05 novembro, 2012

Os Boys da Câmara de Loures. Jamais permitirão acabar com as autarquias!!


Assembleia república deputados parasitas
Porque é que em Portugal ninguém deixa acabar com as autarquias? Verdadeiros centros de distribuição do dinheiro público, por familiares e amigos, dos que ganham o poleiro??
"O Jornal Expresso publicou um artigo sobre o Presidente da Câmara Municipal de Loures, com o seguinte título:
"AUTARCA DE LOURES COLOCA A FAMÍLIA NA CÂMARA"
Os familiares referenciados pelo Jornal, são os seguintes:

-Graça Teixeira(mulher)------------------Directora Delegada do SMAS
-Joana Calçada(filha)---------------------Adjunta da Vereadora Sónia Paixão
-Maria Montserrat(namorada do filho)----Adjunta do Presidente da Câmara
-Constantino Teixeira(irmão)----Era assessor de um Vereador, mas saiu para a Valor Sul, empresa participada pela Câmara
-António Baldo(cunhado)---------Chefe de gabinete do Presidente
-Paulo Gualdino(cunhado)----------Chefe de Gabinete do SMAS
A última nomeada presidencial é a espanhola Maria Montserrat, namorada do filho de Carlos Teixeira, escolhida em Março deste ano como adjunta do gabinete da presidência.

Em menos de um ano, o Município de Loures contratualizou o aluguer de 21 veículos ligeiros e mistos por mais de meio milhão de euros (aqui e aqui).
Fonte

Estes autênticos sugadouros de erário público onde são desperdiçados muitos milhões dos nossos impostos. Usados de forma abusiva por aqueles que alcançam o poder, nas autarquias. Em obras e serviços inúteis, através de adjudicações directas que injustamente, apenas servem para favorecer aqueles que ajudaram os autarcas a chegar ao poder, exibindo o maior desprezo pelos interesses da região e dos contribuintes.
É uma espécie de compadrio, onde se beneficiam os intervenientes lesam os contribuintes - "Tu ajudas-me a chegar ao poleiro, para ter acesso aos impostos, que eu depois distribuo-os por todos nós."


As autarquias jamais poderão ser extintas. Há muita gente que cria daí o seu império.
Relvados de Braga

Em família tudo é mais fácil... convém manter a família por perto.
Acusados de desviar para luxos 250 mil euros de apoios sociais
Ordenados chorudos, roupas, restaurantes, prendas e férias no Algarve. Uma pequena fortuna foi desviada dos cofres da Cruzada do Bem, pela presidente, filhas e genro. Parte do dinheiro veio da Segurança Social para apoiar infantários e lares de idosos.Durante seis anos, a gestão desta instituição particular de solidariedade sediada no Porto foi depauperada em pelo menos 248 mil euros que deixaram de ser aplicados nos 18 infantários e lares de idosos espalhados pelo Norte do país, destinados a utentes carentes de apoio social. FONTE

17 comentários :

  1. Até deve ser engraçado trabalhar junto a alguns familiares. A família toda junta... parece que é Natal todos os dias, principalmente pelas prendas ( carrinhos novos e não sei k) O problema é se a empresa onde a família trabalha produz algo que já não é procurado no mercado e por escassez de encomendas vão todos para a rua.Depois não há ninguém para ajudar porque estão todos mal. E por isso fico contente de saber que os Portugueses apesar de estarem em crise continuam a ter dinheiro para ajudar quem precisa. O que seria desta família sem a nossa ajuda... A pessoa que mais merece ajuda dentro desde gang é a espanhola Maria Montserrat. Teve de emigrar para um país como o nosso( com 15% e Espanha com 25% de desemprego) e quando chega a hora de saída ainda tem de aturar o filho do artista( e é se quer ter trabalho), quer dizer... faz horas extraordinárias e ninguém lhe paga mais por isso... mais uma injustiça neste país...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O sentido de humor dá sempre um ar de graça à desgraça :)

      Eliminar
  2. Quantas camaras mais estarão em situação idêntica ou ainda pior.

    As ''cunhas'' prevalecem como se de a coisa mais normal do mundo se tratasse. Pior ainda é que tal é o habito, que a maior parte dos cidadãos por vezes sem se aperceberem, fazem exatamento o mesmo em circunstâncias idênticas sem se questionarem se é ou não correto pois se assim não fosse, já esta pouca vergonha há muito tinha acabado.

    Mentalidades medíocres criadas por uma educação centrado no extremo egoísmo, muito deficiente e que já vem de longa data, dão nisto.

    ResponderEliminar

  3. Mais profundo:

    Em boa consciência, qual nós resistia ao apelo do do filho, da filha, da esposa, do cunhado, do irmão... solicitando com meiguice, com um sorriso, com uma gentileza, um emprego melhor remunerado, um primeiro emprego...

    Pois é! A corrupção mora na natureza humana! É esta que tem de ser controlada: cultural mas também tecnicamente.

    Por isto, também, é que se torna necessário o polígrafo para os cargos políticos... De forma a que todos, lá em casa, percebam que se ele ceder às suas ambições, corre o risco de ser preso... e, então, nem tentam...


    ResponderEliminar
  4. O que não vai permitir acabar com os 308 municípios onde bastavam 60, é o financiamento dos partidos que se faz através de esquemas de passagem de terrenos rurais para urbanos, industriais, publicidade em outdoors... enfim, o costume.

    Porque se acaba com 1500 freguesias e 0 câmaras é pela cumplicidade Passos Coelho-Fernando Ruas, seu grande apoiante e alegado financiador de sempre.

    Os esquemas municipais não podem acabar. Está demasiado dinheiro alegadamente sujo em jogo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim e essas passagens de rurais para urbanos e industriais é criada com uma ''engenharia de corrupção''que é tão lucrativa e aperfeiçoada que desafia qualquer vontade de a mudar.Para essa gente, tudo se vende, até a dignidade se for preciso.

      Os sectores das obras privadas e públicas são os mais escandalosos que se podem imaginar, basta ler os jornais e o mais frustante é que essa gente ri-se ainda na cara dos contribuintes.


      Exemplos para além dos mais mediatizados,deve haver às centenas ou milhares e não tem havido no decorrer dos tempos vontade política para inverter esta sacanagem,!!


      Imaginem o gigantesco lucro que isso dará a muitas pessoas de duviosa indole!!


      Parece que todos nós temos uma máfia à beira de casa!

      Eliminar
  5. Também tenho essa certeza!

    O Paulo Morais gasta-se a falar disto mas o "sistema" assegura-se que as verdades dolorosas apareçam a horas tardias ou misturadas com notícias de impacto diário, como o crime "na casa ao lado"...

    E este povo adora crime, golos e telemóveis...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opio do povo, não é verdade?

      Eliminar

    2. Ópio de quase todos os povos vivendo em simulacros de Democracia.

      Sem uma INTENSA cultura democrática ao nível do secundário o afastamento da política dos jovens é inevitável.
      Lapam, então, os partidos a tempo inteiro, apenas os Relvas, os Passos Coelhos e os Sócrates.

      Pouco mais valerá a pena dizer...

      Eliminar
  6. No dia que investigarem a sério o que se passa nos SMAS de Loures, muita gente vai espantar-se. Os funcionários não têm obrigações, apenas direitos. Direito de usar as viaturas para seu serviço, algumas como não sabem conduzir, pedem aos colegas que façam de motorista. A toda a hora há carros do SMAS a circular apenas com o condutor, rivalizando com as carreiras da rodoviária. É uma vergonha. Alguns funcionários viram os contadores da água para contar ao contrário e pagar menos água, outros roubam combustível que serve para alimentar pequenos geradores, moto-bombas, enfim vale tudo.

    Enfim, no meio disto quem é que se vai indignar se o presidente contratou a filha, o filho, o cão e o gato...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh meu caro, tem toda a razão!
      Nos SMAS de Loures os Chefes de Divisão, Directores e a Sra Directora Delegada, bem como os três administradores, têm carro para todo o serviço, quer isto dizer, 24 horas por dia, 365 dias por ano!
      Nos SMAS de Loures, como noutros serviços e empresas privadas, quem conduz as outras viaturas, são os motoristas. Os que, mesmo sabendo conduzir, precisarem de transporte, serão conduzidos, há que optimizar meios.
      Se tiver um pouco de tempo, há-de dizer-nos a todos como é que se faz essa marosca dos contadores, que a malta agradece!
      Valha-nos que os funcionários não têm carros, doutro modo o combustível que roubam, ao invés de ir para os geradores (pequenos) e para as moto-bombas, iria para os depósitos dos carros e das motoretas, já agora...

      Meu caro, o problema dos SMAS não é os funcionários não terem obrigações, que as têm, como se calculará; o problema dos SMAS de Loures, é a frota de cerca de 40 viaturas de recolha de resíduos ter apenas 9 a circular, porque as restantes estão avariadas e a oficina que as reparava não faz o serviço, por falta de pagamento; pagamento este envolto em muitas nuvens, já que o empresário, ligado ao PS, formou uma dúzia de empresas para poderem contornar a Lei dos ajustes directos, que tem como limite 75.000,00 Euros; o problema dos SMAS de Loures são os almoços dos administradores, pagos à factura como almoços de trabalho, o problema dos SMAS são as constantes viagens ao estrangeiro dos administradores e dirigentes, a última à Coreia, com paragem na Tailândia e que custou a módica quantia de cerca de vinte e cinco mil Euros...
      Quando quiser conto-lhe da Câmara!

      Deixe lá os pobres dos funcionários em paz.

      Eliminar
    2. passado um ano , o que mudou ?

      Eliminar
  7. O trágico é ter a percepção que, apesar de quase toda a gente saber que este tipo de situações graves se passa nas suas autarquias, não as denunciar publicamente e continuar sempre a votar nos mesmos.

    Como é isto possível?
    Como querem mudar um país com governantes que assim se comportam?....ficando calados?...sem oferecer qualquer resistência....aguentando tudo?
    O que mais virá a seguir????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é realmente estranho o silencio e passividade dos portugueses.
      Por isso criei este blog para que se possa fazer destes escândalos aquilo que eles são uma afronta à nossa dignidade, um abuso, e um roubo.
      Divulgar com esta conotação o que os políticos fazem permitirá a muitos portugueses começar a descarregar e a dar largas à sua revolta e indignação...
      Todos unidos a divulgar, a indignar e a revoltar porque isto vai ter que acabar.
      Cada vez se fala mais e divulga mais, cada vez as pessoas perdem mais o medo, o respeito... eles que aguardem.

      Eliminar
  8. Por outro lado, cada vez mais se nota que este tipo de comportamentos abusivos é ainda ''valorizado'' por muitos cidadãos, como se de um ''mérito'' destas pessoas se tratasse. Esperteza rasca mas lucrativa, ou seja; ''foram espertos, souberam fazê-la bem!!''por aí vai-se dizendo, por incrível que pareça!

    ResponderEliminar
  9. e veio as eleições e nada mudou só mudou a cor das familias .

    ResponderEliminar
  10. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
    http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar