02 julho, 2015

Militares recusam golpe de estado alegando que em democracia se depõem governos pelo voto e não ao tiro. O povo que cumpra o seu dever.

General Loureiro dos Santos desafia civis a cumprir o dever de votar e a proteger o país da corrupção. 


NESTE VIDEO O GENERAL LOUREIRO DOS SANTOS FOI DESAFIADO POR MANIFESTANTES PARA INTERVIR E DEPOR O GOVERNO PARA SALVAR O PAÍS DA CORRUPÇÃO. OS PORTUGUESES TÊM MUITO ESTE ESTRANHO DEFEITO. TENTAM CULPAR SEMPRE OS OUTROS DOS ERROS QUE ELES COMETEM,  E EXIGEM AOS OUTROS QUE LHES RESOLVAM OS PROBLEMAS QUE ELES CRIAM. "Então nós elegemos corruptos e ladrões, porque quase ninguém votou contra eles, e agora ohh sr Guarda, facha´vor de ir lá dar um tiro nos gajos..." ???
O general Loureiro dos Santos responde e passa uma mensagem de civismo e cidadania.
Os militares estão a cumprir o seu dever cívico e militar, ao respeitar as escolhas da maioria do povo, e os eleitores porque não cumprem o seu dever cívico? Se querem mudar o país e rejeitar partidos corruptos, porque é que continuam a votar sempre nos mesmo? Ou a nem sequer votar, quando podem usar o voto contra os que não querem no poder?
Deixam eleger os mesmos de sempre. Os portugueses sabem que as eleições são legitimadas apenas pelos votos válidos e expressos, nem que sejam apenas 10%, são esses 10% dos votos válidos e expressos que fazem o total de 100% para distribuir deputados, todo o resto, brancos, nulos e abstenção, é reduzido a zero, não possui qualquer interesse, valor ou peso para a decisão final, e também não se preocupem em inventar valores sentimentais para cada voto branco, nulo ou abstenção, porque os políticos corruptos, estão-se a marimbar para o que vocês pensam que dizem quando desperdiçam votos, os corruptos só querem saber dos votos válidos, e o importante é que o povo que odeia corruptos, não vote válido...
Por isso não votar, votar nulo e branco é um desperdício de justiça. É perder a oportunidade de contribuir para eliminar os partidos corruptos do poder.
Votar não é apenas uma arma para eleger os menos maus, é também uma arma para rejeitar e punir os piores. Nunca se esqueçam disso..... 

O general prossegue... Os portugueses não sabem usar as armas que a democracia lhe concede, ou porque não lhes apetece (abstenção), ou porque analisam mal os partidos(voto em corruptos)... o voto contra serve para eliminar os piores partidos, os que mais lesaram o país e mais casos de corrupção têm em investigação ou condenação. E o voto a favor serve para começarmos a seleccionar os melhores, é uma espécie de selecção natural como na teoria de Darwin, o evolucionismo... à medida que mostramos o que queremos e quais são para nós os melhores, eles começarão a esforçar-se para ser os melhores, para satisfazer as nossas exigências e vontades. As campanhas e os governos passarão a disputar passarão a ser uma luta para agradar ao povo pois eles perceberão que o povo já vota e sabe distinguir os bons dos maus ou os menos maus dos piores. Deixará de ser uma luta entre eles, para ver quais os que mentem melhor e enganam mais. Se o povo souber escolher, como afirma o General, os corruptos temerão o poder do povo que sabe escolher e usa o voto.

OS MILITARES EXISTEM PARA DEFENDER A SOBERANIA, A DEMOCRACIA E A VONTADE DA MAIORIA DOS CIDADÃOS QUE SE PREOCUPAM EM EXPRESSAR A SUA VONTADE. Abster-se não é uma vontade... Milhares de abstencionistas não vão ás urnas por falta de vontade e não por uma vontade, outros não vão porque preferem a praia e isso não é uma vontade de não votar, mas sim de ir à praia, outros não vão ás urnas porque estão doentes, acamados, de férias, e isso também não é uma vontade, é um condicionamento... por isso a abstenção não pode ser considerada, porque não é uma vontade, pois é motivada por centenas de causas diferentes e muitas vezes alheias à vontade do eleitor.
É O POVO QUE ESCOLHE QUEM ESTÁ NO GOVERNO, E OS MILITARES TÊM QUE RESPEITAR ISSO... O POVO NÃO QUER MUDAR... POR ISSO FICA EM CASA, VAI PARA A PRAIA, ANULA VOTOS OU VOTA EM BRANCO, NO DIA DE DECIDIR? EM VEZ DE VOTAR CONTRA OS QUE QUER REJEITAR? CONTRA OS CORRUPTOS?
E QUEM É QUE TEM CULPA DESSAS ATITUDES? DESSAS OPÇÕES?
Tudo isso são escolhas do povo em democracia, ninguém impede os eleitores de irem ás urnas punir e votar contra os que não querem no poder, não são os militares que devem mudar isso à força, mas sim os cidadãos que tem que EVOLUIR E DEIXAR DE ANDAR SÓ NAS REDES SOCIAIS A RECLAMAR, OU NA RUA A GRITAR E PASSAR A IR ÁS URNAS VOTAR CONTRA ELES... AÍ SIM VEREMOS SE A VONTADE DO POVO NÃO É ESCUTADA... QUANDO O POVO VOTAR, PASSARÁ A SER OUVIDO, TEMIDO E RESPEITADO. UM POVO QUE NÃO VOTA, NÃO METE MEDO A CORRUPTOS.
É NAS URNAS ONDE MAIS LHE DÓI, NÃO NA RUA, NEM NAS MANIFESTAÇÕES NEM NAS REDES SOCIAIS..

NO VIDEO MARINHO PINTO TAMBÉM SE MOSTRA INDIGNADO COM A INCOERÊNCIA DOS PORTUGUESES QUE ELEGEM CONDENADO, ARGUIDOS, SUSPEITOS, ACUSADOS, ETC E DEPOIS QUEIXAM-SE???
Nós temos os jornalistas que temos, os magistrados que temos, os políticos que temos porque somos o que somos....
Tal como a comunicação social é o retrato do público português, também a politica é o retrato do eleitor. Não é por rirmos dos corruptos, que os educamos ou extinguimos, é sim pela nossa exigência de verdade e seriedade. ARTIGO COMPLETO: 


Em Portugal andamos a raciocinar ao contrário e por isso a democracia não funciona.
Não são os corruptos que vão deixar de ser corruptos por opção, é o nosso voto contra os corruptos que os obrigará a ser honestos. Os eleitores ainda não perceberam o erro de afirmar que só votam quando os políticos deixarem de ser corruptos, é o mesmo que um doente moribundo, afirmar que só chama o médico quando estiver curado. Ou uma vitima de assalto dizer que só chama a policia quando o ladrão parar de roubar?
É precisamente por não votarmos, por os deixarmos impunes, que eles se tornam cada vez mais corruptos e que os corruptos sentem apetência por ingressar na carreira politica. É imprescindível, urgente e VITAL nesta equação democrática, o exercício do poder do povo que através do voto pode fazer justiça, punir, educar, travar e eliminar os abusos, e só assim equilibrar e moderar o poder dos políticos.
Pensem... Seria eficaz se uma pessoa responsável por moldar comportamentos, (educar um filho delinquente, pacificar um cão agressivo, travar um ladrão reincidente, punir um politico corrupto,) decidisse que só iria agir quando o problema estivesse resolvido? Não tem lógica pois não? Mas é isso que os eleitores portugueses pensam e fazem em relação ás eleições.
O filho é mal educado, delinquente, negligente, e até rouba, mas os pais fazem birra e dizem que só o vão educar quando ele deixar de ser assim, enquanto for assim não o educam?
Outro erro é afirmar que se recusam a votar alegando que os candidatos são corruptos e os que não o são, depressa se tornarão. Seria o mesmo que eu estar a ver um assalto e dizer que só vou chamar a policia quando ele parar de roubar, senão não chamo...

Este é o processo que em Portugal precisa de ser urgentemente iniciado, mas os manipuladores ao serviço dos políticos criminosos, continuam a fazer crer ao povo que votar nulo, branco ou abstenção é que é revolução, é que é protesto e é que vai mudar o caos do país...  e alguns eleitores acreditam. Confusos e manipulados seguem qualquer um que prometa uma revolução, sem questionar os métodos e as consequências.
Bastaria perceber que a abstenção elevada, tem sido uma constante há anos e o resultado é o aumento da corrupção, da impunidade e do descaramento dos políticos. Está na hora de despertar, acorda, luta, pune, faz justiça, escolhe quem não queres na politica, ajuda a fazer a limpeza da classe politica, TEMOS O PODER, VAMOS APRENDER A USA-LO, PELO BEM DO PAÍS. ARTIGO COMPLETO: 

CONHEÇA MAIS ALGUNS VIDEOS SOBRE CIDADANIA
Como falimos Portugal com Bipartidarismo e abstenção
Pessoas cultas e confiantes votam e eles não querem isso.

Abstenção sustenta o arco da governação /corrupção.
Eleitores com hábitos de corte, participam pouco na politica
A democracia precisa de vigilância. Acordem! (Luís de Matos)

Só quando o povo der o "coice violento" nos corruptos, é que isto muda. Votar contra
PDR quer democracia participativa e nova lei eleitoral

Pedagogia para eleitores lúcidos. Clubismo e eleições.

Corruptos são eleitos pelo povo. Não por golpe de estado!
Suiça o milagre da democracia direta, vamos votar por ela?

Para os que dizem que o problema é o sistema e a democracia que não funciona, conheça estes vídeos sobre a democracia nos países menos corruptos do mundo e onde as pessoas vivem melhor e mais felizes. Concluirá que quem não funciona são os eleitores
portugueses e não a democracia. Mas como é hábito em Portugal culpa-se sempre a máquina do mau funcionamento e nunca o utilizador.

14 comentários :

  1. Um adulto assume sempre as suas responsabilidades e não usa o infantilismo que os gregos mostraram ao votar nuns incompetentes só porque lhes acenaram com a miragem de aumentar as pensões e obrigar a UE a perdoara a dívida, com a falacia(que ppor mais ignoranates que se queiram mostrar) que tinham bem consciencia ser uma mentira que foi a UE que os obrigou a receber aquele dinheiro.
    Os investidores do BES compraram titulos com a miragem de ganhar melhores juros e agora querem infantilmente que eu que nunca lá pus um tostão lhes pague o que perderam vão mas é queixem-se de quem os enganou e deixem de fazer chantagens vergonhosas com os restantes cidadãos = mostrem que são homens e assumam as suas acções!!
    O presidente do PS Cesar disse uma verdade de se lhe tirrar o chapeu: quando se vai votar o eleitor tem que assumir a responsabilidade de quem elege(ou abstem); não'e depois como um cretino que se vem queixar que tem maus governates. Se tivessem feito isso não andavam agora a pagar PPPs que algumas nunca chegam a usar... deixem de ser infantis e assumam o que votam( ou não votam)!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca li tanto disparate num só comentário.

      Eliminar
    2. Andas-te a fumar folhas de plátano a mais, não foi ? Mas agora os Gregos, os cidadãos comuns, é que têm de pagar o despesismo dos banqueiros ? Quanto ao caso BES, essas pessoas que ficaram a arder, agora vão aprender de uma vez por todas, que nunca se deve investir em activos financeiros.

      http://cadtm.org/Leia-aqui-as-conclusoes-da

      Eliminar
    3. Como é óbvio os portugueses CONTINUAM A NÃO ASSUMIR A SUA RESPONSABILIDADE na eleição de corruptos. Acusam os militares de não atacar ao atiro, acusam a troika de ser mazinha, a merkel de ser nazi, o FMI de ser cruel, o BCE de ser sádico... todos são maus e os portugueses são uma vitima...
      Povo que elege corruptos não é vitima, é cúmplice. Povo que não vota contra os corruptos, não é vitima é irresponsável e cúmplice.

      Se os portugueses assumissem essa responsabilidade começava a mudar a sua forma de votar.
      Um país onde quase 60% das pessoas votam em branco, nulo e se abstém, em vez de usar esses votos contra os partidos que rejeitam e que nos roubam, são pessoas irresponsáveis, egoístas, sem civismo pois não se preocupam com as consequências do mal que fazem ao país e aos seus concidadãos, ao não contribuir para limpar os corruptos do poder.

      Eliminar
    4. e não se esqueçam que a merkel o FMI o BCE e a troika, só entram e só mandam em países devastados pela corrupção, por isso deixem de culpar quem se aproveita da corrupção e lutem contra a corrupção. Todos os votos contam.... abstenção nulos e brancos, servem para dar impunidade aos corruptos, não desperdices votos, usa-os contra quem nos rouba Há 40 anos

      Eliminar
    5. Concordo! Já tenho dito que o principal problema deste país é o povo que gosta muito de circo, futebol e estupidez! Os políticos não caíram do Céu, vieram do povo e assim são apenas um reflexo do que é o povo. Não concordo quando dizem que vivemos numa democracia, pois o principal poder não é eleito democraticamente, esta foi uma das grandes falhas do 25 de Abril. O principal poder é um que está acima do poder eleito democraticamente e que o pode impedir de governar.

      Eliminar
    6. É injusto assumir que os problemas em que Portugal e a Grécia se encontram são da responsabilidade do povo porque votam em corruptos ou não votam ou preferem ver futebol.
      Um dos grandes problemas que temos hoje e desde que imprensa existe é a propaganda. Todos os países são governados com propaganda. O Edward Bernays, considerado o pai das relações publicas, escreveu vários livros a explicar como mudar opinião publica através de propaganda. Alias ele ate diz que uma das principais ferramentas da democracia.
      Hoje é ainda mais fácil com os vários métodos de comunicação que temos que são todos controlados por um pequeno grupo de multinacionais. O povo foi doutrinado a aceitar como verdade tudo que passa na televisão ou tudo que se lê em jornais.
      É importante para os Portugueses entenderem a realidade em que vivemos hoje. Este blog transmite muita informação valiosa que todos Portugueses deveriam saber mas ao mesmo tempo tenta dar soluções que nos coloca a mercê dos que nos governam. Votar no x y ou z não e solução (minha opinião). TODOS os partidos políticos são facilmente infiltrados. Não interessa se for o Sócrates ou o Coelho ou o Manel, o problema não e os governantes mas sim os que comandam os nossos governantes e aqueles que controlam o dinheiro.
      SF

      Eliminar
    7. Tens toda a razão SF, estou farto de dizer á Zita que não vivemos numa Democracia. Todos os pais da "democracia moderna", tanto na revolução francesa como americana, eram anti-democratas. Portanto a história ensina-nos, que esses anti-democratas são o que hoje se chama de "Pais da Democracia Moderna". Come se houvesse alguma ligação com a Democracia Ateniense... e aqui estamos numa manipulação histórica da palavra "democracia", que no fim de contas, foi desviada expressamente do seu verdadeiro sentido. Isto é histórico. Quem quiser ler os livros da escola, a propaganda estatal, que leia, quem quiser saber a verdade, tem de deixar de ver televisões e casas dos segredos, e ir buscar e rebuscar na História poeirenta que raramente alguém toca.

      Eliminar
    8. NEM MAIS AFIRMAR QUE NÃO VOTA PORQUE A DEMOCRACIA ESTÁ DOENTE É O MESMO QUE UM DOENTE DIZER QUE SÓ VAI AO MÉDICO DEPOIS DE A DOENÇA SE CURAR::::
      A LUTA COM SANGUE E REVOLTA SÃO DESNECESSÁRIAS nas democracias modernas e com eleitores activos E CÍVICOS. O VOTO está nas nossas mãos, votemos contra a corrupção, o voto não serve apenas para votar a favor de politicas mas também para votar contra, mesmo que não possua um partido que queira escolher, votemos contra os que não quer que sejam escolhidos. Basta de nulos brancos e abstenção, usem o voto para salvar o país da corrupção. NÃO DESPERDICEM MAIS VOTOS

      Eliminar
    9. A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.

      Quando opta por não votar pode estar a atingir o resultado contrário daquilo em que acredita.
      Esclareça-se e compreenda porque é importante votar em consciência contra os partidos corruptos.
      Faça uma escolha, opte por votar com quem mais se identifica, e quem menos o lesou, o poder é seu! Use-o para ajudar todos nós.
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#more

      Eliminar
  2. SE REFLETIRES BEM ,SOMOS TODOS IGUAIS !

    alguém disse um dia


    https://www.youtube.com/watch?v=vURB904XIDA&feature=related

    ResponderEliminar
  3. O problema é que a classe militar também é uma corja instalada super privilegiada que nada faz.

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente, também os que se abstêm de votar, contam. 117 dos 230 deputados, segundo o método de Hondt, são eleitos pelos "abstencionistas", na lógica da distribuição - OBRIGATÓRIA - de todos os que estão registados (mesmo aqueles que já faleceram) nos cadernos eleitorais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.

      Quando opta por não votar pode estar a atingir o resultado contrário daquilo em que acredita.
      Esclareça-se e compreenda porque é importante votar em consciência contra os partidos corruptos.
      Faça uma escolha, opte por votar com quem mais se identifica, e quem menos o lesou, o poder é seu! Use-o para ajudar todos nós.
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#more

      Eliminar