualquer cidadão Suiço se pode individualmente apresentar ao governo não havendo para isso a obrigatoriedade de se pertençer a um partido político ou a formá-lo. E mais !!! Qualquer cidadão Suiço segundo e seguindo a Constituição pode congelar qualquer lei apenas pelo Parlamento aprovada e levá-la diretamente á votação do povo não havendo para isso como em Portugal Estado de M... a necessidade de ser submetida ao parlamento (quartel general da ''nova ditadura'') para este analisar e decidir se vai ou não á votação popular, pois a Constituição Suiça dá ao povo a possibilidade de ter sempre e em todos os casos a última palavra. A ISTO SIM SE CHAMA UM ESTADO DEMOCRÁTICO !!!

      ASSINADO : Mando Zarpa

      Post.S. Quanto mais se enfraquece um Povo mais se Fortalece e Enriquece um ''Político''.
      A voz do povo é a voz de Deus. Povo Português, levantai a voz ! Viva a revolução ! ''Ladrões'' todos em prisão !

      Eliminar
    3. Votem contra, não deixem de participar e fazer justiça nas urnas. Só com o julgamento e a punição se eliminam os criminosos/ maus políticos e se apoiam os bons. Chegamos a um ponto em que os bons já nem se atrevem a disputar as eleições, porque perceberam que a injustiça e inércia do povo, não os compensa na luta, não os valia nem julga correctamente.

      Eliminar
    4. s 18:56 · Lisboa ·
      C O N T R A T O S de A S S O C I Ç Ã O
      Quanto aos contratos de associação, o pensar-se no seu fim, talvez se deva ao facto das escolas públicas não serem aproveitadas na sua plenitude e com isso. estar-se a gastar dinheiro que podia ou pode, ser poupado. Dinheiro que vai para a manutenção de colégios particulares, com o pretexto destes servirem de apoio às escolas públicas. Todavia, certamente por ser um bom negócio, os colégios particulares proliferaram de forma exagerada. Com menos colégios particulares e mais alunos absorvidos pelas escolas públicas, poupar-se-ia muito dinheiro. Carlos Patrício Álvares (Chaubet)

      Eliminar
    5. quando as coisas correm mal aqui delrei são todos curruptos mas ainda não vi nenhum do PCP EMBORA AS PESSOAS VÃO DIZENDO QUE SÃO TODOS IGUAIS

      Eliminar
    6. A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.

      Quando opta por não votar pode estar a atingir o resultado contrário daquilo em que acredita.
      Esclareça-se e compreenda porque é importante votar em consciência contra os partidos corruptos.
      Faça uma escolha, opte por votar com quem mais se identifica, e quem menos o lesou, o poder é seu! Use-o para ajudar todos nós.
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#more

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Não se esqueçam que este é apenas um exemplo... todos sabemos os impérios que muitos outros políticos construíram. Nem sempre como donos, mas em outros papeis mais discretos.

      Eliminar
  3. Politicos porcos e ladroes.... merecem serem deitados vivos a uma fogueira em pleno rossio e o povo em volta da fogueira a cantar e festejar alegremente! Politicos dá-me nojo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não duvide que a solução passa por ai.
      Isto de diálogos, apelos e votar noutros não nos levará a lado nenhum. As manifestações da CGTP(ou outras) nem cócegas lhes fazem.
      Enquanto eles não começarem a sentir medo não mudam. Vão continuar com o saque e mentir compulsivamente ao Portugueses.

      Eliminar
    2. Sim Pedro mas também penso que não é por nada que aumentaram em mais de 10% o ordenado das forças de segurança.
      Isso para mim significa também algum sinal de medo de parte do governo embora não o suficiente para travar as suas escandalosas investidas contra os mais desfavorecidos!
      Se o povo não tiver o apoio das forças de segurança civil e militar não parece que, neste momento, consiga chegar a algum lado.
      Com isto não quero dizer que apoio uma repetição fiel do 25 de abril

      Eliminar
    3. Outro 25 de abril para tapar o sol com a paneira por mais 40 anos???? Nem pensar!!! Isto tá tao contaminado que só se resolverá como no tempo da inquisicäo medieval dos judeus... mas desta vez é a caca aos politicos! (teclado germanico, daí a falta de acentos e cedilha)

      Eliminar
    4. O video deixou de estar disponivel, há algum link actualizado ?

      Eliminar
    5. Já coloquei novo video, peço desculpa pelo incomodo... e muito obrigada pela sua preciosa colaboração ao alertar-me para o video que tinha sido desactivado.

      Eliminar
    6. O video foi novamento desactivado. Agradeço que o volte a activar. Obrigada. Maria

      Eliminar
    7. Votem contra, não deixem de participar e fazer justiça nas urnas. Só com o julgamento e a punição se eliminam os criminosos/ maus políticos e se apoiam os bons. Chegamos a um ponto em que os bons já nem se atrevem a disputar as eleições, porque perceberam que a injustiça e inércia do povo, não os compensa na luta, não os valia nem julga correctamente.

      Eliminar
  4. Revolução a sério (e não golpe de Estado como foi o 25 de Abril) foi o 28 de Maio de 1926.
    Isso sim, o povo uniu-se e com um patriota militar à frente acabou com a anarquia democratica da 1ª républica.
    Mas disto os terroristas intelectuais burgueses omitem ou deturpam.
    Vivemos pobres? Talvez.... mas com o NOSSO dinheiro e com um Portugues a governar. Milhares de famílias tinham mais de cinco filhos e não morreram à fome porque a tal sardinha para todos era muito nutritiva porque era PORTUGUESA, PESCADA POR PORTUGUESES, PORQUE HAVIA UM PAÍS QUE SE CHAMAVA PORTUGAL.

    P.s. - os terroristas intelectuias são a pior escumalha.

    Um dia quem sabe a escumalha poderá de novo ouvir o grito - PATRIA OU MORTE!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11 Dezembro, 2012 15:21,

      Eu até lhe dou razão em vários aspectos.
      Na verdade para recuperar o pais só mesmo através de uma revolta de cariz Nacionalista e patriota.
      Porque se nós não cuidamos e protegemos a nação, ninguém mais a pode proteger.
      O 25 de Abril libertou das trevas uma corja de malfeitores, do pior que pode haver em termos de ética e valores.
      Por isso também não me cai bem ouvir dizer que necessitamos de um novo 25 de Abril, pois isso seria precisamente mais do mesmo.
      A Democracia não é boa apenas por se chamar democracia. Ela tem e provar que é o melhor sistema, não basta andarem ai uns Bochechas e outros trastes sempre a arrotar a palavra democracia para ele ser automaticamente um bom sistema.
      A Coreia do Norte também se diz democrática, pois o país chama-se Republica "Democrática" da Coreia. A Alemanha de Leste chamava-se Republica Democrática Alemã. Acham que estes países são livre e "democráticos"? NÃO, obviamente.

      Neste momento para tirar o pais da choça em que estes F... da P... nos meteram, primeiro tem de se formar células patrióticas pelo pais fora e começar a caçar esta bicharada.
      Depois quando caírem, constituir um governo de salvação, onde podem convidar personalidade que tem tentado, em vão, lutar contra a corrupção, casos como o P.Morais e outros que existem e que são pessoas de confiança e honestas.
      Fazer uma limpeza e recolocar o pais num rumo de mais justiça e melhor organização e distribuição económica.
      E só depois disso (uns 7 ou 8 anos) é que seria admissível voltar a ponderar um regime democrático, mas este novo regime democrático teria de ter rédea curta e regras bem mais rígidas para quem exerce cargos politicos e um rigoroso sistema de imcompatibilidades.


      Eliminar
    2. Pedro Lopes,
      Não é por acaso que eles têm sempre a palavra democracia na boca. A lavagem cerebral tem que continuar, e convenhamos que com a populaça que este regime tem parido essa lavagem cerebral é como limpar cu a meninos.
      Não podemos ter esperança no rebanho.

      Eliminar

  5. http://economico.sapo.pt/noticias/militares-com-mais-um-rombo-no-salario-descontos-para-a-saude-vao-aumentar_158255.html


    O Aguiar Bronco anda a brincar com o fogo. Espero que sai chamuscado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existimos em Portugal para sustentar parasitas que ainda por cima nunca ficam satisfeitos, querem sempre mais... Mira Amaral, que sabe do que fala, afirmou hoje. "«O melhor que os portugueses competentes têm para fazer» é emigrar"

      http://www.tvi24.iol.pt/151/economia/mira-amaral-bic-ajustamento-orcamental-receita-emigrar/1401013-1730.html

      Eliminar
    2. Chamuscado não! Antes queimado vivo!

      Eliminar
    3. Votem contra, não deixem de participar e fazer justiça nas urnas. Só com o julgamento e a punição se eliminam os criminosos/ maus políticos e se apoiam os bons. Chegamos a um ponto em que os bons já nem se atrevem a disputar as eleições, porque perceberam que a injustiça e inércia do povo, não os compensa na luta, não os avalia nem julga correctamente.

      Eliminar
  6. "E ASSIM OS RATOS VÃO ROENDO O QUEIJO
    E O ZÉ, SEM VER QUE É PALERMA, QUE É BRUTO,
    DE VEZ EM QUANDO SOLTA O SEU BOCEJO,
    SEM TER P´RA CEIA NEM PÃO, NEM CONDUTO.
    (António Aleixo)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cântico Negro de José Régio (1925)

      "Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos doces
      Estendendo-me os braços, e seguros
      De que seria bom que eu os ouvisse
      Quando me dizem: "vem por aqui!"
      Eu olho-os com olhos lassos,
      (Há, nos olhos meus, ironias e cansaços)
      E cruzo os braços,
      E nunca vou por ali...
      A minha glória é esta:
      Criar desumanidades!
      Não acompanhar ninguém.
      — Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
      Com que rasguei o ventre à minha mãe
      Não, não vou por aí! Só vou por onde
      Me levam meus próprios passos...
      Se ao que busco saber nenhum de vós responde
      Por que me repetis: "vem por aqui!"?
      Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
      Redemoinhar aos ventos,
      Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
      A ir por aí...

      Se vim ao mundo, foi
      Só para desflorar florestas virgens,
      E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
      O mais que faço não vale nada.
      Como, pois, sereis vós
      Que me dareis impulsos, ferramentas e coragem
      Para eu derrubar os meus obstáculos?...
      Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
      E vós amais o que é fácil!
      Eu amo o Longe e a Miragem,
      Amo os abismos, as torrentes, os desertos...
      Ide! Tendes estradas,
      Tendes jardins, tendes canteiros,
      Tendes pátria, tendes tectos,
      E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios...
      Eu tenho a minha Loucura !
      Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
      E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...
      Deus e o Diabo é que guiam, mais ninguém!
      Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
      Mas eu, que nunca principio nem acabo,
      Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.
      Ah, que ninguém me dê piedosas intenções,
      Ninguém me peça definições!
      Ninguém me diga: "vem por aqui"!
      A minha vida é um vendaval que se soltou,
      É uma onda que se alevantou,
      É um átomo a mais que se animou...
      Não sei por onde vou,
      Não sei para onde vou
      Sei que não vou por aí!

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/05/para-melhor-se-entender-o-percurso.html#ixzz2En2jAlBK

      Eliminar
    2. "MÁGOAS DESCRITAS EM VERSO,
      QUANDO NASCEM DE ALMAS SÃS,
      PERCORREM TODO O UNIVERSO
      FALANDO ÀS ALMAS IRMÃS."
      (António Aleixo)
      Um abraço do Algarve

      Eliminar
  7. Há algo de preocupante e que é preciso urgentemente ilucidar todos os que, por opção, deixaram de votar. Refiro-me à abstenção, não ao voto em branco. É bom que seja divulgado, o mais intensamente possível que, o ficar em casa no dia de votar é um erro enorme e que vai continuar a dar azo a que estas duas grandes empresas - PS e PSD - manipulem o dinheiro público a seu belo prazer, continuem a fazê-lo sem qualquer escrúpulo. É bom que se esclareça que uma das únicas armas que possuímos para contrariar esta evolução é dar oportunidade aos pequenos partidos, sejam eles de esquerda ou de direita. Quero acreditar que quando um terceiro partido começar a ganhar força, poderemos ter alguma esperança. Por favor não fiquem em casa na hora de votar!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Votem contra, não deixem de participar e fazer justiça nas urnas. Só com o julgamento e a punição se eliminam os criminosos/ maus políticos e se apoiam os bons. Chegamos a um ponto em que os bons já nem se atrevem a disputar as eleições, porque perceberam que a injustiça e inércia do povo, não os compensa na luta, não os avalia nem julga correctamente.

      Eliminar
    2. O voto branco e nulo, tem poder?
      "É de respeitar a posição de quem prefere não optar, mas o voto branco não funciona para quem quer tomar posição na luta social e política.
      Uma impressionante cadeia de emails anónimos tem divulgado uma mentira.
      Um apelo ao voto branco "contra estes políticos" garantia que, "se a maioria da votação for de votos em branco, são obrigados a anular as eleições e fazer novas, mas com outras pessoas diferentes nas listas".
      Tanto circulou a mentira, que a Comissão Nacional de Eleições teve de lançar um esclarecimento sobre a lei: "Os votos em branco e os votos nulos não têm influência no apuramento dos resultados - será sempre eleito, à primeira ou segunda volta, o candidato que tiver mais de metade dos votos expressos, qualquer que seja o número de votos brancos ou nulos." A abstenção nem é referida sequer. NOTA OFICIOSA DA COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/11/o-poder-do-voto-voto-em-branco-e-nulo.html#ixzz3Pa1u0I3b

      Eliminar

  8. O Cidadão tem que afirmar de forma convincente e fundamentada pela lei nacional e internacional que é imprescindível efectuar uma auditoria à dívida pública e às contas públicas do Estado português para provar que as políticas económicas do ajustamento estrutural têm por finalidade estimular a erosão organizada das receitas fiscais, cuja esta financia os nichos dos actores económicos internacionais ligados aos mercados financeiros.
    O Estado ao efectuar um pedido de empréstimo aos mercados financeiros com juros elevados para pagar défices ilegítimos reforça a ineficácia económica e social de Portugal.
    Por conseguinte a Auditoria de Cidadão á Dívida Pública vai permitir identificar todas as dívidas enquadradas na ilegitimidade as quais serão anuladas, enquanto as dívidas legítimas serão assumidas para pagamento.
    Eis a razão que me levou a exerçer o meu exercício de direito de Cidadão nos termos da Constituição. Se estiver de acordo assine-a, divulgando-a e participando nos debates de sessões de esclarecimentos da importância da Auditoria de Cidadão à Dívida.
    Petição Princípio de Auditoria de Cidadão à Dívida, online na rede social Facebook, no link:
    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2013N38162
    Existe uma página no Facebook para informar toda a evolução desta iniciativa
    https://www.facebook.com/pages/Príncipio-De-Auditoria-De-Cidadão-À-Dívida/633142966701814
    Evelyn MCH

    ResponderEliminar
  9. SE NÃO TENHO DIREITO A UMA MELHOR EDUCAÇÃO, SAÚDE, E SERVIÇOS PUBLICOS; CONTINUO A DESCONTAR O MESMO?

    ResponderEliminar
  10. Portugal na mão de uma dúzia de f.s d.p. sem valores morais.
    Matem-nos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Matem-nos? É preferível que os matem, são eles os parasitas e os vendidos, sem valores morais..

      Eliminar
  11. Na boa, tá no sangue. Olha nós aqui.

    ResponderEliminar
  12. Perante tamanhos monstros, não há adjectivos para qualificar estes malfeitores à solta. O povo "é sereno", mas tem que acordar da letargia em que se encontra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem tento.... ajudar a despertar, mas não há dúvida que as pessoas não querem saber...

      Eliminar
    2. qUEREM, NÃO SABEM É COMO.

      Os empresarios do alentejo dos latifundios.

      Vieram os comunsitas, e roubaram tudo, alguns passaram para o ps e psd,veio os socialistas e taxaram tudo com impostos e fecharam hispitais, , vieram os democratas e acabaram de vez com aquilo até escolas fecharam..

      Alentejo é um deserto, existe vilas inteiras a viver de subsidios da seg social.tEM DÚVIDAS, VAO LA E PERGUNTEM QUE RENDIMENTOS TÊM.DO QUE É QUE VIVEM. Algum trabalho que fazem na agricultura fazem-no para se entreter, porque os sucessivos governos perseguem quem trabalha. Mentecaptos que se dizem licenciados e obrigam as populaçoes a cumprir normas de paises super desenvolvidos, a uma populaçao idosa que ainda nao se começou a desenvolver, pois foram devotados á estaca zero.

      Eliminar
  13. Portugal depois de 1974 foi alvo de um saque a todas as riquezas que os portugueses tinham criado. Vieram do estrangeiro um bando de marginais ,gatunos,assaltantes de bancos ,burgueses de esquerda,individuos que queimaram a nossa Bandeira,que tomaram de assalto tudo o que eram instituições ,fábricas,estaleiros,enfim todo o tecido empresarial,agricola e comercial,para proveito próprio. Os comunistas assaltaram,roubaram e saquearam tudo o que o Alentejo tinha de bom,roubaram aos legitimos donos as propriedades cheias de sobro,formando cooperativas,geridas de braço no ar em que os directores se amanharam á grande,a TV foi tomada por um bando de palhaços que pôs na rua e na desgraça pessoas competentes e trabalhadoras,nas empresas eram mais as horas que passavam em comicios do que as trabalhavam. Fizeram uma constituição marxista,que ainda hoje vigora. Depois veio a treta da UE que serviu ás mil maravilhas para os politicos mentirem descaradamente ao Povo com promessas que nunca foram cumpridas e levaram progressivamente o País para a falência. As leis existentes foram feitas por deputados que têm cá fora grandes escritórios e sempre com fugas para aqueles que ganham com a corrupção nunca serem condenados. Os politicos que nos têm governado são fabricados nas "escolas" dos partidos,sabem lá o que é administrar uma empresa,quanto mais um País. A chamada esquerda,que são uma cambada de burgueses altamente remunerados e agarrados ao poder que nem lapas,só serve para gastar dinheiro. Juizes,politicos,deputados ,presidentes de camara,usufruem de regalias ,reformas e outras mordomias,como mototrista,segurança pessoal e nas casas ,que não existem em mais nenhum País da Europa,de que têm medo ?,parece-me que só o Gen.Ramalho Eanes prescindiu de algumas coisas. Possuem fundações,onde metem toda a especie de despesas que fazem ,como almoços,viagens,etc,etc, e ainda rebem dinheiro do Estado. Acabem com essas fachadas,que só servem para sugar o dinheiro. Era capaz de estar aqui a enumerar muitas mais coisas,mas começo a enojar-me de tudo isto. Mal de nós se não aparecer um movimento patriótico que salve Portugal,e que devolva aos Portugueses o que lhes pertence. Temos que sair da UE e do Euro,se tivermos que fazer sacrificios ,ao menos sabemos para servem. Estamos a ser explorados e não temos nada que seja nosso. Esta situação só interessa ao bando que está no governo,nos partidos e na AR ,que prefazem,talvez 1% da população. Nunca tivemos uma ditadura não feroz,tão destrutiva,tão imoral,como aquilo que pomposamente chamam de democracia.

    ResponderEliminar
  14. Porque é que os politicos mandam as pessoas emigrar?


    Isto não é aconselhado por acaso, trata-se de um genero de venda de mao de obra ao desbarato para outros paises, e os emigrantes se forem realmente bons a ganhar dinheiro lá fora, vão traze-lo para Portugal, e enriquecer quem sempre cá ficou encostado a um job for the boy.

    Não se enganem nem sejam manipulados, o estado porugues, entidade criminosa, tambem vai às reformas dos emigrantes. Porque é que um estado mete as maos no dinheiro de alguem que ganhou a reform la fora, e trabalhou lá para fora? É um roubo às descaradas e uma ingerência exagerada na vida das pessoas..

    Mas há formas de contornar essa situação.Não mandem dinheiro para Portugal, não o coloquem nos Bancos, deixem o estado criminoso morrer á fome, obriguem-os a sair do galinheiro, já é tempo dos parasitas se fazerem á vida.

    ResponderEliminar
  15. VOTEM.

    E PAGUEM OS IMPOSTOS TODINHOS, ELES AGRADECEM.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os corruptos fazem tudo para levar os eleitores a acreditar que a abstenção e o voto nulo e branco, possuem um valor sentimental muito grande e poderoso... Pois mas esse valor, é apenas o que o eleitor vê, porque na realidade não possuem valor nenhum. Serve apenas para desviar e desperdiçar milhões de votos que poderiam ser usados contra eles, que são desviados para o vazio. Para a nulidade.
      Está bem explicito na lei que apenas os votos válidos possuem valor e legitimam aquele que tiver mais votos válidos, independentemente dos brancos, dos nulos, da abstenção e dos que os eleitores rabiscam com piadinhas de ódio ou de descontentamento...
      Para os políticos corruptos, enquanto o povo estiver entretido a manifestar o seu descontentamento de forma inócua, e inofensiva, eles estão tranquilos a ganhar eleições sem qualquer luta ou esforço, bastam os militantes e amigos votarem, que o poleiro está garantido... nada nem ninguém se opõe. Os eleitores continuam a brincar ás revoltinhas ilusórias pensando que estão a punir os políticos com votos nulos e com a abstenção...

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2013/08/o-voto-e-o-nosso-doce-nossa-sobremesa-o.html#ixzz3Pa2GOd3G

      Eliminar
    2. A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.

      Quando opta por não votar pode estar a atingir o resultado contrário daquilo em que acredita.
      Esclareça-se e compreenda porque é importante votar em consciência contra os partidos corruptos.
      Faça uma escolha, opte por votar com quem mais se identifica, e quem menos o lesou, o poder é seu! Use-o para ajudar todos nós.
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#more

      Eliminar
  16. Destruir a escola pública para implementar um negócio sem fim á vista.

    Interesses maçónicos e amigos.eSCONDEM-.SE ATRAS DE MINISTROS, PARTIDOS, TUDO O QUE É FUNCIONALISMO PÚBLICO.

    ResponderEliminar
  17. Temos políticos competentes e um partido em que confio, está na hora do povo abrir os olhos e lutar contra os políticos corruptos que levaram o país e o povo ao descalabro e retomar os valores de Abril só com uma politica verdadeiramente socialista patriótica e de esquerda Portugal pode avançar, a utopia está ao nosso alcance.

    ResponderEliminar
  18. Tal como eles não querem saber do nosso futuro ou da nossa vida e porque nos havemos de preocupar com a deles? Se eles nos roubam e sugam até não poderem mais, apenas para acumular riqueza, e no processo dão cabo dos nossos sonhos, não acham que estamos em guerra? Se estamos em guerra, tratemos disso. Digo muito sinceramente que não me importava de ver algumas destas bestas enforcadas. Se ficava triste? Sim, mas apenas por termos de chegar a esse ponto, pois tenho a certeza que ficaríamos todos melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os corruptos fazem tudo para levar os eleitores a acreditar que a abstenção e o voto nulo e branco, possuem um valor sentimental muito grande e poderoso... Pois mas esse valor, é apenas o que o eleitor vê, porque na realidade não possuem valor nenhum. Serve apenas para desviar e desperdiçar milhões de votos que poderiam ser usados contra eles, que são desviados para o vazio. Para a nulidade.
      Está bem explicito na lei que apenas os votos válidos possuem valor e legitimam aquele que tiver mais votos válidos, independentemente dos brancos, dos nulos, da abstenção e dos que os eleitores rabiscam com piadinhas de ódio ou de descontentamento...
      Para os políticos corruptos, enquanto o povo estiver entretido a manifestar o seu descontentamento de forma inócua, e inofensiva, eles estão tranquilos a ganhar eleições sem qualquer luta ou esforço, bastam os militantes e amigos votarem, que o poleiro está garantido... nada nem ninguém se opõe. Os eleitores continuam a brincar ás revoltinhas ilusórias pensando que estão a punir os políticos com votos nulos e com a abstenção...

      Eliminar
  19. Excelente; mas o precioso serviço que o sindicato dos trabalhadores da educação tem feito ao longo destes anos, deve ser realçado: ir sempre contra a avaliação, contribuir para que nos rankings que avaliam o desempenho temos vindo a descer de ano para ano (no publico/privado já todas as escolas dos primeiros trinta a maioria são privadas; no meu tempo- na outra senhora, o primeiro colégio era o 18º e segundo 32º); é claro que isso não é nenhuma conspiração dos amigos dos privados é mesmo fruto do trabalho gos nossos excelentes defensores da escola publica"nossa" (deles claro). E se analisarmos os salarios do publico e privado vemso a exploração que os privados sofrem, fazendo melhor trabalho.
    E quanto custa por aluno a formação, num lado e no outro? isso é que deve ter a sua analise , pois quem está a pagar a escola gratuita "nossa" é vexa; vai deixar de lado esse aspecto importante: o que está a pagar é o que está a receber?

    ResponderEliminar
  20. Preciso fazer uma investigação às obras no Hospital Santos Silva, suspeita de promiscuidade forte.

    ResponderEliminar
  21. O povo está cego, e burro como disse jorge sampaio quando foi eleito presidente.

    ResponderEliminar
  22. Investiguem mais, e mais vão encontrar... Investiguem por exemplo os empregos da família direta do José Manuel Canavarro e as progressões na carreira desses familiares ao serviço público e financiamentos (internos/nacional, claro!) que obteram nestes anos de ouro... E já agora ele próprio, que depois de isto tudo e muito mais, ainda tem tempo de ser professor na universidade de Coimbra. Shame on you!

    ResponderEliminar