07 outubro, 2012

Seremos umas ratazanas incapazes de aprender? Caímos sempre no mesmo erro?


Um video que pode mudar muitas coisas na tua intenção eleitoral.
Para os que conhecem o video, Mouseland, ou Ratolandia, e estão desde já com preconceitos partidários, adianto que eu sou apartidária, pelo menos no panorama actual. 
O importante é perceber a essência do video, despidos de preconceitos partidários e embuidos no espírito de cidadãos e humanos, que somos. Retirar do video aquilo que pode ajudar-nos a mudar o estado a que chegou o país. Os gatos são os políticos os ratos são o povo...
Não podemos admitir que nos tenham despojado de direitos e de poder, de justiça e de verdade... para sempre. Que  nos tenham afastado do que é nosso. Que nos tenham incapacitado de nos defender de quem nos destrói. 

Não são os políticos que estão errados, eles governam para o bem... o bem para eles. 
Eles fazem boas leis... boas para eles!
Fazem leis que lhes facilitem as suas intenções corruptas e dificultem que os lesados se defendam.
Os políticos nem são maus, até oferecem a alternativa entre escolhermos corruptos de vários partidos diferentes... temos a liberdade e o voto para escolher qual o criminoso que preferimos. Somos uns sortudos por poder votar!!!!  Votar mas manipulados pelos partidos mais poderosos, que há décadas dominam o cenário da politica. E continuamos a votar nos mesmos de sempre, em vez de votar contra eles. 
Pessoas honestas são levadas a desistir da politica, por falta de apoio dos eleitores e por excessiva perseguição dos que tomaram conta da democracia.
O problema é que, votar nos partidos de sempre, não muda nada. Como demonstra este video, cujo autor perdeu o emprego após atrever-se a denunciar a democracia como uma farsa, num programa de TV.
Está na hora de votar numa alternativa nova. Votar contra os que querem dominar o país e os portugueses. 
Este video mostra a forma como o povo, estupidamente insiste sempre no mesmo erro, permitindo perpetuar a triste história do politico inimigo do povo. Sem nunca nos determos para perceber que estamos a entregar o futuro do país e dos cidadãos a inimigos. Votar sempre nos mesmos ou deixar que ganhem sempre os mesmos, por falta de oposição, é realmente uma estupidez bem transmitida por este video.
Quer seja por incompetência, desleixo e/ou falta de moral, os partidos que nos desgovernam, são autênticos;    
Manipuladores dos povos
Video que expõe a falsidade das oposições.
A"clubite aguda" derivada das hipnoses futebolistas e alastrou como fogo em seara ao vento, queimando os miolos de um povo que passou a ser feliz ao ser torturado.
Um povo que está a ser escravizado por uma máfia de vampiros e continua a sentir-se feliz para continuar a votar no mesmo sistema ou a não votar para legitimar quem corrompe o sistema, não permitindo ao país, sair da cepa torta!
Não são os deuses que estão loucos, são os portugueses.



21 comentários :

  1. Cuidado!

    Há muita gente nova, que não conheceu o "comunismo" tal como o PCPortuguês o defendeu e, tanto quanto sei, defende.

    Foi esse "comunismo" que produziu das maiores misérias humanas que o mundo viveu no século XX.

    Sociedades miseráveis com 3 famílias vivendo em apartamentos de 3 assoalhadas com casa de banho e cozinha comum, filas para comprar carne, peixe, leite, roupa...

    Ausência de democracia. Ditadura total.

    Sem imprensa livre, impossível viajar para o estrangeiro, impossível inportar qualquer bem de consumo.

    Os jovens têm de perceber que o "comunismo" do Jerónimo e do Louçã são ratoeiras violentas.

    Se a alternativa for essa, prefiro os gatos 100.000 vezes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não temos nada a ver com o comunismo.

      Somos livre pensadores e, portanto, não alinhados.

      Não acreditamos no "salvador da Pátria".

      Acreditamos que "todos juntos, temos o mundo na mão".

      Derrubar o REGIME (que está podre) para refundar a REPÚBLICA.



      Eliminar
    2. Não..

      Nem comunismo, nem fascismo ...
      Não somos gatos, mas também não somo ratos!
      Somos seres humanos, uns mais conscientes do que outros dos seus deveres e dos seus direitos.
      É tudo uma questão de informação, de formação e de escolha. Podia estar a ver novela, um "reality show" ou um jogo de bola, mas optei por ler este blog e escrever este comentário.
      Cabe a cada um decidir que papel quer desempenhar na vida. Obviamente que uma boa parte deste país demitiu-se dessa decisão... e o resultado está à vista!

      Cumps.
      Falso Vate

      Eliminar
    3. Subscrevo Falso Vate... agora que as pessoas começam a procurar saber mais e a intervir sem medo, contra quem nos faz mal, talvez as coisas mudem.

      Eliminar
    4. Mas apesar de tudo, votamos. Bem ou mal, somos ouvidos.
      Falta agora conseguir dirigir o voto no sentido certo.

      Para uma organização de gente decente, não para organizações de raiz decente, mas hoje governadas por ladrões.

      Numa organização onde o combate pela transparência dos actos públicos seja constante, conhecido e, em consequência, premiado pelo voto, ao invés de premiarem a mentira paga difundida nos media, por bandidos mascarados de gente honesta

      Eliminar
    5. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  2. Estes políticos merecem ser chamados de ladrões ou parasitas.

    Eles estão-se cagando para o país e para os Portugueses. Eles só sabem aumentar impostos, cortar feriados simbólicos como o dia da República, hastear a bandeira nacional ao contrário, esta escumalha nem respeita a pátria.

    Eles nunca fazem sacrifícios, não cortam nos salários dos políticos, continuam a esbanjar o dinheiro que nós lhes enviamos com tanta dor, eles têm 230 deputados no parlamento, a Assembleia da República gasta cerca de 100 Milhões por ano, e ainda têm mais de 300 assessores (boys for the jobs) a mamar nas tetas do governo, uma média de 3000 euros de salário cada um.

    Enquanto nós fazemos sacrifícios e passamos fome, esses filhos duma puta (desculpem a expressão) vivem em berços de ouros, a ganhar milhares de euros por mês e a riem-se na nossa cara.

    No ano de 2013 vamos ser mais pobres, milhares vão perder as casas, o número de crimes irá aumentar, vamos estar menos seguros, o Serviço Nacional de Saúde talvez fique nas mãos dos privados, a saúde passa a ser um negócio.
    Quem tiver dinheiro vive, quem não tiver dinheiro morre doente.

    O governo está a matar o povo, não é preciso apontar uma arma a uma pessoa para matá-la. Basta aumentar os impostos e roubar nos salários, e milhares de Portugueses perdem dinheiro para comida, para cuidados médicos, e perdem as suas casas, outros em desespero ou depressão grave acabam por suicidar-se.

    E eu estou a ficar desesperado por isto, porque estou desempregado, a pagar renda e não vejo solução para o futuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Mas apesar de tudo, votamos. Bem ou mal, somos ouvidos.
      Falta agora conseguir dirigir o voto no sentido certo.

      Para uma organização de gente decente, não para organizações de raiz decente, mas hoje governadas por ladrões.

      Numa organização onde o combate pela transparência dos actos públicos seja constante, conhecido e, em consequência, premiado pelo voto, ao invés de premiarem a mentira paga difundida nos media, por bandidos mascarados de gente honesta

      Eliminar
    3. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  3. Já cá faltava o espantalho... do comunismo!

    O medo do comunismo neste país tem servido para os maiores desmandos, mas o que é certo é que o PCP não "cheira" o poder desde 1975. Logo, se alguma coisa correu mal, não foram eles os responsáveis.

    O comunismo é um regime totalitário, tal como o fascismo. As justificações ideológicas é que mudam: em vez de economia de mercado, temos a economia estatizada; em da oligarquia financeira e de casta, temos a oligarquia do partido; no essencial é a mesma... coisa

    Qual foi a diferença entre o Nazismo e o Comunismo?
    O tamanho do bigode de Hitler e de Estaline.

    Monty Python Reloaded

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe, Zita, há um velho ditado que diz : "o diabo conhecido é melhor do que o Deus desconhecido".
      E muita gente "funciona" dentro desse paradigma.
      Não é o seu caso, felizmente.
      E devo dizer-lhe que a Senhora D. Zita é nossa inspiradora.

      Eliminar
    2. A propósito de comunismo....

      Passos Coelho começou na JCP (Juventude Comunista), Durão Barroso no MRPP, Nuno Crato na UDP, António Saraiva (O "Chefe dos Patrões" foi sindicalista da CGTP.
      Estas evoluções ideológicas entre os extremos do espectro político dariam uma boa tese de mestrado/doutoramento, um interessante estudo sociológico ou no âmbito da Psicologia, não?

      Eliminar
    3. eu não acredito em esquerda e direita acredito em principios
      https://www.youtube.com/watch?v=WseI9LK2SAs&list=PLPAKyd_5x-2vbg-TbFmDB_QuqcZyVwDSz&index=36

      Eliminar
    4. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  4. Olá Zita. Pena que a mensagem não chegue a todos. No geral os ratos continuam a apostar nos gatos, por isso mesmo o país está como está, falido e o povo mais na miséria.

    Tem uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há de chegar Vitor Simões, todos unidos contra o inimigo, usando as poucas armas que temos.... todos fazendo a sua parte divulgando e partilhando as verdades que revoltam. Revelando o ridículo da politica e dos políticos.
      Divulgando o descaramento a corrupção o abuso, o saque, a falta de honestidade.

      Todos unidos a espalhar a verdade a semear a indignação que alimenta a revolta.

      Eliminar
  5. deixemos-nos de tretas e de idealismos. Isto só vai à passada, não há outra forma. "Isto" entranhou-se de tal maneira na nossa sociedade, que não há tratamento possível. Desde os célebres tempos do Cavaquismo, que "eles" se incorporaram e se ramificaram. lembram-se das célebres frases empolgantes do Cavaco na assembleia a pedir e a exigir obediência partidária, aos ilustres deputados eleitos para servir o Povo? lembram-se....nunca tinha ouvido tal coisa...foi a 1ª vez....e lembram-se quem eram os deputados mais proeminentes? e quem era o Presidente da Assembleia da República que até contratou a própria filha para sua secretária? e sabem onde estão eles agora? e lembram-se desta frase " os fins justificam os meios" e que " os sábios devem usar todos os meios para fazer o bem , que os perversos usam para fazer o mal". Assim para os "Iluminados - Illuminati- quaisquer meios para atingir os seus fins são aceitáveis, mesmo que incluam o engano, o roubo, assassínio ou a guerra. Isto vem dos Illuminati Bávaros fundados a 1 de maio de 1776 e em cujos princípios se inspiraram as lojas maçónicas germânicas para levarem Hitler ao poder. Estas lojas tinham a máxima "os fins justificam os meios", ou seja, os membros deviam fingir ser qualquer coisa ou qualquer pessoa adoptar qualquer filosofia, contar qualquer mentira, roubar, aldrabar ou mesmo matar se isso fosse necessário para os objectivos da sociedade. O que é que temos em Portugal? temos os nazis. Atenção que o termo nazi surge do acrónimo do "Nacional-Socialismo", combinando a 1ª sílaba de "NAtional" com a 2ª de "soZIalist" no nome Nationalosozialistiche Deustche Arbeiterpartei, o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães, o pequeno partido político radical que Hitler fez crescer para um sistema fascista que ameaçou o mundo inteiro. O Nazismo é uma filosifia. Mas atenção existem definições que dizem que Nazi é uma pessoa que se comporta brutalmente ou que defende pontos de vista autoritários e racistas ou ainda como fazendo parte de uma organização semelhante aos Nazis e para rematar pego numa afirmação de Mussolini" A máxima de que uma sociedade apenas existe para o bem-estar e liberdade dos cidadãos que a compõe, não parece estar em conformidade com os planos da natureza.....se o Liberalismo clássico é sinónimo de individualismo, então o fascismo é sinónimo de governo...sic"...então....estamos a ser governados por nazis ou por indivíduos pertencentes a organizações semelhantes, n'est ce pas...ssada e não tenham dúvidas....

    ResponderEliminar
  6. Isto tudo no pais e no mundo vindo em formulas diferentes, adaptadas as diferentes sociedades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A revolta urgente é votar contra eles , só assim podemos mudar

      Eliminar
    2. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar