17 novembro, 2012

RUI RIO lança suspeita de interesses escondidos na Segurança Social

Para os mais sensíveis, aviso: as declarações que se seguem podem ser demasiado fortes, ferir o seu futuro e a sua integridade, previna-se e sente-se, mas ofenda-se e indigne-se. 
Para os mais distraídos convém realçar que, estamos perante declarações que assumem dois crimes de traição contra Portugal. 

Rui Rio, afirma conhecer procedimentos de conspiração gravíssimos que atentaram contra o interesse nacional, no que respeita aos milhões que confiamos à Segurança Social.
Tal é a gravidade do que eles tramaram, que ele se recusa a confessar, "enquanto os envolvidos estiverem vivos"!? 
De notar que ele é um dos envolvidos!!!? 
Tal é a gravidade, que ele afirma que se os portugueses a conhecessem, teriam ainda mais motivos para desconfiar dos políticos. "As pessoas ficariam abismadas" afirma mesmo. 
Pena que ainda haja pessoas que ficavam abismadas com a criminalidade politica, pois isto só irá entrar nos eixos quando todos os portugueses perceberem que dos políticos se pode esperar de tudo, desde que seja para proveito deles e dos seus amigos... a mim já nada me abismaria.

Citação da noticia original
"Rio lança suspeita de interesses escondidos na Segurança Social(...)O presidente da Câmara do Porto contou (...) que, em determinada altura da sua vida política, esteve envolvido no estudo de uma reforma da segurança social. Esse esqueleto de reforma nunca chegou a sair do papel. Os motivos? "Nunca os direi, pelo menos enquanto as pessoas envolvidas estiverem vivas".
Nunca se referindo ao que estava em causa nem aos contornos do caso, Rio afirmou apenas que, "se os portugueses soubessem o que se passou" teriam ainda mais motivos que os que já lhes assistem para desconfiarem do papel dos políticos no desenrolar da vida do país. "As pessoas ficariam abismadas", conclui, para não mais se referir ao assunto.
Já antes, na sua intervenção inicial, Rio tinha afirmado que "Temos uma crescente incapacidade política para resolvermos os problemas que temos à frente. E um poder político desacreditado e interesses corporativos mais fortes e capazes de influenciar" a vida de todos, colocando interesses particulares à frente do interesse público/economico
Isto é o cumulo dos cúmulos - participa activa ou passivamente no crime, confessa-o mas recusa-se a contar detalhes?
E ninguém, dos que fingem defender a democracia, a justiça e Portugal, se impõe e obriga a confessar, a entregar os comparsas e a apurar os traidores? Terão os portugueses de resgatar a justiça e toma-la nas suas próprias mãos?
Provavelmente, os envolvidos, continuam por aí, tranquilos e impunes, a conspirar desfalques e a saquear  impostos. O descaramento abunda. A vergonha não existe e não há justiça que nos valha, não há quem lhes deite a mão e os coloque atrás das grades. Ou pelo menos, os prive dos luxos que conquistam roubando, enganado, abusando, explorando e arruinando um país inteiro.

Os poderosos estão à espera de deitar a mão, ao mar de dinheiro, da segurança social, preparem-se, informem-se, aprendam a pensar e a ver, deixem de votar em pessoas que se estão a lixar para vocês - é o que afirma este americano, neste vídeo. 
Em Portugal, aparentemente, estamos a ir pelo mesmo caminho... os nossos poderosos também gostam de alimentar a sua ganancia insaciável. 


Temas semelhantes e oportunos

35 comentários :

  1. Caros amigos
    Desde há muito que o vosso blogue tem sido uma das referências que recomendamos.
    É pena que este povo de gente mansa e embrutecida não tenha vontade própria para correr com esta escumalha politica que se governa do povo usando o titulo de governantes.
    É verdadeiramente revoltante sabermos até que ponto chegaram estes canalhas políticos e sermos incapazes de nos agruparmos num movimento de gente séria, que nos permitisse confrontá-los de forma direta e sem receios das consequências.
    A estabilidade que tanto reclamam tem sido o salvo conduto para a impunidade que continuam a ter.
    É necessário acordar este povo.
    Obrigado pelo vosso esforço que sem dúvida é notável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Duvido que o povo não siga tal movimento, desde que o conheça,possa identificar as causas que defende ; mas, já existiram movimentos, liderados por pessoas que também tinham os seus previlégios que não os colocavam própriamente em causa e que aparentemente nasceram da disputa política ; e isso, leva a desconfiar que uma vez no poder , tais lideres sejam capazes de realizar certos combates , afrontar certos poderes . Que se façam os movimentos , mas que se comuniquem os fundamentos políticos, económicos e sociais dos mesmos , que se assegurem as qualidades ( que deverão ser demonstradas por experiência de exercício de funções ); que esclareçam esses movimentos os esforços daqueles que os integram para que os corruptos que afundaram o país sejam julgados e punidos e estou combencida que os portugueses adeririam ....! Ah e não se esqueça que se existe uma coisa que se chama capacidade de comunicação ....( com o povo ...) que não é apanágio de muitos e que nada feito, caso não exista á frente de um movimento assim, alguém , que além de ser conhecido, seja dotado nesse sentido .

      Eliminar
    2. O povo não responde porque para além de ser demasiado ignorante , está anestesiado e embrutecido com tudo o que é lixo e que lhe é apresentado continuamente durante uma vida inteira : futebol, telenovelas, concursos, shows do mais baixo nível, filmes classe B (maioritáriamente norte-americanos) tardes da Júlia, etc. etc. etc.
      Basta ver os gráficos das audiências televisivas para analisar a que nível a maioria dos portugueses se encontra.

      Assim sendo, que mais se pode esperar?!Que reajam a notícias que desconhecem totalmente?

      E se realmente souberem alguma coisa só reagem quando o problema lhes bater à porta e com isso demonstram uma enorme falta de solidariedade perante os outros. Claro que há excepções mas não creio que proporcionalmente sejam muitas.

      Também há um outro lado a considerar: suponha que tem um trabalho precário, pesado fisicamente e que após as 8 horas de trabalho diário (se não forem mais), vai para casa, fica enfiado numa fila de transito de rebentar os nervos e...... finalmente chega a casa. Pega num bom jornal para ler as asfixiantes notícias ou prefere outra maneira para ocupar o pouco tempo que lhe resta para descansar?

      Eliminar
  2. "É verdadeiramente revoltante sabermos até que ponto chegaram estes canalhas políticos e sermos incapazes de nos agruparmos num movimento de gente séria, que nos permitisse confrontá-los de forma direta e sem receios das consequências."

    Estes canalhas chegaram longe demais, mas em breve se aperceberão que poderão ir mais longe ainda. Pois nada os detém e a cegueira popular é um grande incentivo. Se ninguém reclama, ninguém se opõe... óbvio que eles percebem a mensagem. "Podemos continuar e com mais descaramento e abuso, eles dormem profundamente"

    Obrigado pelas suas palavras de apoio, devo apenas informar que sou uma cidadã apenas, e não um grupo. :)
    Se tivesse colaboradores este blog estaria mais arrumado e com outras funcionalidades que permitiriam a sua divulgação eficaz.
    Mas dado que estou só, nesta missão, não possuo tempo para proceder a todas as melhorias que desejava fazer no blog.
    Vai-se fazendo o que se pode.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 100%, se todos fizermos algo ou pelo menos estivermos atentos, podemos contrariar a censura (abafar) que se verifica nos media, passando palavra para abrir os olhos entorpecidos do ZÉ, que acredita na carochinha e tem votado nesta corja de gatunos.
      Impõe-se uma nova ordem, mais justa e humanitária, acabemos com esta selvagem DITADURA do capital.
      Lutemos por uma verdadeira democracia em que se vote com conhecimento/consciência e que a representação seja a da maioria e não dos interesses mafiosos instalados, que após prometerem mundos e fundos, ganhando as eleições no dia seguinte deixam de representar os eleitores mas continuam nos cargos, o que é inaceitável.
      Lutemos também pela criminalização dos políticos, castigo com equidade, cadeia efectiva e sem distinção de classes, feia e suja para todos os criminosos.

      Eliminar
    2. Não queria "gente séria", apenas gente que os "despachasse"!

      Eliminar
  3. Mesmo só nessa missão, o seu blogue é de essencial importância para a maioria dos portugueses honestos. Estou certo que o seu trabalho de divulgação será importante para uma mudança e.... acredito que tal não demorará muito tempo a acontecer.Poucas pessoas possuem o fantástico talento da divulgação que a Zita tem conseguido na revolta e luta contra a corrupção.Os meus agradecimentos. Jorge.

    ResponderEliminar
  4. Ao que nós chegamos!! As noticias do dia a dia que recebemos sobre a corrupção, embora tardias ou até ignoradas por muitos, são preciosíssimas para determinar o nosso futuro como nação credível.

    Sei por um amigo grego de longa data, que na Grécia a corrupção é bem pior do que em Portugal. Talvez ele asim pense mas penso que está errado. Pelo que me contou, na Grécia a corrupção é bem mais 'visivel'' e ''tolerada'' por toda a população, que obviamente está totalmente refém dela. Nada de novo!

    Em Portugal parece que temos uma corrupção visível e outra totalmente invisível (esta última provávelmente com contornos muito sofisticados) e de muito difícel percepção.
    Parece que, como país, o único ''mérito'' que temos é sermos uns ''mestres'' de longa data, na fraude e na corrupção.O BPN é sómente um dos exemplos disso. Quantos mais, a conta gotas, nos serão brevemente divulgados e que impacto terão ainda é uma incógnita.
    O Brasil quando comparado com Portugal parece mais uma cópia simplificada nesse campo. Agora com todas as divulgações publicadas neste blogue (com fonte) cheguei a uma conclusão bem diferente do que a de algum tempo atrás.

    Em minha modesta opinião acho que chegamos ao limite da nossa paciência e só uma mudança radical, possívelmente violenta embora não desejável, poderá alterar o rumo da nossa trágica história.

    É pena!!! Se estivessemos mais atentos, participativos e solidários como povo, tudo isto seria evitável!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sua opinião bastante útil e reveladora. Não apenas pelos testemunhos mas também pela sua postura de um real indignado, de um cidadão que percebe o que nos espera.

      Na realidade creio que a corrupção na Grécia é um pouco pior que por cá. Foi divulgado um caso de boys tão ridículo ao ponto de descobrirem 40 jardineiros contratados para cuidar de um canteiro de 1 metro quadrado, ou algo assim.
      Sabe-se ainda que os filhos dos políticos tinham direito a um subsidio até casar. O regabofe era portanto maior. Também o caso das luvas era algo muito comum na Grécia, mas a todos os níveis.
      Deixo aqui um link de um artigo que divulguei sobre o assunto. Talvez lhe interesse. Com fonte :)

      """"O que levou a Grécia ao caos, e poderá levar Portugal
      O quadro da Grécia descrito pelos especialistas.
      As semelhanças, assustadoras, com Portugal.
      1 - No sector público, a contratação de pessoal e o pagamento de subsídios servia para garantir votos.
      2 - Os políticos habituaram-se a usar o emprego como moeda de troca, nos últimos anos, o número de funcionários públicos tem disparado. Admitidos sob protecção política, muitos não compareciam sequer ao trabalho.
      3 - Sempre que não era possível proceder a aumentos, os governantes recorriam à atribuição de subsídios.
      4 - Nos transportes ferroviários, vários colaboradores recebiam um subsídio para lavarem as mãos. Em 2010, a empresa somava três milhões de prejuízo por dia."""

      Acesse ao Artigo completo: http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/08/o-que-levou-grecia-e-nos-vai-levar-nos.html#ixzz2CWTzB1h3

      Eliminar
  5. Eu pessoalmente tenho muita consideração pelo Rui Rio.

    Penso que o tempo... vai mostrar que ele é um político sério.

    A ver vamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um politico sério desmascarava os que conspiram contra o estado português... digo eu.

      Eliminar
    2. exatamente, pode não gostar, mas é como todo o povo: tolera e aceita....por isso tenho dito: temos o que merecemos.

      Eliminar
  6. Rui Rio peca por não dizer ainda mais.
    De que serve mandar par o ar qualquer informação muito relevante mas ao mesmo tempo demasiado ambígua.
    A mim parece mais uma ameaça a alguém e não um alerta aos contribuintes!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois concordo. Mas a verdade é que acabou por confessar um crime de alta traição. E só por isso já devia estar a ser bombardeado pela justiça e pelos portugueses com perguntas ou até algemas.

      Eliminar
  7. >>> Talvez o homem esteja a referir-se a uns milhões da Seg. social que estão enterrados no B.P.N...

    É claro que a SEGURANÇA SOCIAL vai ser tomada de assalto.

    Qualquer pessoa informada sabe isso

    Talvez lá para o ano 2015, quando a esperança média de vida tiver diminuído três a 5 anos, que é o propósito das actuais medidas de privação de cuidados de saúde á população idosa.

    Portugal é um Pais de grandes industriais: um dos mais ricos, vende arroz, feijões e telemóveis ;

    uma das famílias mais antigas da INDÚSTRIA, agora dá injecções e cobra portagens em auto-estradas.

    Só falta aparecer mais uma grande família de investidores (!!!) para abocanhar os descontos da SEGURANÇA SOCIAL!!!!

    É apenas uma questão de tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era muito milhão para ser desviado, acredita que eles tiveram esse descaramento? Assusta-me.

      Eliminar
  8. Pois é, parece que a caixa da pandora do BPN ainda terá, para nosso infortúnio, muito que revelar.

    O Sr. Rui Rio deveria revelar o que sabe!
    Não revelar os nomes das pessoas envolvidas enquanto forem vivas é realmente muito estranho. Essas pessoas lesaram ou tentaram lesar os portugueses e deviam ser denunciadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Segundo ele lesaram, pois impediram reformas que iriam salvar a SS da falência, reformas essas que foram impedidas, por razões que ele não revela, mas claramente, danosas

      Eliminar
  9. Só uma "limpeza" geral seria capaz de "endireitar" este país. Talvez, assim os futuros politicos tivessem em atenção nas acções que tomam, e que estão naqueles cargos servem para geriem/governar pessoas (não números que labutam e que geram riqueza, e que os seus impostos não são colocados num saco sem fundo, para uns e outros se servirem em proveito própio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Abusam dos seus impostos e destroem a sua segurança para a velhice e doença, que são as fases mais dolorosas da vida.

      Eliminar
  10. Pois eu,um simples operário emigrante na Holanda desde 1964 e já velhote (88anos),a propósito direi que emigrei já com 40 anos de idade.Vim contratado para trabalhar numa Fábrica com um grupo de portugueses e passados sete anos,para assegurar a minha estadia e o meu trabalho na Holanda e como não queria voltar para a pobreza,
    pedi a nacionalidade holandesa que me foi concedida em 1972.Quando atingi a idade da reforma,requeri à Caixa Geral de Aposentações,a minha parca reforma a que me julgo com direito,a qual me foi negada por ter perdido a nacionalidade portuguesa,e isto com base num Decreto/Lei de 1972.Isto até parece que o Decreto/Lei foi feito à minha medida.Eu só vendi a minha fôrça de trabalho ao estrangeiro, não vendi a minha alma que é portuguesa até morrer.Êsses patriotas filhos da pata que os amassou em má hora e que desgovernam o País,é que vendem Portugal aos bocados aos interêsses estrangeiros.Que a minha parca reforma portuguesa a que me julgo com direito,lhes sirva de veneno.

    ResponderEliminar
  11. Por esta razão, solicito a todo Cidadão que não esteja de acordo com o atual modelo de governação, que assine a “Petição Princípio de Auditoria de Cidadão à Dívida”,
    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2013N38162
    e participe nos debates de esclarecimentos
    Princípio de Auditoria de Cidadão à Dívida, instrumento legal e poderoso para se criar a Comissão de Auditoria da Dívida Portuguesa, a fim de responsabilizarmos os responsáveis da dívida ilegítima assumida pela contribuinte.
    Quero informar que esta petição não necessita ir à aprovação do Parlamento, em virtude desta petição originar a Comissão de Auditoria de Cidadão à Dívida, cuja finalidade reside na avaliação rigorosa dos compromissos assumidos pelo sector público português de modo a verificar a sua consistência, validade e fiabilidade. A reestruturação da dívida será feita em nome da justiça social e a favor de pessoas e famílias.
    Informarei sobre toda a evolução desta iniciativa cidadã na página

    https://www.facebook.com/pages/Príncipio-De-Auditoria-De-Cidadão-À-Dívida/633142966701814

    Evelyn MCH

    ResponderEliminar
  12. Só não percebi porque se está a incriminar Rui Rio neste artigo. Mas se ele é que chamou a atenção para este assunto vergonhoso, acho que é mesmo de profundo mau gosto e mesmo espírito de calúnia cobarde atingir quem chama a atenção para o problema! Será para desviar as atenções dos já famosos "xuxalistas" do costume?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que é algo básico...
      Se o sr presenciasse um assalto ou a violação de uma criança de 3 anos. E chegasse junto aos pais da criança violada, ou junto ás vitimas do assalto, e dissesse
      - Eu sei quem foi e o que fizeram mas não posso dizer, só digo quando os criminosos morrerem?

      Ora isto é criminoso e extremamente cobarde, é senso comum, qualquer pessoa percebe isso... quero lá eu saber dos partidos e de onde vem o Rui Rio... esta é a minha avaliação desta atitude dele... e mais grave ainda, expões as corruptas autoridades que temos.
      Ora sendo eu isenta e apartidária, como deve reparar, conduzo o meu blog pelos princípios da justiça e da verdade, acima de qualquer outra distorção. Pois é o que prezo mais. Para mim partidos e corruptos... apenas desprezo, sempre que o merecem.
      Se cometo o erro de mentir ou de distorcer, isso apenas se prende com o facto de apenas me poder basear em pistas saídas dos mass media.

      Eliminar
  13. É tão grave a corrupção política como a corrupção intelectual. Combater a mentira com mentira e com manipulação de fragmentos de verdade é uma estratégia desde sempre adoptado por alguns dos símbolos que faltam no slogan "HÁ 36 ANOS A ROUBAR OS PORTUGUESES" e que não nos leva a lado nenhum. Se estes partidos, tão conhecedores que são das falcatruas, as denunciasse na justiça e não nos palcos político-mediáticos, seríam certamente mais consequentes. Desta forma não há um partido SEJA ELE QUAL FOR que me mereça o mínimo de respeito e consideração. Mas preferia dar o benefício da dúvida ao Rui Rio do que a si, porque exige que ele faça alguma coisa no mundo real (não em blogs) quando isso tem consequências para ele e não para si.

    gnoronha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste blog faz-se o que se pode. Mesmo assim arrisco mais do que a maioria dos portugueses na luta contra a corrupção.
      Devo desde já esclarece-lo que eu não exigi nada ao Rui Rio, eu apenas perguntei como é possível a justiça não o exigir. Quem sou eu para o fazer? Apenas um blog, preocupado com o lado errado da história.

      Mais acrescento, quanto à corrupção intelectual e a manipulação de verdades através de fragmentos, concordo, mas certamente que um cidadão que está do lado oposto dos que nos lesam, se preocupa mais com essa mesma prática quando é levada a cabo por aqueles que tem o poder de enganar e roubar milhões, do que a manipulação daqueles que nada ganham com isso , para além de tentar alertar o povo que dorme em cima do acontecimento.
      Eu preocupo-me sim com esses que enganam, manipulam e usam meias verdades para roubar milhões de portugueses, enganar milhões de portugueses, gozar com milhões de portugueses, levar um país à falência e arrastar para a miséria, milhões de inocentes. Gostava de ver portugueses a criticarem essa vital corrupção intelectual... mas continuamos os mesmos de sempre, a criticar os inocentes e a apoiar os que seguem a encher os bolsos.

      Eliminar
  14. Falta na imagem os emblemas do PCP e BE que também participam no roubo.

    ResponderEliminar
  15. O que lhes falta é UMA BALA NOS CORNOS....... pode ser que apareça alguém.

    ResponderEliminar
  16. Zita, ele pode saber mas não ter provas palpáveis. Sem provas há difamação. Daí esperar que eles morram, o que faz pensar que são indivíduos já velhos. Atenção que ele diz que colaborou no esqueleto de uma reforma que nunca saiu do papel. Portanto não parece que tenha participado em algo criminoso. Parece, sim, que quem colocou a tal reforma na gaveta é que deu origem à feitura de crimes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... não fica bem claro qual o papel dele, mas o facto de não querer expor a verdade que conhece, como testemunha ocular, deixa-nos com a visão de um papel cùmplice. Mas sim também pode ser verdade o que o srº afirma.

      Eliminar
  17. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar
  18. Não tenho já qualquer dúvida de que depois do 25 de Abril,se instalaram na política quadrilhas organizadas para exclusivamente se enriquecerem, empobrecendo o Povo Português. Moinantes sem qualquer pingo de vergonha ne cara. Agora e antes, sabendo que a Segurança Social é um bolo apetecido para os corruptos, Esta denúncia de Rio não vai alterar nada no bom sentido porque, o esquema está tão amadurecido e da pior forma, que não vai haver retorno. As gerações futuras terão nojo daqueles que ora trabalham para desde já lhes hipotecarem as suas vidas. A nossa actual vida social, está impreguenada de raposas e lobos disfarçados com pele de ovelha. A justiça absolve criminosos que lesaram e arruinaram Bancos. Estamos fartos de Demófobos (inimigos do Povo), e das suas falinhas mansas que são o engodo para o voto. Qualquer pilantra sem habiliações litarárias exixjiveis para exercer um cargo político, é ajudado por amiguinhos que já há muito fazem parte do "sistema", mais paracendo ratazanas em celeiro de trigo. POVO ABRE OS OLHOS.

    ResponderEliminar