05 maio, 2014

O povo usado para ajudar Belmiro de Azevedo a apoderar-se da SONAE? E assim nasce o milionário?



Em todo o mundo se ouvem histórias fascinantes ou deslumbrantes de como alguém, do nada, criou um império e uma fortuna... A pulso, honestamente... com brilhantismo, com genialidade... Motivador, exemplar
Mas até isso em Portugal, é diferente. Por cá é difícil encontrar histórias agradáveis de impérios construídos por gente que os merece, porque ou era competente, ou lutadora, ou honesta ou tudo ao mesmo tempo.
Por cá há paira sempre uma penumbra sinistra que envolve os nossos pseudo "criadores" de impérios e fortunas... Infelizmente e invariavelmente as fortunas em Portugal, são na sua maioria, feitas à sombra do estado, e ás custas do empobrecimento dos contribuintes e do país. Basicamente são fortunas à base de rapinagem e parasitismo, hipocritamente ocultado pela imprensa e apadrinhado pelos políticos.

Uma história de sucesso???
Esta produtividade do oportunismo, Belmiro aprendeu-a e aplicou-a, em 1975, seguindo o exemplo dos trabalhadores ingleses e alemães ou o exemplo dos trabalhadores albaneses?
Como o Belmiro começou a enriquecer...
...Nadava nas águas da UDP (União Democrática Popular)...

Quando, em 14 de Março de 1975, o governo de Vasco Gonçalves nacionalizou a banca com o apoio de todos os partidos que nele participavam (PS, PPD e PCP), todo o património dos bancos passou a propriedade pública. O Banco Pinto de Magalhães (BPM) detinha a SONAE, a única produtora de termolaminados, material muito usado na indústria de móveis e como revestimento na construção civil. Dada a sua posição monopolista, a SONAE constituía a verdadeira tesouraria do BPM, pois as encomendas eram pagas a pronto e, por vezes, entregues 60, 90 e até 180 dias depois. Belmiro de Azevedo trabalhava lá como agente técnico (agora engenheiro técnico) e, nessa altura, vogava nas águas da UDP.
Em plenário, pôs os trabalhadores em greve com a reclamação de a propriedade da empresa reverter a favor destes. A União dos Sindicatos do Porto e a Comissão Sindical do BPM (ainda não havia CTs na banca) procuraram intervir junto dos trabalhadores alertando-os para a situação política delicada e para a necessidade de se garantir o fornecimento dos termolaminados às actividades produtoras. Eram recebidas por Belmiro que se intitulava “chefe da comissão de trabalhadores”, mas a greve só parou mais de uma semana depois quando o governo tomou a decisão de distribuir as acções da SONAE aos trabalhadores proporcionalmente à antiguidade de cada um.
É fácil imaginar o panorama. A bolsa estava encerrada e o pessoal da SONAE detinha uns papéis que, de tão feios, não serviam sequer para forrar as paredes de casa… Meses depois, aparece um salvador na figura do chefe da CT que se dispõe a trocar por dinheiro aqueles horrorosos papéis.

Assim se torna Belmiro de Azevedo dono da SONAE. E leva a mesma técnica de tesouraria para a rede de supermercados Continente depois criada onde recebe a pronto e paga a 90, 120 e 180 dias…
Há meia dúzia de anos, no edifício da Alfândega do Porto, tive oportunidade de intervir num daqueles debates promovidos pelo Rui Rio com antigos primeiros-ministros e fiz este relato. Vasco Gonçalves não tinha ideia desta decisão do seu governo, mas não a refutou, claro. Com o salão pleno de gente e de jornalistas, nenhum órgão da comunicação social noticiou a minha intervenção.
Este relato foi-me feito por colegas do então BPM entre eles um membro da comissão sindical (Manuel Pires Duque) que por várias vezes se deslocou na altura à SONAE para falar aos trabalhadores. Enviei-o para os jornais e, salvo o já extinto “Tal & Qual”, nenhum o publicou…"
Gaspar Martins, bancário reformado, ex-deputado

BRUTAL!!! MANUEL MONTEIRO EXPLICA: MAIORIA DOS EMPRESÁRIOS QUE SÃO ELOGIADOS E ENTREVISTADOS NA TV E AFINS, NÃO PASSAM DE PARASITAS DO ESTADO





LISTA DOS MAIS RICOS DE PORTUGAL (2014), TODOS ELES GRANDES EMPRESÁRIOS, AFASTADOS DOS NEGÓCIOS DO ESTADO... CLARO.


23 comentários :

  1. Extraordinário que a lambesgóia que se apresenta como jornalista (e dá aulas!!!) tente a todo o custo travar a exposição das maleitas do regime,repetindo que "não é tudo assim" "a democracia patati,patata".
    Qualquer aprendiz de jornalista,noutro país,claro,tentaria a todo o custo sacar do entrevistado a verdade que ele parecia desejoso por revelar.
    A Judite comuna faz parte do bando que mama na teta da vaca.Dá aulas na universidade dos pedófilos e é bem remunerada.Depois vem a TV,onde convém estar de bem com a canalha que o Manuel Monteiro visou.
    É assim,com estas ridículas peruas,travestidas de jornalistas,que os donos de Portugal garantem o sigilo sobre o seu pérfido domínio do país,à custa da miséria alheia e corrupção das quadrilhas partidárias.
    RIP

    ResponderEliminar
  2. FOD@-SE entre esta patareca incompetentezinha e o analfabrutus do Crespo, venha o diabo e escolha...

    ResponderEliminar
  3. Belmiro de Azevedo é o arquétipo da emblemática “chico espertice” portuguesa. Alguém que vê uma oportunidade “espetacular” para enriquecer, à conta de uns quantos tolos embebedados por ideias revolucionárias, e a aproveita. Não é essa a lição maior do capitalismo?
    Ou pensam que os impérios se constroem só com boas intenções? E mesmo que as houvesse, quando o dinheiro e poder entra por uma porta, logo, a integridade e as “boas intenções”, saem pela janela. Sempre assim foi e sempre assim será. A ambição, o egocentrismo, a ganância e o individualismo são características humanas, e a economia faz-se de pessoas e não de santos. Logo, para se ser um “um peixe grande” é necessário comer muitos “peixes pequenos”. É “vencer” ou ser “vencido”, meus senhores, e são os oportunistas que invariavelmente "vencem na vida", ignorar esta verdade fundamental é ser ingénuo.
    Mas alguns dirão: Mas…. Mas.... todos devem ter direito à mesma “fatia”, ninguém se deve aproveitar da ignorância alheia para tirar proveitos próprios, não é assim que um bom cidadão deve pensar?
    Será que ainda não aprendemos com as lições do comunismos/socialismo?
    As boas intenções e o poder nunca andam de mãos dadas. Quem tem poder , quer ter mais poder, quem vence quer vencer mais e mais, vencer o mundo inteiro se for preciso. Tolos... Tolos são todos aqueles que ainda acreditam que se pode construir um mundo em que todos são iguais. E são esses tolos que acabam como “ração” para os Belmiros deste mundo. São esses Tolos, que não querem uma verdadeira democracia, mas sim, que uns quantos pensem por eles, repetindo o voto nos mesmos do costume, são esses tolos que reclamam contra tudo e contra todos mas que toleram a corrupção, são esses tolos que cantam vilas morenas e pedem mais direitos e menos sacrifícios.... enfim somo um povo de tolos.
    Não me levem a mal, eu não admiro o Belmiro pelo que fez, podemos até questionar se o que fez é ético ou não, mas oportunismo no mundo empresarial, não é defeito é virtude, oportunismo não é ilegal.
    Em vez de continuamos a protestar contra as injustiças do mundo devimos antes refletir sobre as lições que Belmiro de Azevedo nos deu e continua a dar todos os dias. Neste mundo de humanos à vencedores e vencidos, ele é um vencedor e vocês?
    Quando encontrarem resposta à minha questão, só então, estarão credenciados para mudar o vosso país, até lá continuem a protestar, o Belmiro agradece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Discordo e o sr contradiz-se... pela simples razão, de que os argumentos que apresenta, descrevem precisamente os tais milionários que se constroem a eles próprios... e sim claro depois transformam-se...
      Mas este artigo explica precisamente que o Belmiro não se transformou nisso porque criou um império... O Belmiro criou um império porque sempre foi isso, o oportunista e pelos vistos dos de baixo nivel. usar a greve e os trabalhadores para se apoderar de uma empresa.
      Portanto creio que confundiu tudo...
      E já agora, eu não concordo com o que afirma.
      claro que há sempre oportunismo e há que comer uns peixes.
      Mas há quem o faça mais honestamente e quem o faça muito desonestamente.
      Há empresas em Portugal e no mundo que não vivem a parasitar os favores do estado e os impostos, por isso mais uma vez a sua análise peca, porque generaliza demais.
      Claro que a determinada altura as grandes empresas acabam por ter poder no estado e usufruir dele... mas há casos e casos.

      Eliminar
    2. "Neste mundo de humanos à vencedores e vencidos, ele é um vencedor e vocês? " Nuno Pinto

      Meu caro, neste mundo, dito capitalista, não existiriam resgates de empresas, bancos, etc....quando um estado "resgata" um banco, tipo BPN, que é uma empresa privada, actua enquanto um verdadeiro regime ditatorial, proteccionista e até fascista, que protege de uma certa oligarquia, impondo o prejuízo sobre a população actual e vindoura (escravizando-a). Em capitalismo (verdadeiro) os fracos vão à falência (a tal estória que apregoa acima...) e os fortes ficam (é o tal mercado livre)...você vê isso a acontecer em Portugal (ou em qualquer outro pais ocidental dito capitalista)??? "Quando encontrar a resposta à minha questão"...encontrará a essência deste blog. João Amaral

      Eliminar
    3. Eu não sei se o Belmiro se transformou ou não, não o conheço pessoalmente, nem sei muito menos se a história que citou é 100% factual. Já dizia a minha avó (e sem ofensa) que “Quem conta um conto acrescenta um ponto”.
      Criticamos o Belmiro, …. OK. O Belmiro é um malandreco. Que crime cometeu? Não me sabe dizer.

      A Zita diz que há empresas em Portugal e no Mundo que não vivem a parasitar o Estado, mas estamos a falar de que tipo de empresas? Microempresas, PMEs, e todas as empresas sem influência no palco mundial, e logo, sem poder?
      A Zita diz que generalizei, mas repare que quando me referi às tais “empresas” referia-me às que tem “poder” (lei-a lá novamente o meu comentário e vai ver).

      Ou seja, os grandes grupos económicos tipo: Google, Microsoft, Apple, HSBC, ou mais próximo de nós: Portugal Telecom, EDP, SONAE, CGD, etc? Muitas destas com origens 100% honestas!
      Quer saber quantos crimes estas entidades já cometeram ao longo da sua história? Só a HSBC dava para fazer um livro, que incluiria lavagem de dinheiro da droga, manipulação de mercado, fuga ao fisco, branqueamento de capitais, etc..., etc..., etc... E nem vou citar as petrolíferas, só essas davam uma enciclopédia cada uma.
      É esta a natureza do “bicho”, quem tem poder, luta para o manter, nem que tenham de fazer umas quantas falcatruas, é a lei da sobrevivência, é a lei do mais forte.
      Há exceções à regra? Depende....
      Mas qual é a relevância de discutir excepções, quando não são essas que, verdadeiramente, movem as engrenagens da sociedade?

      Veja-se o caso Lance Armstrong ... outro malandreco (este mais grave porque cometeu um crime), que negou durante anos que não se dopava. Agora sabemos que não só se dopava como também toda a gente que era "gente" no mundo do ciclismos daquela altura.
      O que é que o Lance tem em comum com a Política e o Mundo empresarial?
      Era alguém que queria vencer, e na altura a única forma de vencer era através do doping, pois todos os concorrentes dignos desse nome se dopavam.
      Podemos ficar aqui a discutir ética e moral o dia inteiro, que isso não vai mudar o mundo em que vivemos.
      O que é pena é não ter percebido a mensagem que estava a tentar transmitir.
      Resumindo: O ser Humano é imperfeito, logo cria coisas imperfeitas a que chama “democracias” e “capitalismos”. E como imperfeitas que são, suscetíveis de ser abusadas por um qualquer Belmiro.
      Para mudar as coisas não basta mudar a forma das coisas é preciso mudar a substância da natureza humana.
      Os comunistas foram dos primeiros a perceber isso. Tentaram em vão “reeducar” o povo e falharam.
      Em vez disso, o Capitalismo decidiu abraçar os defeitos inerentes em todos nós e o resultado está à vista.
      Não gostamos? Então só temos de arranjar uma nova solução para o problema.

      Coisa fácil!

      Eliminar
    4. Quanto ao comentário das 19:13:

      Relativamente ao resgate aos bancos, é fácil fazer julgamentos à posteriori, mas para se julgar é preciso perceber a sequência de acontecimentos que levou ao resgate. Pergunto: Se tivesse no lugar de Teixeira dos Santos, pós-crise do subprime (a pior crise económica da história, só comparável com a grande depressão dos anos 20 do século passado), e confrontado com uma das maiores crises de confiança no sistema financeiro que à memória, teria a coragem de vir para a televisão dizer: “Que se lixe o BPN!”
      A sério?... acha que seria capaz de dormir tranquilo sabendo que poderia estar a condenar milhões de portugueses à miséria? Eu sei que o BPN era um banco pequeno, mas que tipo de mensagem é que estaria a passar para os mercado: “Banqueiros... desenrasquem-se!”.
      E na altura havia razões fundadas para pensar que vários grandes bancos portugueses, como BCP, estavam na iminência de falir. Diga-me honestamente, teria mesmo coragem de os mandar às urtigas?

      Será que alguém responsável poderia quantificar com exatidão o eventual prejuízo sistémico que seria causado pela falência do BPN? Eu não sei e o senhor(a)?

      Uma coisa eu posso dizer, não fui fã do governo do Sócrates, nem muito menos de Teixeira dos Santos, mas não gostava de estar no lugar dele quando teve de tomar aquela decisão.

      Quanto à sua pergunta: Portugal é uma economia Capitalista, talvez não ao estilo do que Adam Smith e outros, gostariam, mas é Capitalista.

      Eliminar
    5. Não salvar o BPN seria condenar milhões de portugueses? Acho que anda a trocar um pouco as coisas...
      A nossa crise tem pouco a ver com a crise mundial... a nossa crise tal como a da grécia, é devido à corrupção.

      CORRUPÇÃO FALIU PORTUGAL, NÃO FOI A CRISE GLOBAL. Apenas 3 países, estão falidos como Portugal
      https://www.youtube.com/watch?v=990XEEIw_1c&list=PLPAKyd_5x-2sHYA2y83e6d_YFpJbySsm5&index=2

      85% da divida foi gerada pela corrupção de décadas. PS, PSD, CDS...
      https://www.youtube.com/watch?v=zzN4UZxbW_k&index=25&list=PLPAKyd_5x-2ugKFyexk8BHmYidbeAXTiu

      Mas acha que algum país sobrevive à corrupção que tomou conta de Portugal?
      Eu não disse que o Belmiro se transformou... eu disse que é comum/ normal o dinheiro e o poder transformar as pessoas, mas o Belmiro mesmo antes de ter dinheiro e poder já era oportunista sem moral.

      E depois não percebeu outra coisa... a microsoft por exemplo, nasceu com esforço genialidade e trabalho, cresceu e pronto acredito que agora seja oportunista e etc... mas continua sem perceber que o Belmiro não fez nada, não construiu uma empresa m o Belmiro roubou uma empresa já feita, e ainda por cima roubou-a usando a greve e os empregados... para isso. Comparar todos os empresários com o Belmiro, é insistir em não ler o que se está aqui a explicar. A EDP não foi construída pelo mexia, foi roubada aos portugueses, construída pelos portugueses... não queira comparar com uma microsoft senão continuamos a não nos entender
      Não sabe qual o crime do Belmiro? Bem para quem acha normal o teixeira dos santos nacionalizar o BPN, será difícil explicar onde está o crime do Belmiro... nisso estamos de acordo.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    7. Em primeiro lugar eu não disse que salvar o BPN seria condenar milhões de portugueses, eu disse que “poderia” condenar milhões de portugueses …. condicional.
      Segundo lugar, eu não conjeturei sobre as causas da crise, mas apenas sobre possíveis consequências sistémicas de um não resgate ao BPN.
      Terceiro lugar, eu não procurei fazer juízos de valor em relação à alegada “conspiração” do Belmiro para se “usurpar” da SONAE. O que eu disse foi, que, o que Belmiro fez, é uma situação vulgar e habitual no mundo empresarial ao mais alto nível, e que neste mundo “cão” só quem é oportunista é que tira dividendos. Se quer discutir moral e ética: como eu disse no meu primeiro comentário, não admiro a atitude do Belmiro, mas é assim que o mundo funciona, ou aceitamos esta verdade absoluta e fazemos por tornar este mundo num lugar melhor, ou podemos continuar a iludir-nos a discutir semântica.
      Quarto Lugar: Certamente que a maioria dos empresários é gente honesta, mas eu não estou a falar do "pequeno empresário".
      Quinto Lugar, o Belmiro podia muito bem viver dos lucros do negócio de laminados, e ficar por aí, no entanto, não só expandiu o negócio, como hoje a SONAE é uma das maiores empresas nacionais, não só na área da industria, como também na área do retalho, imobiliário, telecomunicações etc.., o que não é compatível com esse argumento de que o Belmiro “não fez nada, não construiu uma empresa (….) apenas a roubou”.
      Quinto lugar, não conhece a história da Microsoft, mas devia. É graças ao “esforço, genialidade e trabalho” do Bill Gates que hoje a sua escolha se resume a Windows ou Windows (ou Mac OS se tiver a carteira recheada). E não me alongo mais, que se começo a falar da Microsoft escrevo um livro.

      O único “crime” que o Belmiro cometeu foi ter nascido em Portugal. No EUA seria considerado um “self made man” à semelhança de Andrew Carnagie, John Rockefeller, Bill Gates, etc..
      Tudo gente oportunistas, que enterrou a moral e a ética, para construir impérios que ficarão para a História.
      Resumindo: O Mundo é uma porcaria, o que é que quer que eu lhe diga mais?

      Eliminar
    8. o que não é compatível com esse argumento de que o Belmiro “não fez nada, não construiu uma empresa (….) apenas a roubou”.

      Estávamos a comparar com a microsoft, eu disse que não fez nada para o nascimento da empresa.
      Não conheço mais nenhum caso de alguém que se apodera de uma empresa por ser sindicalista e usar a greve para pressionar o governo a "dar-lhe" a empresa , lol ...

      Eu deixei bem claro que o Bill gates degenerou como todos que tem poder e dinheiro, mas o sr insiste em distorcer tudo o que digo portanto não faz sentido seguir por este caminho, o Bill Gates criou uma empresa do nada e depois de ser poderoso talvez agora possa manipular governos, o Belmiro não construiu, começou logo por manipular o governo, Mas desisto...

      Eliminar
    9. Sim roubou, um esquema parecido com os estleiros de viana, estado portugues afundou empresa, para vender á martinfer dos amigos.É tudo abutres, um dia tem um azar e metem-se com alguem que os trata da saude.

      Eliminar
  4. Caro Nuno,

    Para responder às suas questões filosóficas, apenas duas palavras: lehman brothers

    O resgate do BPN não foi por causa das pessoas comuns (depositantes) que tanta pena lhe dão, foi um veículo para enriquecer alguns e salvar muitos outros bancos que sim, estão falidos. Se alguém acha que a banca nacional (ou internacional) está sólida, é porque não percebe a diferença entre moeda e dinheiro....tal como não sabe o que é o sistema faccionário de criação de moeda. Aqui basta citar:

    "Dêem-me o controlo sobre a moeda de uma nação, e não me interessa quem faz as suas leis."
    Mayer Amshel Rothschild (1743-1812)

    As pessoas tem quer perceber que os bancos são empresas privadas e como tal agem apenas em função do lucro ( e não dos interesses das pessoas).

    As pessoas devem ter em mente que a Banca existe há vários séculos e no passado, tal como hoje, as pessoas foram sempre chamadas a pagar a conta final. Lembre-se do Chipre (que não é um passado tão longínquo) e perceba que o dinheiro apenas é seu se estiver fisicamente com ele, caso contrario, é apenas um numero num PC que pode desaparecer ou diminuir em quantidade ou valor.

    Apenas lhe quero dizer que eu acredito em democracia e liberdade. Tudo o resto é politica!

    O BPN teria (e ainda pode ser) muito simples de resolver. Os responsáveis/gestores/direcção/chairman (o que lhes quiser chamar), milionários, vão para a cadeia, o seu património é vendido juntamente com o património do banco e com esses milhões paga-se às pessoas, o dinheiro dos depósitos! O DINHEIRO REAL QUE AS PESSOAS DEPOSITARAM (ESTÁ A PERCEBER, EUROS QUE DEPOSITARAM NUMA CONTA PARA O BANCO GUARDAR)

    Tudo o resto, fruto de engenharia financeira, especulação e falcatruas, como nunca existiu, nunca poderá/deverá ser devolvido. SIM, MILHÕES CRIADOS NA NUVEM QUE NUNCA EXISTIRAM NA VIDA REAL!

    O Estado (TODOS NÓS) não deveria ser uma moleta para ninguém. O BPN é um caso de policia e não uma questão Estatal!

    Capitalismo...

    João Amaral

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João Amaral,
      Eu não disse que o resgate do BPN foi para salvar os depositantes, os depositantes do BPN nunca estiveram em perigo, logo não tenho razões para ter pena deles.
      O resgate do BPN foi sim, para não agravar a crescente desconfiança que existia em relação ao sistema financeiro português, que como sabemos, após o a crise de 2007, pós a nú as muitas fragilidades do sistema financeiro.
      Imagine que o Teixeira do Santos, mandava o BPN às urtigas, e a seguir se descobriam as tais falcatruas que conhecemos.
      O Sr. citou o Chipre, que é um exemplo do que iria acontecer a seguir.... lembra-se? Corrida aos levantamentos, bancos encerrados, pânico nas ruas, revolta popular, etc, quanto às consequências mais graves só poderíamos conjeturar, caso outro banco, quem sabe o BCP, o seguisse.
      Se calhar, se o Teixeira dos Santos tivesse feito o que sugere, agora estava a dizer: Mas porque é que não resgataram os bancos?
      Eu às vezes digo por piada, que se as pessoas soubessem como funcionam os bancos, não punham lá um cêntimo. Os bancos (mesmos o mais honestos) só lá têm uma pequena fração do dinheiro depositado. Isso deve-se a duas razões: Primeiro porque o negócio dos bancos é emprestar dinheiro, como é evidente. E a segunda razão deve-se a estes serem os principais emissores de dinheiro, e não os bancos centrais, ao contrário do que as pessoas pensam.
      É esta a história pouco conhecida do sistema financeiro: crédito gera dinheiro.
      Sim percebeu bem.... todo o dinheiro que tem no bolso teve origem num crédito! Percebe agora porque é que os bancos não podem falir? E é por isso que precisamos de uma união bancária, para evitar que sejam os estados a assumir os disparates dos seus banqueiros.
      Ou então, voltamos ao escudo e passamos 20 ou 30 anos a penar a sério.
      Por último, e mais uma vez, o problema não é o capitalismo, ou a democracia, ou o BPN, ou o Belmiro, mas sim um problema social e de valores. O que os senhores sugerem é reparar a casa a começar pelo tecto e deixar as fundações (podres) como estão.

      Eliminar
    2. OS bancos e a usura foiram inventadas por familias de judeus, o mesmo se passou com os seguros, esquemas que eles invetam para roubar os cidados.

      Porque é que acha que Hitler ficou doido? Queria acabar com estas coisas,

      Basta ter um bocadinho de inteligencia para ver qeu é tudo um roubo. Se eu tenho um carro, sou reponsavel e tenho dinheiro, porque é que tenho de fazer um seguro do carro, e da casa, etc, etc?. Seguros obrigatorios nao é mais que um roubo, e o socrates vive á conta disso, ele alterou os seguros apra prejudicar o cidado e dar milhoes á banca. Alias quem possui a banca sao so seguros, nao vive versa.

      O pobre ha-de ser sempre pobre, e ha-de sustentar os corruptos se for parvo.

      Eliminar
  5. Caro Nuno,

    Crédito gera dinheiro....mas esqueceu-se que também gera dívida! Sempre que alguém paga uma divida, outro entra em incumprimento... assim, o sistema actual implica expansão de crédito permanente e como sabe, se aumentamos a quantidade de moeda em circulação, essa, perde valor...como resolver este quebra cabeças?

    Nos EUA andam há 5 anos a imprimir dinheiro e a injectar massivamente esse dinheiro no sistema financeiro, resultado, a bolsa está em máximos históricos mas a economia real está de rastos...algo vai ter de acontecer...a FED diz que é do tempo, é do frio, é do calor, é dos tufões...a verdade é que o dólar está morto! em menos de 5 anos poderá forrar a sua casa com notas de 100 dólares que lhe ficará mais barato do que papel de parede...vai ser tipo Zimbabwe.... o oriente sabe disso e já tomou as medidas necessárias....a Alemanha (alguns cidadãos) já perceberam o esquema e obrigaram o Governo a repatriar o ouro que está guardado pela FED...acontece que o ouro já foi vendido e revendido até à exaustão e já não existe nos cofres americanos...rumou para outras paragens....os alemães já começaram a tremer nas bases pois nunca mais verão as suas 1500 toneladas de ouro...
    o banco central alemão deveria ter recebido 50 toneladas (setembro de 2013) mas só recebeu 5 toneladas...

    Onde ficamos? actualmente há uma contracção de crédito, daí a "crise", que não é crise, mas sim recessão...

    Por outro lado o mundo está à beira do RESET pois o sistema actual cria bolhas especulativas e a maior está prestes a estourar...se não sabe qual é, pesquise sobre o assunto...

    O esquema ponzi que se refere é de facto interessante, o BCE empresta a bancos falidos a 0,25% de juros e estes, emprestam ás pessoas ou estados a 5, 6, 7 etc %....acha bem? porque é que os estados não se podem financiar a 0,25%?

    Porque os bancos tomaram de assalto o sistema....os políticos pactuaram e o povo nunca foi chamado a decidir e foi mantido na completa ignorância...

    Mais, esta recessão está por um fio pois só existirá crescimento sustentável quando o dinheiro deixar de ser gratuito para os bancos...sim 0,25% é quasi grátis...mas os bancos centrais estão com um problema, se sobem os juros a economia colapsa porque está baseada em dinheiro grátis...

    Continuo a afirmar : Lehman Brothers e acrescento, Islândia!
    Como sabe, a Islândia está a crescer sustentavelmente e não resgataram nenhum banco? pois? o que aconteceu lá? a Islândia desapareceu? foi o pânico? Colapsou?Não, está ser um sucesso.... um sucesso que é propositadamente sonegado nos média porque dessa forma as pessoas continuam a ter opiniões como a sua, baseadas no medo e em analises parciais da realidade. O caso da Islândia mostra-nos preto no banco que existe uma alternativa que beneficia toda a economia real e não só alguns....na Islândia os bancos são tratados como devem ser, empresas privadas...por acaso os bancos em PT quando geram lucros distribuem pela população? não...e sabe porque? porque são privados e apenas respondem aos seus accionistas...

    Aquilo que você apregoa é propaganda politica, baseada em pressupostos errados e na teoria do medo...os bancos não podem falir.... que afirmação mais Salazarista...os bancos que não prestam TEM DE FALIR! A União bancária é apenas um puxa prá frente do problema...o problema, você assinalou-o, mas não o percebeu, chama-se sistema fraccionário de criação de moeda, no nosso caso, moeda fiduciária, sem valor intrínseco...mas em breve algo vai acontecer e se quiser saber o que vai acontecer, siga o rastro do dinheiro, mas do dinheiro verdadeiro, do ouro....para onde quer que vá o ouro, é aí que está a verdadeira riqueza...Euros, Dolares e demais moedas fiduciárias estão condenadas a morrer, tal como todas as moedas fiduciárias que existiram no passado....volto a dizer que dinheiro não é moeda...

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João Amaral,
      À “déeeeecadas” que oiço essa conversa por parte dos economias da escola Austríaca.
      O seu comentário fez-me quase lembrar (sem ofensa) um famoso empresário americano, chamado Peter Schiff, que anda à mais de 10 anos a profetizar o colapso da economia mundial. Quando aconteceu o SubPrime, virou guru da economia do dia para a noite, o problema é que é daqueles gurus que só acerta uma vez de 10 em 10 anos. A teoria dele agora, é que o dólar está por dias. O problema é que já anda a dizer isso à 2 anos, e até ao momento….
      Vamos aos factos:
      1) Inflação nos EUA: 1.5%
      Ora se o dólar está, como diz, na iminência, de colapsar onde é que está a inflação para suportar essa teoria? Quanto muito o que estamos a assistir nos EUA, na Europa e no Japão é um esforço para evitar uma deflação catastrófica das suas divisas. No entanto dou-lhe meia razão neste ponto e explico no fim.
      2) Ouro: Sensivelmente a 1300 Dólares a onça, e em queda acentuada desde 2012! Logo, onde é que está a tal corrida ao ouro?

      3) Crescimento do PIB na casa do 2,5% (em linha com a média mundial), tendo em conta que acabamos todos (sim o mundo inteiro) de sair de uma recessão, não me parece assim tão mau, tendo em conta que até a China, que é bem mais conservadora no que toca a sua moeda, não está a crescer muito.


      4) Se o dólar está “morto” porque é que continua a ser a moeda de referência nos mercados internacionais? Se quiser Petróleo ou Ouro é bom que traga “camiões” de dólares (ou libras) para pagar, porque não lhe aceitam outra coisa.
      5) Se a economia americana está condenada, porque é que os principais fundos de pensões chineses estão a investir biliões em divida pública americana?
      6) EUA continuam a ser a economia número 1 mundial, logo a comparação com o Zimbabwe, parece-me um pouco precipitada.
      Conclusão, não faça já o funeral ao dólar, que ele está cá para durar.
      Sabe porque é que os EUA e a Islândia estão-se a safar melhor do que nós? Porque têm o monopólio sobre as suas respetivas divisas. Por isso é que a Islândia se pode dar ao luxo de mandar os bancos dar uma curva, se bem que essa história da Islândia não é o mar de rosas que as pessoas pensam, mas esse comentário fica para outro dia.
      Já na Europa do Padrão-Euro, como eu lhe chamo. O que temos é uma moeda dos países ricos ao serviço dos países ricos. Os Pobres como Portugal, sem voto na matéria de política monetária, têm de se sujeitar aos caprichos de uma moeda que só sabe aumentar de valor, destruindo as economias mais pobres da europa e enriquecendo a Alemanha & Companhia, resultado: estamos estagnados e assim vamos continuar durante muitos e muitos anos.

      Eliminar
    2. O banco central não financia diretamente os estados, porque são as regras do “defunto” tratado de Maastricht. Redigidas a régua e esquadro pelos nossos grandes “amigos” alemães, que não o cumprem, mas obrigam os outros a cumprir. Daí termos de aturar as falcatruas dos banqueiros.
      Mas concordo consigo numa coisa, o sistema monetário baseado em moeda fiduciária, embora seja, em teoria, um modelo mais democrático que o do Padrão-Ouro, conduz a demasiadas bolhas especulativas, e até podemos discutir se a inflação que teima em não aparecer, está escondida nos mercados bolsistas e de divida, mas essa já é uma questão para os académicos responderem.
      O colapso que poderá vir aí, não vai ser por causa do “quantitative easing”, mas sim porque uns quantos senadores do partido republicano, que percebem ZERO de economia, estão a fazer pressão para que se façam cortes na despesa, o chamado “tapering” (aquilo que a Merkel tanto gosta), e que poderá conduzir, se for avante, a uma segunda recessão, essa bem mais grave que a anterior que já foi gravíssima.
      Mas quem sabe, talvez a revolução da chamada “criptoeconomia” Bitcoin venha mudar o paradigma existente….
      Concluindo: Mais uma vez eu reafirmo, o problema não é da moeda, ou da democracia, ou do capitalismo, ou dos mercados, ou do BPN ou do Belmiro mas sim de sermos um povo de gente interesseira, gananciosa, individualista, imediatistas, etc…, etc…., e por isso é que estamos condenados a viver crises atrás de crises. Repare só que nosso “amigo” (in)Seguro do PS, já está lançado para ganhar as próximas eleições legislativas, logo aí vê o povo que tanto defende a aprender a lição. E os que poderiam mudar alguma coisa continuam a discutir semântica e o “diabo” do Belmiro e o BPN, em vez de ir-mos votar em branco nas eleições, ou formar um partido (ou qualquer coisa), para ver se mudamos este mundo “cão”.
      Mas só posso sonhar…

      Cumprimentos

      Eliminar
    3. HOMO ECONOMICUS.12 maio, 2014 17:50

      ..a verdade é que o dólar está morto! É POR ISSO QUE FAZEM GUERRAS PARA O NAO DEIXAR MORRER. NO DIA EM QUE O DOLAR DEIXAR DE SER ACEITE PODEM POR A FALSA RIQUEZA NO C E PODEM IR AO FORT KNOX PBUSCAR O OURO QUE NAO EXISTE NAS QUANTIDADES QUE DIZEM E QUE PERTENCEM AS FAMIALS JP MORGAM, CITIBANG E GOLDMANSHACHS.OS GOVERNATES DOIS EUA SABEM DISTO, MAS PREFEREM ESTAR COM A MAFIA DO QUE CONTRA ELEA, É QUE A MAFIA TEM PODERES SOBRE O MUNDO.SO KENEDDY QUERIA MUDAR, AINDA FEZ A LEI QUE NINGUEM CUMPRIU.

      o oriente sabe disso e já tomou as medidas necessárias....SIM ELES NAO ESTAO DEPENDETES DE OUTROS, VIVEM BEM SOZINHOS.a Alemanha (alguns cidadãos) já perceberam o esquema e obrigaram o Governo a repatriar o ouro que está guardado pela FED...acontece que o ouro já foi vendido e revendido até à exaustão e já não existe nos cofres americanos...CONCORDOrumou para outras paragens....os alemães já começaram a tremer nas bases pois nunca mais verão as suas 1500 toneladas de ouro...O HILER NAO QUERIA ISSO, POR ISSO QUE FICOU LOUCO, APESAR DE TER RAZAO, O FATO DE QUERER ENDIREITAR O MUNDO A FORÇA FOI O PROBLEMA DELE
      o banco central alemão deveria ter recebido 50 toneladas (setembro de 2013) mas só recebeu 5 toneladas...

      Onde ficamos? actualmente há uma contracção de crédito, daí a "crise", que não é crise, mas sim recessão...NAO EXISTE NEHUMA CRISE.
      NINGUEM QUEIMOU NOTAS OU OURO, PORTANTO SE EXISTE O MESMO QUE ANTIGAMENTE E AS PESSOAS ATE TRABALHAM POR MENOS PARA COMPENSAR AS QUE ESTÃO DESEMPREGADAS.O ESQUEMA É OUTRO
      Por outro lado o mundo está à beira do RESET pois o sistema actual cria bolhas especulativas e a maior está prestes a estourar...se não sabe qual é, pesquise sobre o assunto...VAI ESTOIRAR NAS TUAS MAOS, ESTOIRA SEMPRE NO POBRE.SE NO SE PRECAVER.

      Porque os bancos tomaram de assalto o sistema....os políticos pactuaram e o povo nunca foi chamado a decidir e foi mantido na completa ignorância...NEM SAO OS BANCOS, MAS OS DONOS DOS BANCOS.

      OS POLITCOS VENDEM-SE FACILMENTE, EM TROCA DA SUA VIDINHA INUTIL.APESAR DE O SABEREM, FIGEM QUE NAO SABEM DE NADA DESDE QUE NAO OS CHATEIEM NEM OS CORTEM.
      Mais, esta recessão está por um fio pois só existirá crescimento sustentável NAO VAI HAVER NEHUM CRESCIMENTO SUSTENTAVEL, OS SISTEMA É BASEADO EM FALSAS PERMISSAS, OS AGENTES NAO SAO CEGOS, NAO VAO MAIS NA CANTIGA DE JOGOS INSTÁVEIS.

      Eliminar

    4. quando o dinheiro deixar de ser gratuito para os bancos...sim 0,25% é quasi grátis...mas os bancos centrais estão com um problema, se sobem os juros a economia colapsa porque está baseada em dinheiro grátis...ERA A ECONOMIA QUE DEVIA MANDAR NAS FINAÇAS, MAS NAO, AS FINANÇAS DOS CORRUPTOS É QUE TENTAM MANUPULAR A ECONOMIA. OS BANCOS CENTRAIS APENAS TRABALHAM PARA O SISTEMA QUE NAO CONSEGUE ESTABILIZAR PORQUE TEM BASE A MENTIRA E INJUSTIÇAS..

      ELES TEM DINHEIRO PORQUE O POVO ACEITA O DINHEIRO E LHE DA VALOR, SE NAO DEREM VALOR, E NAO O ACEITAR , FAZEM TROCAS POR TROCAS, OU CRIAM MOEDAS PROPRIAS, É POR ISSO QEU PORTUGAL FEZ MAL EM IR PARA A UE.
      a Islândia desapareceu? foi o pânico? Colapsou?Não, está ser um sucesso.... um sucesso que é propositadamente sonegado nos média porque dessa forma as pessoas continuam a ter opiniões como a sua, baseadas no medo e em analises parciais da realidade. O caso da Islândia mostra-nos preto no banco que existe uma alternativa que beneficia toda a economia real e não só alguns....na Islândia os bancos são tratados como devem ser, empresas privadas...por acaso os bancos em PT quando geram lucros distribuem pela população? não...e sabe porque? porque são privados e apenas respondem aos seus accionistas...E QUNDO VAO FALENCI VAO Á FALENCIA COMO QQ EMPRESA NORMAL, OS CONTRIBUINTES NAO TEM QUE ANDAR A SUTENTAR SISTEMAS FALIDOS.

      ..os bancos não podem falir...PODEM E DEVEM,S E NAO FALIREM É PORQUE ALGO ESTÁ MAL., E OS CIDADOS NAO SAO OBRIGADOS A TER DINHEIRO NOS BANCOS OU NAQUELE BANCO, PODE TER NOUTRO SITIO OU OPUTRAS APLICAÇOES.. chama-se sistema fraccionário de criação de moeda, no nosso caso, moeda fiduciária, sem valor intrínseco...mas em breve algo vai acontecer e se quiser saber o que vai acontecer, siga o rastro do dinheiro, mas do dinheiro verdadeiro, do ouro....para onde quer que vá o ouro, é aí que está a verdadeira riqueza..

      O OURO NÃO É A VERDADEIRA RIQUEZA. MAS APENAS MOEDA DE TROCA.DAS MAIS ANTIGAS QUE SE CONHECE.NO DIA EM QUE DEIXAREM DE O ACEITAR DEIXA DE TER VALOR, É APENAS UM METAL COM POUCO USO.

      O QUE VOÇE ,QUER DIZER E NAO SABE, É SE QUEREM SABER O QUE VAI ACONTECER,S E QUEREM SABER ONDE ESTÃO OS CORRUPTOS,S EQUEREM SABER QUEM CRIA AS CRISES, SIGAM O RASTO DO OURO.

      O QUE ESTÁ A CONTECER É UM ESQUEMA BEM MONTADO PARA CRIAR ALGO MAIOR BASEADO NO OURO CLARO, TEM QUE SER BASEADO EM ALGUMA COISA QUE OS CIDADOS ACEITEM.

      ORA COMO QUEM VAI CRIAR É QUEM CRIOU A CRISE, OU CRISES, DESDE JA SE ADVINHA QEU O QUE VAO CRIAR NAO VAI SER BOA COISA.


      ENQUANTO OS CIDADOS NAO REJEITAREM MOEDA IMPOSTA E FAZEREM A VIDA DELES, NAO SE DESPRENDEEM DO MAL.SERÃO SEMRPE ESCRAVOS DE ALGUEM.

      Eliminar
  6. Sobre os EUA....o tal país da liberdade:)

    https://www.youtube.com/watch?v=2S_iGU1rpv0

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não disse que os EUA sãoo “país da liberdade”, basta ver o que estão a fazer em relação à chamada “Neutralidade da Internet” (entre outras coisas) para se perceber quem é que realmente manda nos EUA. Aliás, convido-o a si e à autora do blog, para ler sobre a matéria, caso não estejam já ocorrente da nova “maquinação” por parte de algumas empresas americanas para monetizar a Internet.
      Mais uma vez a lei do lucro a falar mais alto.
      Quanto ao vídeo, foi removido pelo autor.

      Cumprimentos

      Eliminar
  7. O belmiro de azevedo,era um engenheirolas numa empresa de aglomerados portuense, a empresa começa a entrar em colapso devido a guerras de oitra empresa qeu surgoi, e entra numa fase muito má. De repente o engenheirolas oferece-se para comprar a empresa e o dinheiro é proveniente duma lavagem, do antigo president futebol clube do porto.


    Porque é que a empresa de rependte entrou em aos lencois?? Porque é que o enheiro a quiz comprar, porque é que apareceu dinheiro de repente para ele a comprar. Uma grnde m´+afia. mas ele diz aos portugueses quie começou a lavar pratos, so se foi em casa dos pais.

    ResponderEliminar