02 maio, 2012

Miguel Portas acusa o parlamento europeu do despesismo. A austeridade é só para os outros.


Miguel Portas confronta os deputados com a falta de ética que pauta as suas atitudes abusadoras do dinheiro dos contribuintes. 

  1. Os deputados europeus ( tal como os portugueses) tem o direito de decidir sobre os seus próprios salários.
  2. Entre 2010 e 2011, atribuíram mais 2 mil euros por mês, a eles próprios. 
  3. São ainda os deputados que votam o tecto das despesas para eles próprios desde as ajudas de custo, os subsídios, despesas de gabinetes e até as viagens.
  4. Tem o poder absoluto...
  5. Miguel Portas pergunta se isto não é um abuso de poder. 
  6. Um debate que desqualifica os deputados aos olhos de quem lhes pede para prestar contas.
  7. Outro exemplo de abuso foi o facto de os deputados terem começado a usar voos em executiva assim que as viagens começaram a ser reembolsadas pelo valor do bilhete e não ao KM. 
  8. Miguel Portas chega a apelar ao congelamento destas despesas. 
Já sabemos que o resultado é invariavelmente o mesmo: Os senhores que detêm o poder e abusam dele, tem a capacidade inata de fazer "orelhas moucas". Ficará tudo na mesma e, tranquilos, passam a matéria à frente. O tema que eles mais gostam de discutir é a forma como conseguir, através da austeridade, sacar mais uns euros ao povo para aumentar os seus salários de luxo. 
Revejam neste video o panorama português. Pois por cá, os nossos deputados, fazem o mesmo.  

Admiro verdadeiramente a capacidade que estes senhores tem para fingirem que não se passa nada. 
Outro exemplo desta atitude de desprezo e descontracção, perante a indignação do povo e mesmo perante acusações directas sobre a sua conduta, sem moral e ética, foi aquando do discurso de Marinho e Pinto, que decidiu, perante toda a elite politica, dizer que os políticos andavam a saquear Portugal.(video)
Mas todos eles se mantiveram impávidos e serenos... como se não fosse nada com eles.
Como diz o ditado popular... "Os cães ladram e a caravana passa" 
O povo chateia mas eles continuam a encher os bolsos...  

4 comentários :

  1. Que comentàrio posso eu fazer às palavras deste homem que teve a dignidade dede nos mostrar o que é a dignidade, no verdadeiro sentido da palavra so posso dizer que ele como deputado sentiu-se um verdadeiro defensor do povo,tendo a verdeira responsabelidade, de quem o elegeu,so peço a todos os deputados, que cumpram oseu dever como ele o soube cumprir!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Marinho Pinto não é o que parece nem parece o que é.
    Personagem ziguezagueante,só inteligível após algum esforço.
    Fica aqui um texto dele,para relembrar a fase anterior,antes de ser "recrutado".

    http://aventar.eu/2009/07/23/mario-soares-angola-e-o-trafico-de-diamantes/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por vezes temos que ver para além das pessoas, mais importante que as pessoas são as verdades que podem dizer, seja por despeito, ou por que razão for, se denunciam, já é positivo.

      Eliminar
  3. Porque dada esta situação ainda criticam o SALAZAR?

    ResponderEliminar