31 julho, 2013

Mais exemplos de promiscuidade e abuso de dinheiro público - Luís Filipe Menezes

Clique na imagem, para ampliar

A Câmara de Gaia celebrou dois contratos de ajuste directo com a sociedade de advogados de Amorim Pereira no valor de 120 mil euros, dias antes deste ser apresentado como mandatário financeiro da candidatura do ainda autarca de Gaia, Luís Filipe Menezes, à Câmara do Porto.
Um contrato, no valor de 90 mil euros, foi assinado dia 31 de Dezembro de 2012 e destinava-se a consultadoria jurídica à Águas e Parque Biológico de Gaia. No dia seguinte, a Amorim Pereira, Nuno Oliveira e Associados assinou outro contrato, no valor de 30 mil euros, para prestação de serviços de consultadoria jurídica ao Presidente da Câmara de Gaia.
Após contacto do SOL, a Câmara de Gaia explicou em comunicado que «foi sempre com base em critérios de competência, lealdade e confiança que o município de Vila Nova de Gaia contratou a prestação de serviços de advogados e jurisconsultos e não apenas desta sociedade de advogados».
Luís Filipe Menezes frisa que o ajuste directo não é directamente com o mandatário financeiro da sua candidatura ao Porto, mas com a sociedade de advogados Amorim Pereira, Nuno Oliveira e Associados, Sociedade de Advogados, RL, em que Amorim Pereira «possui apenas uma participação minoritária de oito por cento». fonte

Dr. Amorim Pereira, advogado do Porto, que será então, tudo indica, o número dois de Luís Filipe Menezes na candidatura à Câmara Municipal do Porto.
Tudo indica que este convite se deve ao facto do agora candidato ter, nos últimos três anos,  feito preços especiais às “consultadorias” para a Câmara Municipal de Gaia.
Na realidade, por todo aquele imenso trabalho, não cobrou mais de meio milhão de euros. (Como consta na imagem em cima)
Deve merecer este reconhecimento.

Outras coincidências:
- O Município de VNG contratou com o Instituto do Cávado e do Ave serviços para auxiliar a "interpretação" da Lei nº. 49/2012, por ajuste directo e com um valor de 15.000 euros. Até aqui tudo bem. Mas, por coincidência e apenas por coincidência, o Presidente do Instituto é o Sr. Dr. João Carvalho, exactamente a mesma pessoa que coordena a elaboração do anuário dos municípios, isto é, o ranking financeiro destas autarquias. Como se pode confirmar aqui e aqui.

Mas há mais. 
Segundo um leitor do blog, que enviou este texto, a ajuda de amigos e família, com dinheiro público, prossegue. Menezes é muito generoso com o dinheiro dos outros. Quase todos os políticos o são.
Neste caso, não possuo fontes, portanto a história vale o que vale, contudo, e pelo que já conhecemos deste Portugal de bananas, governado por sacanas, esta história parece bastante verosímil.
(Caso alguém tenha acesso a algum documento que confirme ou desminta esta contratação, agradeço que me envie )
"NÃO HÁ IMPOSTO QUE RESISTA... Imaginem que um familiar vosso padecia de enfermidade e carecia de tratamento diário.Luís Filipe Menezes, o tal que se propõe ir desgraçar o Erário Público Portuense, tal como fez em Gaia, tem destas coisas sociais.O seu pai, habitante numa localidade a sul de Espinho, (Esmoriz/Cortegaça) estando enfermo, carecia de tratamento diário numa dependência da grande Gaia.O filho, evidenciando um amor paternal proibido aos restantes cidadãos, decidiu deslocar diariamente uma viatura Camarária para o seu transporte.Numa das Assembleias Municipais, alguns cidadãos protestaram tal despesismo e, como "Acção Correctiva Imediata", sua Excelência decidiu:Nomear seu pai (72 ou 82 anos de idade) como assessor, atribuindo-lhe a módica quantia de QUATRO MIL EUROS MENSAIS, MAIS DIREITO A VIATURA Nada de anormal nestas anormalidades não fora o "trigésimo quarto assessor deste déspota larápio"
O centro de estágios do Olival, mais uma generosidade, que custou 16 milhões ao erário público!!?? 

29 julho, 2013

O DESESPERO DOS GOVERNOS PARA TAPAR DESFALQUES DO ERÁRIO PÚBLICO



Marinho Pinto deixa-nos mais uma história que deveria indignar muita gente... Não apenas porque uma professora foi multada...
Mas porque os governos insistem em castigar os mais pobres e indefesos, para pagarem os desfalques dos ricos e protegidos.
A forma como se faz justiça em Portugal, já não serve a justiça, já não é importante ser justo, importa é servir-se da lei para extorquir até à última gota, o que interessa aos governantes e seus amigos - os poucos euros que ainda pairam nas carteiras dos portugueses. Não importa zelar para que se cumpra a lei da estrada, importa sim deixar que a infrinjam para legitimar mais um saque, saques estes, que para muitas famílias significa, passar fome.
E tudo isto porque vivemos num país desesperado, desfalcado, que quer a todo o custo que os pobres paguem os roubos dos ricos.
"Uma professora de uma escola de Aveiro que reside em Coimbra foi multada em 100 euros por uma brigada da GNR por não ter imobilizado o seu carro no entroncamento da estrada 235 com o acesso às portagens da autoestrada A1, quando vinha de Aveiro. Ao aproximar-se desse entroncamento, a estrada 235 oferece uma via exclusiva para quem vai virar à esquerda para entrar no acesso à A1, mas com um sinal de stop.

28 julho, 2013

Os boys do BPN para o governo. Cadastro é importante para o currículo, para se governar Portugal

PASSOS COELHO NOMEOU:
- O MACHETE, GRANDE CHEFE DA MÁFIA BPN, PARA MINISTRO DA DEFESA. 
- NOMEOU MARIA  ALBUQUERQUE, A TAL QUE DECIDIU, QUAL A PARTE DO BPN QUE FICAVA PARA O POVO PAGAR, OU SEJA TUDO, E MAIS UNS TROCOS. A MISS SWAPGATE QUE JÁ VEM DO GOVERNO SÓCRATES.
- PROMOVEU O PORTAS DOS SUBMARINOS E DOS PANDUR.
- NOMEOU TAMBÉM O PAIS JORGE, DAS PPP, DAS SWAP E DAS SCUTS.
- NOMEOU O FRANQUELIN, OUTRO DA FAMÍLIA BPN.
- EM MARÇO DE 2014 NOMEIA MAIS UM DA FAMÍLIA BPN, JOÃO CATARINO. BRAÇO DIREITO DE OLIVEIRA E COSTA NO BPN E ENVOLVIDO EM MAIS CASOS SUSPEITOS DE OLIVEIRA COSTA.
- E AINDA HÁ MAIS DOIS NOMEADOS PARA O GOVERNO, DA GRANDE FAMÍLIA BPN, QUE POUCOS CONHECEM. UM FOI PAULO MACEDO QUE O NOMEOU, PARA ESTUDAR OS CORTES DO SNS. 
O OUTRO ERA APENAS UM JOTINHA...  VEJA EM BAIXO AS TRISTES HISTÓRIAS.
- NOMEOU ex-presidente do BPN, Francisco Bandeira, para liderar operação da Caixa Geral de Depósitos em Espanha. Já em 2012, "a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários condenou o referido administrador, a par do Armando Vara, a uma multa de 50 mil euros por 'negligência'" em razão de "não terem impedido, apesar de terem conhecimento dos factos, um conjunto de ilicitudes realizadas na rede comercial do grupo público."

O caso British Hospital.
Eis o momento assumir mais um prejuízo? O British Hospital, está a cair em ruína, já se prevê o seu destino, já que faz parte do grupo de empresas que pertencem ao universo SLN/BPN.
O British Hospital pertence ao Grupo Português de Saúde desde o início dos anos 1980. O Grupo Português de Saúde pertence ao universo da Sociedade Lusa de Negócios (SLN), a tal que tinha um banco dentro. Exactamente: o BPN.

O BPN serviu para financiar a compra do British.
Um fiasco. Entre 1999 e 2009, o British recuou de uma média anual de 12 mil consultas para cerca de 1800. Entre 2004 e 2007, o presidente do Grupo Português de Saúde foi o economista José António Mendes Ribeiro, o qual, quando saiu do grupo, deixou um passivo de perto de 100 milhões de euros. Depois de um currículo marcado por negócios ruinosos e prejuízos avultados, eis que o seu "mérito" é reconhecido...
Pois foi precisamente José António Mendes Ribeiro que o ministro da Saúde, Paulo Macedo, foi buscar para coordenar o grupo de trabalho que vai propor os cortes a aplicar no Serviço Nacional de Saúde.
Isto permite antever um final muito infeliz, onde os interesses de uma nação se irão vergar novamente a interesses económicos privados. Já que este senhor terá provavelmente interesses em empurrar os utentes do SNS para os privados, área onde antes trabalhava e que deixou afundar. Esta pode ser a tábua de salvação, para corrigir os erros que deixou na área da saúde privada?

O GRANDIOZO ACORDO ORTOGRÁFICO E A SUA LÓJIQA.

Fabuloso texto de Maria Clara Assunção sobre o Acordo Ortográfico. De ir às lágrimas:

"Tem-se falado muito do Acordo Ortográfico e da necessidade de a língua evoluir no sentido da simplificação, eliminando letras desnecessárias eacompanhando a forma como as pessoas realmente falam.
Sempre combati o dito Acordo mas, pensando bem, até começo a pensar que este peca por defeito. Acho que toda a escrita deveria ser repensada, tornando-amais moderna, mais simples, mais fácil de aprender pelos estrangeiros .
Comecemos pelas consoantes mudas: deviam ser todas eliminadas .É um fato que não se pronunciam .Se não se pronunciam, porque ão-de escrever-se ?
O que estão lá a fazer ?Aliás, o qe estão lá a fazer ? Defendo qe todas as letras qe não se pronunciam devem ser, pura e simplesmente, eliminadas da escrita já qe não existem na oralidade .

27 julho, 2013

Despejados, sem casa.. cidadãos perdem direitos básicos, para satisfazer agiotas, protegidos pelo governo.




Aos 4 minutos deste video, Paulo Morais explica que acabar com a isenção de IMI dos grandes especuladores imobiliários, seria uma alternativa, (entre outras que refere), para atenuar os efeitos devastadores da austeridade infligida à classe média e baixa. Mas estas medidas que são a alternativa à austeridade, apenas não são aplicadas porque os governos são corruptos e não defendem o interesse público, mas sim os interesses dos grandes grupos.
O resultado é o flagelo que todos já conhecemos e muitos de nós tememos... a pobreza e a miséria que espreita à porta de milhões de portugueses, que tinham conquistado uma vida tranquila e desafogada e agora se vêem assaltados por um governo impiedoso e injusto, que teima a todo custo, tapar os buracos do anterior governo, também ele impiedoso e injusto, mas nunca deixando de alimentar e satisfazer os grandes grupos económicos que comandam todos os governos.
Paulo Morais afirma mesmo, que proteger os grandes especuladores imobiliárias dos impostos, é poupar a qualquer sacrifico, os maiores responsáveis pela crise.

"Despejados, sem casa! É a perspetiva que hoje está a deixar milhões de portugueses em pânico.
Porque não conseguem pagar a hipoteca ao banco, ou porque não irão aguentar o aumento das rendas. No entanto, enquanto as famílias vêem perigar o seu direito a ter uma habitação condigna, há dois milhões de casas vazias. Um absurdo!
O crédito imobiliário mal parado atingiu dimensões colossais. São mais de cem mil as famílias em situação de incumprimento. Muitas já entregaram a casa ao banco, tendo deitado a perder as poupanças duma vida.

26 julho, 2013

Cortes nas PPP, teriam evitado os cortes nos salários da função pública.

O Grande Conluio, ou seja, o grande saque, das PPP, apenas possível por ser orquestrado e apoiado por alguns políticos, bancos, construtoras, consultoras e grandes gabinetes de advogados. 


O saque denunciado, por Gomes Ferreira e outros activos denunciadores da corrupção, neste video a responsabilidade do governo Sócrates, vai pesar por 25, 30, 40 anos na vida de todos os portugueses. Um valor anual de 2.800 milhões de euros, que todos vamos pagar. Secretários de Estado, ministros, Primeiro Ministro e o presidente da república, todos a par do desfalque e avisados do que se estava a fazer e ninguém travou o golpe.
Aos 2 minutos Gomes Ferreira explica como a lei em Portugal protege os corruptos e o enriquecimento ilícito.
O estado Português pode e devia invocar o estado de emergência para não cumprir estes contratos, tal como fez para cortar salários.
A situação é tão vergonhosa, a falta de vontade dos governos para fazer valer o interesse nacional, é já tão visível, que a própria Troika aconselhou o governo a pedir ajuda à opinião pública para ajudar o governo a conseguir cortar estes contratos ruinosos.
Medina Carreira explica isso mesmo neste video, o governo sabe que, pela lei, não é obrigado a cumprir os contratos ruinosos e imorais, com as PPP.

Face às afirmações contidas no vídeo, é minha convicção que:
- Há que responsabilizar os governos de Sócrates, nomeadamente ministros e secretários que contribuíram para a ruína do nosso País;
-há que responsabilizar TODOS os Partidos representados na AR por estarem calados sobre isto.
-Há que responsabilizar o actual governo por não ter esclarecido o Povo sobre tudo o que se passou desde 2005 em termos de Finanças Públicas e de Política Orçamental, incluindo as Finanças Locais e as Finanças do Sector Empresarial do Estado;
-há que responsabilizar o ex-governador do Banco de Portugal por nada controlar e ter permitido que alguns Bancos, assumissem acções crediticías prejudiciais ao País;
-há que responsabilizar o Presidente e juízes do Tribunal de Contas por não terem alertado o Povo para o descalabro que Sócrates estava a construir;
-há que responsabilizar todos os órgãos judiciais que estão assobiando para o lado, fazendo de conta que nada aconteceu;
-há que responsabilizar, e exigir a sua imediata demissão, o Prof. Cavaco Silva porque não defendeu o Povo da miséria perpetrada por algumas dúzias de meliantes políticos e financeiros, conforme estabelecido na Constituição.
Mas as responsabilizações a que me refiro, não devem ser só políticas; devem ser ESSENCIALMENTE criminais.
Se as instituições que devem proceder com isenção e rigor na determinação das responsabilidades, não o fazem, então o Povo deverá tomar a seu cargo essa função. A Nação não é composta por apenas alguns milhares de pessoas, mas por 10,5 milhões de cidadãos.

No video que se segue, Paulo Morais vai mais longe e afirma que os maiores responsáveis pela crise, estão protegidos da austeridade, pelo governo.

25 julho, 2013

A BANCA E OS POLÍTICOS SAQUEIAM OS PAÍSES. OS ELEITORES APOIAM?

Vejam bem este video!! Está na hora de acordar e perceber porque os nossos impostos nunca são suficientes.


PENA OS NOSSOS COMENTADORES POLÍTICOS NÃO TEREM CORAGEM PARA DIZER AS VERDADES,
PENA OS PORTUGUESES ADORAREM OUVIR MARCELOS REBELOS DE SOUSA E COMENTADORES DE FUTEBOL, ENQUANTO OS POLÍTICOS E A BANCA, LHES ESVAZIAM A CARTEIRA...
O POVO DORME... ZZZZzzzzzz

O jornalista e comentador politico, Dylan Ratigan perdeu a cabeça... 
Está na hora de criar pânico na politica, há que mostrar que sabemos que estamos a ser roubados, muito roubados. 
Os companheiros do programa, ficaram estupefactos, com a indignação de Dylan Ratigan. Indignação que deveria assolar-nos a todos nós e não apenas de 2 ou 3.
" Isto não é uma opinião, isto é um facto matemático"
Memorizem isto, para não esquecerem qual é a verdade, quando vos tentarem dizer o contrário.
O dinheiro público, está a ser extraído do país, pelos partidos com poder, um sistema criado por todos eles em sintonia.
Os países flagelados pela crise, são países que estão a ser roubados pelos bancos, pelo comércio e impostos.
Deveria dizer-se ás pessoas que os vossos governos foram comprados, para não fazerem legislação que trave os interesses dos poderosos, pois se o fizessem perdiam os financiamentos políticos.
Descubra para onde são desviados os seus impostos, tornando vãos os seus sacrifícios.
Para além dos desvios levados a cabo pela corrupção politica, que já conhecemos, há ainda a máfia da banca, nacional e não só.
 - porque sobem os impostos e os governos continuam a dizer que não há dinheiro?
 - porque pagamos cada vez mais e temos cada vez menos serviços sociais?
 - porque pagamos mais e mais portagens?
 - porque pagamos mais taxas moderadoras?
 - porque estamos cada vez mais pobres e os ricos cada vez mais ricos?
 - porque o terão de cortar nas suas reformas?
Simples... 
Porque estamos a descontar para a banca e não para o estado. 
Porque a banca domina os governos e ele obedecem e escravizam os contribuintes.
  1. Veja neste video de Marinho Pinto, o buraco provocado, pela fuga ao fisco dos ricos, apoiada pelos governos há décadas.
  2. Um video semelhante, que confirma a calamidade.
  3. Video de uma menina de 12 anos, que explica muito bem como os governos servem a banca. 
  4. Um video animado que explica como é que os ricos decidem quem fica rico e quem  fica pobre, com o apoio dos governos.
  5. Paulo Morais conta alguns casos
  6. Um outro video, que foi banido, que mostra como os governos querem ocultar a verdade sobre a protecção aos ricos. Os governos dizem ao povo que tem que proteger os ricos porque são
    eles que movem a economia. Será? Veja o video, ou olhe para o que está a acontecer em Portugal.
  7. E ainda este video de 2 min, que explica o papel fundamental da classe média.
  8. A história de uma cidade em Espanha, que vive à margem da especulação da banca.
  9. A PT um exemplo de fugas fiscais, legais e gigantescas
  10. A desculpa descarada para desviar os nossos impostos para a banca
  11. A Troika, um cavalo de Tróia.
  12. O pagamento da divida pública está estudado de forma a que fiquemos eternamente a pagar a divida, sem que nunca fique paga.
  13. Paulo Morais expõe a farsa


24 julho, 2013

UM ESPECIAL EXTRA AOS PORTUGUESES, QUE ELEGEM SEMPRE OS MESMOS



Este video mostra António José Seguro a mentir descaradamente... Negando o que está documentado. Só não vê quem não quer.
Quando é que estes senhores sem ética, vão ser responsabilizados por enganarem um país inteiro, manipularem 10 milhões de portugueses, brincarem com o futuro das pessoas?
Mentir na politica, não pode ser considerado um acto impune, inócuo. Não é o mesmo que mentir a um amigo ou a um familiar. Mentir na politica deveria ser considerado um crime grave.
Mas o povo ainda vai ás urnas, como carneiros mansos, votar nos nossos carrascos.
Dar-lhes poder e dinheiro, dar-lhes o acesso directo aos cofres da nação. Dar-lhes o direito de arruinar o país.
Há mais de 30 anos que eles mentem e roubam, mas ainda há quem acredite neles e vote neles.
Votar nos de sempre é pactuar, pactuar com criminosos é crime. Votar em traidores é traição. Políticos que vendem o teu futuro, o teu país, a tua dignidade à banca e aos amigos das empresas que gerem Portugal para seu proveito, são traidores.
E o povo continua a abster-se, cala-se, consente e não resiste.
Quando os bons se calam os maus avançam, quando não há punição, não há medo...
Quando não há medo, roubam-nos tudo, até a capacidade de nos defendermos.
Votem contra, não deixem de participar e fazer justiça nas urnas. Só com o julgamento e a punição se eliminam os criminosos/ maus políticos e se apoiam os bons. Chegamos a um ponto em que os bons já nem se atrevem a disputar as eleições, porque perceberam que a injustiça e inércia do povo, não os compensa na luta, não os avalia nem julga correctamente.
Um outro video, mais completo mostrando como o PS tenta fugir ás suas responsabilidades, mentindo manipulando e exibindo a sua falta de carácter e de honestidade.
Sócrates pede socorro ao FMI, e assina o memorando.. as mentiras e contradições do PS.


  1. Portas mente... 
  2. Sócrates mente 
  3. Cavaco não comenta nada
  4. Comentadores e TV, mentem
  5. A mentira que nos saqueia
  6. Passos Coelho sabia
  7. A justiça mente
  8. O antes e o depois
  9. Portas era contra o BPN??
  10. Manipulação barata mentirosa. 
  11. Pagamos para eles nos mentirem?
  12. Portas era tão amigo do povo!!!
  13. As mentiras de Passos Coelho.
  14. O que eles conseguem fazer ao país com as mentiras

23 julho, 2013

A VERDADE SOBRE A DEMISSÃO DO MINISTRO DA ECONOMIA E O PODER DA EDP SOBRE O GOVERNO.


1º video


AGORA FICA MAIS CLARO PORQUE A EDP CONTRATOU VÁRIOS EX MINISTROS E LHES PAGA MILHÕES DE EUROS POR ANO?
AGORA JÁ SABEM PORQUE TANTOS JOTINHAS LUTAM PARA CHEGAR AO POLEIRO?
Veja este video... onde o Secretário de Estado da Energia demitido, acha que as rendas da EDP são ilegítimas, e ilegais. A Troika mandou cortar as rendas. Mas até a troika cedeu e desistiu.
O cenário já vinha do anterior governo, pois foram eles que atribuíram as rendas excessivas à EDP.
Todos sabem que as rendas são abusivas.
Para o entrevistado, o Ministro Álvaro Santos Pereira, é um homem sério e competente, e não foi o ministério da economia, que cedeu ao loby da EDP. Ele próprio, o entrevistado, também quis enfrentar a EDP, mas teve que se demitir.
Isto é um escândalo. Os portugueses têm que perceber que isto é o cumulo, o próprio governo trava quem tenta defender o interesse nacional. Os portugueses têm que deixar de viver na ignorância, é urgente que todos estejam informados, alertas.
O PS foi quem criou as rendas excessivas da EDP:  "O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, disse no Parlamento que "é muito interessante que o Partido Socialista esteja preocupado com as rendas excessivas [no sector eléctrico], que foram criadas por um Governo que, por acaso, foi… do Partido Socialista". fonte
2º video (3 minutos)

A dívida autárquica e a romaria eleitoral de setembro. Não faltes, eles precisam do teu dinheiro!

Continuamos a eleger carrascos?

Sumário
1 - Objetivo – Indicadores globais das contas autárquicas
3 – A dívida das câmaras a médio/longo prazo
            3.1 – Endividamento por habitante e 2004 e 2011
            3.2 – Endividamento e rendimento em 2011
1 - Objetivo
Falta pouco para a redistribuição do conteúdo dos potes autárquicos pelos partidos políticos, seus membros, simpatizantes e convidados. Dentro em breve vai começar a habitual defesa da obra, pelos que defendem a gestão finda e o rol de promessas apresentadas pelos candidatos à substituição dos autarcas em final de mandato.

Não há muito mais a dizer sobre o folhetim das manobras do governo para perpetuar uns quantos mandarins como autarcas de profissão, prontos para o exercício do poder em qualquer câmara; e da falhada e relvada ideia de criar novos cargos de superintendência regional para uns quantos dinossauros autárquicos do partido-estado. Já se sabe que mandarim é, em grande maioria, um indivíduo que sem saber nada de nada, preenche qualquer cargo, desde que bem remunerado; e  dizemos cargo porque funções que o configurem nem sempre existem. Finalmente, a sua ação pode classificar-se de legal ou ilegal mas, raras vezes dotada de legitimidade, uma vez que esta só pode resultar de melhorias no bem-estar da população.

Pelas razões expostas, todo o espectro partidário mostra-se muito circunspecto sobre a gestão autárquica, uma vez que todos sabem de atropelos e corrupção na autarquia vizinha, gerida pela concorrência; e … quem tem telhas de vidro não manda pedras ao vizinho. Todos concordam com o modelo eleitoral em que as pessoas votam num elenco, em geral partidário, sem poder discordar ou repudiar um candidato, mesmo que seja o mais acabado corrupto ou incapaz. E, para manter esse monopólio, o pentapartido luso aplaude o afunilamento, no âmbito da lei eleitoral, para candidaturas partidárias, com o estabelecimento de dificuldades enormes para o aparecimento de listas não partidárias. Vive-se no seio de uma democracia tutelada por partidos, financiados pelo Estado, que toma as pessoas comuns como eunucos políticos, afastados como sujeitos de ação política, incapazes de organização política autónoma.  Uma tutela política que coexiste com a tutela económica e financeira centrada no sistema financeiro. Essa harmónica coexistência contra os povos é o que designamos por democracia de mercado. (...)
  ..........................................................................................................

22 julho, 2013

Câmara de Abrantes gastou 60 mil euros em 30 oliveiras da empresa da família.

Imagem do site do governo.
Clique para ampliar

Vergonhoso! Grande negócio em família!! Uma escola jamais poderia ser uma boa escola, se não tivesse no seu jardim, 60 mil euros de oliveiras!! Alguém se atreve a discordar? 
Os cortes e as poupanças de impostos, são algo selectivo.
 
Se alguém decidir cortar em material para o SNS, o povinho não tem quem o defenda, e corta-se.
Se alguém decidir cortar no leite escolar, as crianças não têm quem as defendam, e corta-se.
Se alguém decidir cortar nos medicamentos para o cancro, os doentes não têm quem os defendam, e corta-se.
Se decidirem cortar o nrº de camas nos hospitais, corta-se claro...
Mas quando se trata de esbanjar para dar negócios a empresas de amigos e família, desesperadas POR DINHEIRO, já ninguém poupa, são todos mãos largas, porque essas empresas têm quem as defenda... os donos da empresa e os amigos que detém o poder e o dinheiro público, defendem-nas... pois é com elas que sugam dinheiro ao estado e sustentam os seus luxos.
É que caso ainda, não tenham reparado em Portugal é mais fácil arranjar/desviar 3 milhões, do estado para um amigo, do que 1 milhão para 10 escolas, ou 10 hospitais... 
Coisas só possíveis num país de bananas distraídas.
Os portugueses são, em boa verdade, uns  patrões negligentes e irresponsáveis, que andaram distraídos durante muitos anos, deixaram os políticos/ empregados, entregues ás contas e à gestão do país... e agora os empregados/politicos, tomaram conta do país e dos cofres, para seu beneficio. Simples.

Este é apenas mais um pequeno exemplo... no mar de exemplos que encontrará neste blog.
"A Câmara Municipal de Abrantes gastou mais de 60 mil euros na compra de 30 oliveiras para colocar no recinto do novo centro escolar da freguesia de Alferrarede.
Feitas as contas, cada árvore que enfeita o recreio da escola básica Maria Lucília Moita, inaugurada com pompa e circunstância a 1 de junho de 2012, dia mundial da criança, vai custar mais de 2 mil euros ao erário público.
Tudo somado, são mais de 12 mil contos em moeda antiga, em árvores adquiridas por ajuste direto a uma empresa da família do presidente da Câmara de Proença-a-Nova, João Paulo Catarino, eleito pelo PS, tal como o executivo abrantino.

21 julho, 2013

Paulo Morais: As escolhas de Cavaco são perigosas....


Video do vergonhoso desempenho do Presidente da República.
Muitos perguntarão... Como é possível?
Muitos estranharão... Como é possível não o podermos deter?


Este srº, que alguns, poucos portugueses, elegeram, viola constantemente o artigo Artigo 48.º da CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA PORTUGUESA:
(Participação na vida pública)
(...)
2. Todos os cidadãos têm o direito de ser esclarecidos objectivamente sobre actos do Estado e demais entidades públicas e de ser informados pelo Governo e outras autoridades acerca da gestão dos assuntos públicos. fonte

Reviravolta
"Portugueses estão reféns do governo incompetente e não depositam qualquer esperança na oposição.
A governação de Passos Coelho falhou em toda a linha. Este já só se aguenta no poder porque não há à vista qualquer alternativa credível.
A equipa de Coelho, Portas e Gaspar, não só não conseguiu tirar o país do beco para onde Sócrates nos tinha atirado, como ainda piorou a situação.
As finanças públicas estão num caos.
Há milhares de empresas a fechar, o desemprego é galopante.
Os mais pobres passam fome, a classe média extingue-se.
A coligação PSD-CDS não reduziu a despesa com as estruturas inúteis do estado.
Não se baixaram sequer as rendas das parcerias, como preconizava o memorando com a troika.
Caminhamos para o abismo e o maior drama é que nem sequer há alternativa eleitoral.
O PS é inconsistente. Seguro é feito da mesma massa de Passos e Relvas. Vindo das juventudes partidárias, não tem mundividência nem currículo. Não se lhe conhece uma ideia. Apenas se sabe que domina bem o aparelho socialista.
Seguro é, afinal, um clone de Passos.

Restaria, como opção, a hipótese de um governo de iniciativa presidencial, apadrinhado por Cavaco Silva. Mas quais seriam as políticas desse seu executivo? Provavelmente, apenas fazer chegar à governação a ala cavaquista do PSD, constituída por gente habituada a bons empregos do estado, negócios fáceis e privilégios; e que está ávida de poder.
E quem seria o preferido de Cavaco para primeiro-ministro? Talvez Rui Rio ou Guilherme de Oliveira Martins. Mas das escolhas de Cavaco há que temer. Recorde-se que foi o atual presidente que, enquanto líder do PSD, nomeou para secretário-geral Dias Loureiro, um dos principais responsáveis pela maior burla financeira do regime, o BPN.
Como primeiro-ministro, designou como líder parlamentar um atual presidiário, Duarte Lima. E já recentemente, para liderar o grupo de sua iniciativa "EPIS - empresários pela inclusão social", escolheu João Rendeiro, o responsável pela fraude do BPP. Não se pode pois confiar em quem erra tão clamorosamente em nomeações de tamanha importância.
Os portugueses estão em fim de linha, reféns de um governo incompetente, e não depositam qualquer esperança na oposição. Sabem que o Presidente é desastrado. Só com novos protagonistas poderemos sair deste atoleiro. O regime precisa de uma reviravolta."
Paulo Morais (fonte)

20 julho, 2013

GALAMBA VERSUS NUNO MELO. 230 a mamar e 10 milhões a latir.




(este video não pretende ser uma promoção da imagem de Nuno Melo, mas a exposição das figuras tristes do Galamba)
JOÃO GALAMBA TENTA DEFENDER VÍTOR CONSTÂNCIO E A SUA INCOMPETÊNCIA QUE PERMITIU AFUNDAR PORTUGAL DEFINITIVAMENTE. Nuno Melo expõe o seu jogo sujo e a sua ignorância.

19 julho, 2013

O Capitalismo ideal... e as vacas. (Anedota?)






Outra versão... 
Breve explicação do capitalismo
CAPITALISMO IDEAL
Você tem duas vacas.
Vende uma e compra um touro.
Eles multiplicam-se, e a economia cresce.
Você vende a manada e reforma-se... e descansa, rico!

CAPITALISMO AMERICANO
Você tem duas vacas.
Vende uma e força a outra a produzir leite de quatro vacas.
Fica surpreso quando ela morre!

CAPITALISMO FRANCÊS

18 julho, 2013

HÁ QUEM SE APROVEITE DO CAOS E HÁ QUEM TENTE SALVAR-NOS DO CAOS.


PORTUGAL ESTÁ TRANSFORMADO NUM MANICÓMIO... O ENTRA E SAI DO GOVERNO E OS ABUTRES INCONSEQUENTES QUE QUEREM ELEIÇÕES JÁ

Portugal está transformado num manicómio.
Eleições para favorecer quem? O PS? Já basta, não? 
Medina Carreira avisa que fazer cair o governo, ir para eleições, ou mudar de governo agora, é uma opção apenas desejada por pessoas inconsequentes e que não se preocupam com o país.
Haja coerência e bom senso...
Com isto não quero insinuar sequer que defendo o actual governo, pois qualquer pessoa que segue o meu blog, percebe que não defendo.
A minha intenção é apenas alertar as pessoas que estão obcecadas por derrubar o governo sem perceber que estão a ser manipuladas e a colaborar com o PS, e não a salvar o país, mas a ajudar a agravar a situação do país.
Não é por depormos o governo que acaba a crise ou a corrupção, já sabemos que a corrupção tem vindo a crescer com todos os governos, por isso é um mal de todos.
A única solução seria conseguirmos vergar o governo, seja ele qual for, e força-lo a fazer o melhor para o país. E temos falhado nisso. 

Se não tivemos a capacidade de forçar este governo a fazer o que é preciso para devolver ao país o que lhe foi roubado...
se não conseguimos obrigar este governo a fazer justiça nos sacrifícios exigidos
se não conseguimos fazer com que este governo sacrifique os maiores responsáveis pela crise.
se não conseguimos fazer com que este governo implemente medidas sérias de protecção contra a corrupção
se não conseguimos fazer com que este governo corte nas PPP, na fundações, nos observatórios, etc
O que nos leva a crer que conseguimos obrigar um governo PS a fazê-lo, se o passado recente nos permite saber que o Sócrates não o fez também?

RESUMO DO VIDEO
Neste video, Medina Carreira começa por afirmar que Portugal se transformou num manicómio, referindo-se à irresponsabilidade e falta de maturidade dos políticos no governo e as suas atitudes impensadas.
Acusa a comunicação social de dar voz a um punhado de comentadores que nunca falam realmente do que se passa, servem apenas para confundir e manipular o povo. Na realidade nunca se vê o adorado Marcelo Rebelo de Sousa, por exemplo, a explicar aos portugueses quem é o responsável pelo escândalo BPN, e o que ele fez à economia nacional.

Ao minuto 1 - Medina afirma que as pessoas não têm consciência da gravidade do estado do país. Pessoas com responsabilidade pedirem eleições antecipadas, é um perigo. E explica porquê. Estamos na beira do abismo, e a crise politica seria o passo para o abismo.
Ao minuto 3, garante que não defende este governo, pois a preocupação dele é o país.
Não teve força para contrariar os compadres dos municípios e não cortou nos municípios.
Este governo andou a fingir que andava a tratar das PPP
Destruíram a economia com o IVA sobre os restaurantes
Na EDP não tiveram coragem nem força para acabar com as rendas abusivas.
O governo não atacou quem devia, optou por atacar apenas para tentar remediar, indo aos subsídios da classe trabalhadora. Isto são apenas retoques.

17 julho, 2013

Carta de uma médica para a Dilma. A devastação da corrupção no Brasil, antevisão de Portugal.

Quando o nosso SNS, chegar ao caos que chegou o do Brasil, porque os nossos impostos continuam a ser desviados para enriquecer as elites, e não investidos onde deveriam ser...  
Porque os que nos gerem são boys e não profissionais...
talvez os portugueses acordem. 
Uma médica Brasileira decidiu escrever esta carta para expor o ridículo do poder políticos  que possui o poder para salvar vidas e apenas se preocupa em tomar medidas demagógicas, despesistas e ocas, que sacrificam muitas vidas. 
O Ministro da Saúde que decidiu, agora, que os remédios devem ser racionados.
"Os doentes vão ter mais dificuldade no acesso aos remédios, especialmente os inovadores, devido a medidas de racionamento aprovadas pelo Ministério da Saúde. A Ordem dos Médicos está contra os cortes e avisa que os doentes vão ser prejudicados, pois as situações de doença vão ser agravadas. O objetivo da tutela é reduzir a despesa pública.”

Mais: “O documento refere ainda que "todos os medicamentos sujeitos a receita médica restrita serão obrigatoriamente avaliados pelo Infarmed nos primeiros seis meses após a autorização de introdução no mercado". Ora, os prazos de avaliação e aprovação pelo Infarmed "são largamente ultrapassados", afirma ao CM o bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva. E dá o exemplo: "Os doentes de hepatite C estão há dois anos à espera da aprovação pelo Infarmed de um medicamento que duplica a taxa de cura. Sem esse tratamento a doença, que podia ser curável, evolui para uma cirrose e um cancro".” fonte

"Tudo que uma médica BRASILEIRA, que trabalha no interior, quer falar para "Presidenta":
Dilma, deixa eu te falar uma coisa!
Fernanda Melo, médica, moradora e trabalhadora de Cabo Frio, cidade da baixada litorânea do estado do Rio de Janeiro.
Este ano completo 7 anos de formada pela Universidade Federal Fluminense e desde então, por opção de vida, trabalho no interior. Inclusive hoje, não moro mais num grande centro. Já trabalhei em cada canto...

Você não sabe o que eu já vi e vivi, não só como médica, mas como cidadã brasileira. Já tive que comprar remédio com meu dinheiro, porque a mãe da criança só tinha R$ 2,00 para comprar o pão.

16 julho, 2013

Sabe onde o Estado gasta o seu dinheiro, senhor contribuinte?


O seu dinheiro paga viagens, flores, arte, concertos e tapetes?
28 milhões de euros em publicidade, 
15 milhões em viagens, 
600 mil euros em concertos de Tony Carreira e
82 mil em flores para a residência de José Sócrates: são só alguns exemplos dos contratos de ajuste directo feitos pela administração pública (...).
A lista é longa e vai de esculturas milionárias a tapetes de Arraiolos. São só alguns exemplos dos contratos de ajuste directo feitos pela administração pública e revelados nos sites transparencia-pt.org e http://www.base.gov.pt/.
Nesses endereços estão listados, desde 2008, todos os ajustes directos realizados pelo Estado. Foi aí que o DN fez as contas aos gastos estatais em assuntos mais sérios, como publicidade, estudos e pareceres, ou menos sérios, como uísque e rebuçados.
Nestas páginas, pode ver o resumo das despesas mais caricatas das câmaras municipais, da Administração Central e outros organismos e empresas públicos. Lá não faltam os gastos de autarquias quase falidas e com gestão rigorosa nas festas populares quase sempre gratuitas (600 mil euros para Tony Carreira, 4,4 milhões em espectáculos pirotécnicos). Nem as poucas compras do Gabinete do primeiro-ministro, José Sócrates, entre elas os 63 mil euros, de 2010, para o fornecimento, durante três anos, de arranjos de flores naturais para a residência oficial. A isso somam-se os 19 020 euros despendidos no mesmo produto em 2009. Preço total: 82 020 em flores. No Gabinete de Sócrates há outros gastos como 33 950 euros para a manutenção dos jardins do Palácio de São Bento. Quanto aos outros organismos públicos, é só consultar as listas com alguns dos exemplos que se seguem nestas páginas.

Quase 28 milhões em publicidade
Os organismos estatais (desde o ministério mais importante à mais humilde câmara municipal) gostam de se promover e de publicitar as suas iniciativas. Resultado: desde 2008 até 31 de Dezembro de 2010, gastaram 27,5 milhões de euros em ajustes directos de acções publicitárias.
No site transparencia-pt.org, há 1286 registos de contratos do género, dos quais saltam à vista dois que envolvem equipas de futebol: os 240 mil euros dados, em 2009, pela Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis à União Desportiva Oliveirense e as duas tranches de 180 mil e outra de 155 mil pagas, em 2008 e 2009, ao Gondomar Sport Clube pelo município de Valentim Loureiro - ambos os casos por aquisição ou prestação de serviços de publicidade.

15 julho, 2013

Os tachos sem fundo, promiscuidade de poderes e nepotismo.


Este artigo do Má Despesa Pública, é a prova de que as pessoas podem sair do Estado, mas o Estado nunca sai delas próprias – ou das respectivas vidas profissionais. 
O parasitismo é um vicio difícil de largar, e num país onde não existe justiça, nem lei, não compensa largar o vicio.
Basta ser advogado, conhecer bem a lei e saber como retirar proveito e dinheiro, dela lesando o interesse público, dentro da lei. A lei não existe pois para proteger o interesse público, mas para proteger os parasitas e larápios que o lesam ou saqueiam.
Portugal está a saque, e nada os consegue deter. 

«1. Rita Carrilho Granado Godinho Antunes Rodrigues e Gonçalo Nuno Mendes de Almeida Caseiro foram vogais da Agência para a Modernização Administrativa, I.P., conforme se pode retirar do despacho n.º 3001/2010, publicado na 2.ª série do Diário da República, n.º 32, de 16 de fevereiro de 2010;

2. Maria Joana Ribeiro e Silva de Almeida Neves exerceu funções de jurista na Agência para a Modernização Administrativa no período em que Rita Carrilho Granado Godinho Antunes Rodrigues e Gonçalo Nuno Mendes de Almeida Caseiro foram vogais na Agência para a Modernização Administrativa, I.P., como se pode verificar pelo aviso n.º 22887/2010, publicado na 2.ª sério do Diário da República, n.º 218, de 10 de Novembro de 2010;

3. Antes de exercer funções na Agência para a Modernização Administrativa, I.P., Maria Joana Ribeiro e Silva de Almeida Neves foi advogada na sociedade de advogados Miranda, Correia, Amendoeira & Associados;

14 julho, 2013

Camarate – testemunha vem lançar mais «achas« na fogueira do atentado


"Elza Simões, a ex-.mulher de Fernando Farinha Simões, o autor confesso do atentado de Camarate que vitimou Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, vai prestar, depoimento perante a comissão de inquérito parlamentar que investiga o crime.

PARA MELHOR ENTENDER ESTE ESCANDALO, LEIA TAMBÉM: 
Video da confissão de FFS.
Deputado reconhece Camarate como atentado e mau serviço da justiça
Testemunhas silenciadas estranhamente
Video também apagado, do cúmplice.

Como é possível??? Como podemos calar-nos? 
OS ASSASSINOS DE CAMARATE VÃO MORRER IMPUNES E RICOS,  POR ASSASSINAREM ALGUÉM QUE QUIS DEFENDER O INTERESSE NACIONAL , CAMARATE JÁ FOI RECONHECIDO COMO ATENTADO, MAS TODOS OS ENVOLVIDOS SE SAFARAM... QUE RAIO DE PORTUGUESES SOMOS NÓS? DEIXAMOS MATAR, CALAR OU ELIMINAR OS BONS E O INOCENTES E ELEGEMOS E ADORAMOS CRIMINOSOS? 
O mais grave problema dos portugueses e o que mais contribui para o caos do país, é a memória curta, pois pensam sempre que foi o actual governo que nos levou à crise e à escravidão e não conseguem perceber que este estado de caos que atingimos se deve a este tipo de portugueses, inertes, ignorantes, que assobiam para o lado sempre que deveriam estar atentos, ser severos e exigentes com os políticos e a justiça. Este artigo e este caso não são passado... São exemplos que no devem guiar e ensinar para o futuro. O passado mostra-nos que nós portugueses temos que mudar se queremos que os políticos mudem.... simples.
O passado mostra que a corrupção é de todos os partidos e não apenas do actual... só os que teimam em negar o óbvio e vivem na ignorância é que podem acreditar no contrário.

Elza foi testemunha presencial das conivências ao mais alto nível,com enfoque na CIA e militares portugueses, dos preparativos do atentado, e das horas seguintes em que o Cessna se despenhou em Camarate, tendo-se até deslocado na companhia de José Esteves (o outro cúmplice do crime) e Fernando Simões ao edifício da PJ na noite de 4 de Dezembro de 1980 – o dia do crime – data em que, segundo ela, Esteves terá ido procurar protecção junto do então responsável máximo da Polícia,Lencastre Bernardo. Curiosamente, José Esteves, nos anos que se seguiram, teve as «costas quentes» por parte da PJ, situação que nos últimos trempos se alterou, acusando agora a Polícia de ser conivente, relapsa e contumaz na investigação e encobrimento das exactas circunstâncias em que Sá Carneiro morreu e os motivos pelos quais foi assassinado.

Mas atentemos no depoimento anteriormente tornado público por Elza Simões e que esta testemunha naturalmente irá relembrar amanhã perante os elementos da X Comissão de Inquérito da AR:
“Conheci o Fernando Farinha Simões (FFS) em 1975, no Hotel Sheraton, numa conferência que aí se realizou. Fui ao Hotel Sheraton a convite do Sr. Nick, que era ministro da Agricultura e Pesca da África do Sul. Aí conheci o FFS, que participava nessa conferência, e que referiu que vivia no Hotel Sheraton.

13 julho, 2013

As mentiras de Sócrates e Passos Coelho são úteis? (ANEDOTA)


Um cidadão morreu e foi para o céu.**
Enquanto estava em frente a São Pedro nos Portões Celestiais, viu uma enorme parede com relógios atrás dele. Ele perguntou:

- O que são todos aqueles relógios ?

São Pedro respondeu:

- São Relógios da Mentira. Todo mundo na Terra tem um Relógio da Mentira.

Cada vez que você mente os ponteiros se movem mais rápido.

- Oh !! - exclamou o cidadão... - De quem é aquele relógio ali ?

- É o de Madre Teresa. Os ponteiros nunca se moveram, indicando que ela nunca mentiu.

- E aquele, é de quem ?

- É o de Abraham Lincoln. Os ponteiros só se moveram duas vezes, indicando que ele só mentiu duas vezes em toda a sua vida.

- E o Relógio do Passos Coelho e do Sócrates, também estão aqui ?

- Ah ! Esses são os mais úteis, estão na minha sala.

- Como? ! - espantou-se o cidadão... - Porquê ?

E São Pedro, rindo, respondeu:

- USO-OS COMO VENTILADORES!!!

12 julho, 2013

Todos nós seremos roubados pelo Oliveira e Costa e a sua pandilha.



A inércia da justiça vai, mais uma vez, ser de extrema utilidade para deixar impunes os criminosos e condenados, os inocentes.
No artigo que se segue, fica exposto o ridículo do processo BPN. 

Sairia muito mais económico e menos hipócrita rirem-se logo na cara dos portugueses, em vez de usarem a abusarem de artimanhas para gozarem com a população. Mas a cobardia é o forte dos desonestos. Como diria o outro, a justiça é como as serpentes, só morde os descalços.

"Lamento informar que todos nós vamos ser roubados num montante de 7.000 milhões de euros. Na verdade, o roubo já ocorreu mas tudo indica que nada seja feito para recuperar o dinheiro, nem para punir todos os responsáveis.
Como já devem ter percebido, falo do caso BPN, o maior e mais escandaloso caso de fraude de que há memória em Portugal. E que se encaminha para ser o maior e mais escandaloso fiasco da Justiça portuguesa.
O julgamento do caso BPN tem 16 arguidos e mais de 300 testemunhas. Teve início a 15 de Dezembro de 2010 e até hoje, passados cerca de 800 dias, houve audiências em pouco mais de 120 dias nos quais se conseguiu ouvir o estonteante número de 9 (leu bem, nove!) das 300 testemunhas. A este ritmo, uma decisão de primeira instância demorará, pelo menos, 5 anos. A que se seguirão os recursos. A que seguirão as aclarações de sentença.

11 julho, 2013

Obras insustentáveis, enriquecem quem? Acorda povo!



O regabofe continua, a gestão ruinosa prossegue. As obras avançam, para enriquecer os amigos do regime (Banca, empreiteiros, engenheiros, arquitectos, políticos) com a desculpa de que são obras para melhorar a vida das populações.
Mas se a população fosse questionada, jamais aceitaria que um edifício da GNR custasse perto de 5 milhões de euros. De certeza que o povo saberia decidir melhor destino para tanto dinheiro, já que é ao povo que custa ganhar e é ao povo que ele faz falta. Mas o povo, continua silenciado, ignorado e cada vez mais enganado e roubado.

"O concelho de Reguengos de Monsaraz tem 10.828 habitantes (CENSOS 2011).
A autarquia decidiu construir um novo quartel para a GNR, recuperando o edifício da antiga adega da Cartuxa. No passado mês de Janeiro, foi lançado o concurso público para a empreitada desta obra, a qual tem um custo (inicial) superior a 2 milhões de euros (2.279.735,20 €).
Estamos, mais uma vez, perante um dos municípios que recorreu à ajuda financeira do PAEL - Programa de Apoio à Economia Local, tendo obtido um empréstimo de 4.872.327,01 €. E, não obstante, da leitura da acta (n.º3) da reunião ordinária da Câmara Municipal, realizada no dia 6 de Fevereiro de 2013, ficamos a saber que esta autarquia recorreu a outro empréstimo bancário no valor de de 670.000,00€, "considerando as pontuais e eventuais dificuldades de gestão de tesouraria desta Autarquia Local e considerando que durante o ano de 2013 pode, eventualmente, justificar-se o recurso a um novo empréstimo de curto prazo". fonte : Má Despesa Pública.

10 julho, 2013

3.000 casas atribuídas por cunha em Lisboa. Parasitas sugam impostos e recursos

CORRUPÇÃO casas lisboa apodrecetuga
  E o português também...  
VergonhosoAs leis permitem tudo, aos que as fazem à sua medida.
Foi este o país em que nos tornamos, um país onde o estado social serve para dar casas aos ricos, subsídios aos ricos, bolsas aos ricos, empregos aos ricos, e deixar na miséria quem precisa.
Os casos descritos em baixo são uma verdadeira e dolorosa ofensa, aos milhões de portugueses que estão a ser sufocados pelos impostos, e se debatem para não cair na pobreza e na rua.
Enquanto isso estes parasitas snobs e arrogantes, autênticos sociopatas, acham correcto usufruírem de casas sociais, para manter uma casa de reserva "para o caso de se divorciar" casa essa que nem deveria ter-lhe sido atribuida e faz falta a tantas famílias.
Foi norma na CML atribuir casa camarárias a funcionários, artistas, pessoas conhecidas, partidos políticos, ou simplesmente por cunha. Tudo isto está documentado e parece ser admitido pelos próprios responsáveis. Em 1989 o semanário "Tal&Qual" denunciou o que se passava com a atribuição de casas pelas CML. Passaram-se 20 anos sem nada se alterar.
"O director do Departamento de Apoio aos Órgãos Municipais, que integra a presidência da Câmara de Lisboa,  recebeu há 19 anos uma casa cedida pelo então autarca Krus Abecassis. Há sete anos que não vive lá. Esteve mais de um ano sem pagar os 95 euros mensais de renda pelo apartamento T1 em Telheiras e, por isso, o executivo camarário chamou-lhe a atenção. Em carta ao então presidente da Câmara, Santana Lopes, pediu desculpas pessoais, confessou "a dívida" e o "constrangimento" pela situação e colocou o lugar à disposição.
A demissão foi aceite. Mas a casa não foi devolvida.
Hoje, José Bastos é de novo director daquele departamento e na casa da Câmara mora agora o seu filho. O director tem razões para achar que não está a abusar, tanto mais que, no andar de cima, também mora o filho de uma outra dirigente da Câmara. Isabel Soares, actual membro da equipa do número dois da autarquia lisboeta, Marcos Perestrello, recebeu uma casa de 'renda técnica' há 18 anos. Há cerca de quatro anos pediu a opção de compra do apartamento por 10 mil euros. A então vereadora da Habitação, Helena Lopes da Costa, analisou o processo, classificou-o de "escandaloso" e recusou. Ao DN, Isabel Soares assume que o filho "está lá à luz do que é permitido".

09 julho, 2013

Coimbra com dívida de 72 milhões. Geridos pela incompetência?

corrupção governo estádiosOs governantes que elegemos para nos empenharem o futuro. Quantos desempregados haverá em Coimbra? E em Leiria? Quantos haverá que estão com rendas em atraso e refeições em atraso? Temendo o dia de perder tudo?
Porque construir estádios dá votos, dá dinheiro à banca e aos construtores reis das derrapagens ainda distrai os portugueses com jogos e picardias de futebol. E enquanto o povo dorme, eles esvaziam-lhes os bolsos e a dispensa. Enquanto o povo continuar desinteressado da politica e a faltar no dia de votar contra os corruptos, eles continuam satisfeitos e impunes, a roubar, a desviar e a esbanjar.
Mais uma, entre as muitas Câmaras, que em vez de servirem e atenderem as necessidades da população, são escravizadas e servem a ganância da banca.
Serventia à banca que persiste, com o apoio do governo, pois não coloca um travão de decência nestes antros de usura e abuso.
Fazem o que querem, cobram o que querem, impõem maus negócios a quem querem, como o foi o caso das swaps e da especulação imobiliária, que lesou os portugueses, desvalorizando o seu património em cerca de 20 a 30%, nos últimos anos.



Leiria empenhada e encurralada.
Estádio de Leiria custa 16.750 euros por dia à Câmara. Foram pagos 4,6 milhões de serviço da dívida relativos ao estádio, no ano passado. "Pecado" está a "penalizar os leirienses durante anos e anos". Mais de dez anos volvidos sobre a remodelação do estádio que, com juros, superou os 100 milhões de euros. O Estádio Municipal de Leiria, remodelado e ampliado para o Euro2004, num investimento de 88 milhões de euros, custa à autarquia diariamente 16.750 euros, estando ainda por pagar 48 milhões de euros de empréstimos. fonte

COIMBRA ASFIXIADA POR UM ESTÁDIO E PELA BANCA.
"O empréstimo contraído pela Câmara de Coimbra para construir o Estádio Municipal para o Euro’2004 representa quase 43% da dívida total da autarquia, que ascende a 72 milhões de euros. Só em amortizações de capital pelo empréstimo do estádio está previsto para este ano o pagamento de 1,5 milhões. Mas este valor não inclui os juros, que, em 2012, ascenderam a 243 mil euros.
A dívida do estádio, que no final do ano era superior a 23 milhões, "continua a pesar, mas temos de cumprir os compromissos assumidos no passado", diz o presidente da câmara, João Paulo Barbosa de Melo, ao lembrar que o projeto não foi da sua responsabilidade. Com uma dívida total de 72 milhões de euros, da qual 55 milhões são à Banca, a autarquia vê "reduzida a sua capacidade de manobra", reconhece o autarca. (...)" fonte

Mais investimentos insustentáveis
  1. Câmaras mais endividadas do país
  2. Mais estádios insustentáveis 
  3. Benfica sai caro
  4. Relvados de Braga, quem paga? Quem ganha? 
  5. Empreendedores ou caçadores de subsídio?
  6. Parque escolar, escolas públicas passam a pagar renda?
  7. Madeira insustentável 
  8. Piscinas insustentáveis. 
  9. Piscina dos Olivais
  10. Derrapagens incalculáveis 
  11. O caso da piscina de Braga. 
  12. As piscinas da Azambuja
  13. Grandes obras sem sustento
  14. Faz e desfaz, o povo paga.
  15. Mais piscinas
etc etc etc


08 julho, 2013

Barbaridade confirmada em Picoas... António Costa condena 10 milhões de euros dos nossos impostos, para o lixo

clique nas imagens para ampliar e ler

Aval de Costa para torre da PT
Num apertado perímetro das Picoas, o edifício, de 27 pisos, ergue-se entre a atual sede da empresa e o mercado lisboeta 31 de Janeiro - que será extinto. Controvérsia, adivinha-se.
Mais uma manobra despesista de António Costa. Uma obra pública que custou a todos nós 22,8 milhões, vai ser vendido aos amigos da PT, por 12 milhões?
Alguém consulta ou informa o pagante? O contribuinte? O otário do costume?

Tudo começou quando a PT indagou o Executivo camarário de Lisboa acerca das possibilidades de construir uma nova sede, onde concentrasse os serviços espalhados por prédios arrendados na capital. Ouro sobre azul: António Costa e o seu vereador do Urbanismo, arquiteto Manuel Salgado, apostam em fixar na cidade as grandes empresas e, também, em chamar de volta as que saíram para municípios vizinhos, sobretudo Oeiras.
Conta Manuel Salgado que, das três hipóteses consideradas, venceu a última, a das Picoas (as outras eram os terrenos da Feira Popular e os da Marconi). A razão principal reside no Data Center instalado no telhado do conhecido edifício laranja do Fórum Picoas, a atual sede da PT, que a empresa preferia não desativar.
Do projeto de edificabilidade apresentado pela autarquia à PT, consta uma torre de 27 pisos, a construir mesmo ao lado do Fórum Picoas, de maneira a que a empresa ali se mantenha e facilmente estenda as suas operações entre os dois edifícios.
A altura da nova sede da PT terá, no entanto, de ficar um pouco abaixo dos 100 metros do vizinho Hotel Sheraton (de 1972), por forma a respeitar a chamada "cota máxima definida pela aproximação ao aeroporto" da Portela, hoje em vigor.Manuel Salgado assegura que o Plano Diretor Municipal, publicado em agosto de 2012, "permite o projeto" da torre. Mas o dossiê implica a sentença de morte para o mercado 31 de Janeiro, situado demasiado perto (e inaugurado, há cerca de 17 anos, por um presidente socialista da CML, João Soares), que deverá ser alienado pela autarquia à empresa de telecomunicações por €12 milhões, e alvo de demolição, dando lugar a um outro edifício de dois pisos, para "lojas PT". visão

REINCIDENTE E SEM VERGONHA?
Vejamos: o vereador da Câmara de Lisboa Manuel Salgado vai fechar o quartel de bombeiros mais moderno de Lisboa para vender o terreno (público) à (privada) Espírito Santo Saúde, para extensão do Hospital da Luz, cujo arquitecto projectista é o próprio... Manuel Salgado.
O Arquitecto Manuel Salgado, que é primo direito de Ricardo Espírito Santo (esse mesmo!). ARTIGO COMPLETO: 

António Costa e o amiguismo com os grandes interesses...
Mais uma vez o património construído com os nossos impostos, os nossos sacrifícios e sem o nosso consentimento, são vendidos ou demolidos sem o menor respeito pelos nossos impostos, pelos nossos sacrifícios e sem o nosso consentimento!! E há quem ainda se atreva a não ir ás urnas lutar contra estes partidos que nos desgraçam há 40 anos?
António Costa, O homem  que queria colocar câmaras de filmar para vigiar entrada de carros velhos no centro da cidade de Lisboa, "preocupado" com a poluição... É o mesmo que negoceia às escondidas contra os serviços da CML um acordo de "cavalheiros" para melhor destruir a cidade de Lisboa, autoriza construir uma gigantesca torre de 27 pisos, na zona Picoas?.
Para isso tem que ser destruído o Mercado 31 de Janeiro? Mas o mais engraçado é que ao lado, tinham o antigo edifício Imaviz e seu centro comercial, que esses sim precisavam de ser demolidos e têm décadas, estão em maior decadência e esvaziamento, mas eles preferem o Mercado 31 de Janeiro, para vender por metade do valor próprio...
Um investimento que custou 22,8 milhões e que vai ser vendido por 12.

Joana Cardoso fez um artigo sobre os jardins suspensos e o jardim que era suposto envolver o CTT- Picoas. Também é engraçado ver o que os condóminos do mamarracho do lado que está ilegal (entradas das garagens por cima de terreno privado da CML - que vão ser inviabilizadas em parte por este projecto) vão fazer depois desta notícia.
Os comerciantes já se mexeram  a bem da Nação e dos seus negócios e o resto da população?
Leia as imagens, que contem outro artigo sobre o assunto, basta clicar em cima delas, para ampliar.

MAIS ESCÂNDALOS SOBRE ANTÓNIO COSTA
  1. Costa aprova mesquita que nos custará 3 milhões de euros
  2. Os despesismo e incompetências de António Costa
  3. As prioridades de António Costa, isenta Rock&Rio de 3 milhões de impostos?
  4. António Costa a grande ilusão, que serve a rede de clientes/parasitas do estado.
  5. Património oculto de António Costa
  6. AS CÂMARAS MUNICIPAIS E OS BOYS DE LISBOA
  7. António Costa gasta 92 mil euros em homenagem a colega. É a crise
  8. Director do SEF, suspeito dos vistos gold, foi nomeado por António Costa no governo Sócrates.
  9. António Costa é um email que traz consigo um insustentável anexo chamado "déjà vu".
  10. A mãe de António Costa também tem tacho?
  11. Os amigos e os favores, que o povo paga.
  12. Fazer que faz, mas desfaz... 
  13. PPP que não conseguiu travar
  14. Ribeira das Naus, o desperdício de 2 milhões, por birra?
  15. Habitação Social, 3000 casas oferecidas por cunha?
  16. Lista de vídeos sobre gestão pública danosa 
  17. O BES está em todas
Outros casos de demolição ou venda de património, sem respeito pelo contribuinte.
  1. Pavilhão atlântico.
  2. Ribeira da Naus e António Costa
  3. Venda de hospitais e não só??
  4. Piscina olimpica da Maia
  5. Auditório de Viana do Castelo
  6. Piscinas dos Olivais
  7. Piscinas de Braga
  8. Edifício da PJ, e as obras embargadas
  9. Pistas de carros!
  10. Piscinas sem nadadores, só para fazer dinheiro?
  11. Parque empresarial... sem empresas?
  12. Enriquecer amigos
  13. Muitas e muitas obras sem sustentabilidade

07 julho, 2013

Banqueiro espanhol Miguel Blesa, na prisão, sem fiança. Por cá... ?




"O ex-presidente da Caja Madrid Miguel Blesa voltou a ser enviado para a prisão, desta vez sem fiança, acusado de cometer diversas irregularidades aquando da compra do banco de Miami City National Bank.

Aquele que foi presidente da caixa de aforro madrilena (entretanto nacionalizada e convertida em banco) durante 14 anos é suspeito de apropriação indevida, falsificação de documentos e administração danosa, todos relacionados com a aquisição, em 2008, daquele banco da Florida. A prisão incondicional foi solicitada pelo sindicato Manos Limpias, que exerce a acusação particular. O Ministério Fiscal espanhol opôs-se, no entanto, ao envio de Blesa para a cadeia.

A decisão do juiz Elpidio José Silva aconteceu depois do ex-banqueiro ter sido chamado a declarar, esta quarta-feira, como acusado, junto a Ildefonso Sánchez Barcoj, também ex-administrador da entidade financeira. Segundo publica o diário El Mundo, a resolução do magistrado surge após este ter tido acesso a uma troca de correios electrónicos entre os dois executivos, em que estes falam sobre um "excedente" de 100 milhões de euros procedente da compra do banco de Miami.
Blesa já havia passado pela prisão no passado dia 16 de Maio, tendo permanecido menos de 24 horas na cadeia de Soto del Real, ao depositar uma fiança de 2,5 milhões de euros. Na altura, o magistrado considerou a compra da entidade financeira americana por 1117 milhões de euros como uma "aberração", por ter sido consumada em pleno "tsunami financeiro" e ter provocado um buraco de cerca de 500 milhões de euros." fonte

Em Portugal o escândalo do BPN, faz deste senhor um inocente. Um desfalque de 500 milhões, comparado com o do BPN, que se calcula em 9 mil milhões, são meros trocos, pois para a justiça portuguesa continua a ser pouco. Ainda está para vir o desfalque que faça a justiça portuguesa, funcionar. O país já parou, mas aos saqueadores, ninguém os para?


06 julho, 2013

Deputado oferece os seus serviços sem pudor... ao que chegamos!

deputado lamego vergonha corrupção
O deputado "cagão"

Esta é original.
Para o caso de alguém estar interessado em pagar, muito bem, pelos seus serviços. Nunca se deve desperdiçar uma grande oportunidade...
É essa, e sempre foi, a alma do negócio.
Não se trata de um escritório de advogado, ou um consultório médico, nem mesmo de um gabinete de contabilidade, mas sim da novíssima profissão liberal de, imagine lá... deputado!! A mediocridade não enxerga além de si mesma, já dizia Doyle e, antigamente este tipo de pessoas recebiam apropriado adjectivo mas hoje, ainda que tal aconteça pouco lhes importa... já perderam a noção do ridículo e a vergonha!

"Sim a fotografia é verdadeira. Sim o senhor existe de facto e é deputado (ou era) da Assembleia da República. Chama-se Aurélio Paulo da Costa Henriques Barradas e é deputado há duas legislaturas sem que (pelo menos eu) tenha ouvido falar neste nome uma única vez até me chegar esta pérola via correio electrónico. Habilitações Literárias: Licenciatura em Humanidades, Mestrado em História e Cultura Medieval Portuguesa e frequência de Doutoramento em História Medieval. Profissão: Professor do Ensino Secundário. Cargos que desempenha: Deputado na XI Legislatura.
Dizia o mail que me chegou: "numa das principais artérias da cidade de Lamego, não vai precisar de muita atenção para esbarrar numa original placa. Não se trata de um escritório de advogado, ou um consultório médico, nem mesmo de um gabinete de contabilidade, mas sim da novíssima profissão liberal de, imagine lá... Deputado!"

05 julho, 2013

Mais um estranho caso da promiscuidade entre a politica e os negócios?

cdu corrupção camara constancia
"O presidente da Câmara de Constância, Máximo Ferreira (CDU), e o anterior líder da autarquia e actual presidente da assembleia municipal, António Mendes (CDU), foram acusados pelo Ministério Público da prática de crime de prevaricação num processo relacionado com o Centro Ciência Viva (CCV) de Constância. Um equipamento que passou a ser gerido, após concurso realizado em 2007, por uma empresa de que o astrónomo Máximo Ferreira era sócio.

04 julho, 2013

O tachos da Ministra das Finanças, grandes exemplos vêm de cima.



Paulo Morais, expõe neste video a partir do minuto 4, um dos interesses obscuros dos tachos e boys; 
Manter secretos e longe do conhecimento público, factos que convém, aos gangs da corrupção, ficarem em segredo. Assim fica tudo em família, e os culpados por crimes, no governo PS serão mantidos impunes e protegidos, porque vários elementos do gabinete, são mantidos no seu posto mesmo quando mudam de governo, para garantir a impunidade e o secretismo.
Neste video fala-se do exemplo do PS, pois Maria Luís Albuquerque já vem do PS, mas obviamente este é um procedimento comum e não exclusivo do PS. Que vem confirmar a teoria de que a corrupção do PS ou do PSD, só pode prosseguir impune, porque estão todos em sintonia, e não em oposição como muitos inocentes portugueses, ainda acreditam.

Esta mesma história de Paulo Morais expõe como se mantém em segredo casos graves de corrupção, mas expõe também um outro acto de corrupção - O nepotismo. 
Muitos portugueses não o sabem mas o nepotismo é considerado um acto de corrupção pela observatório mundial da corrupção,"Transparency International", já que a definição de corrupção é:
"Os políticos e detentores de cargos públicos, tomarem decisões que em vez de beneficiar o publico, beneficiam-se a eles próprios. E não se trata apenas de envelopes cheios de dinheiro, pois estes senhores também tomam decisões (geram influências) que afectam as nossas vidas. A corrupção é o abuso do poder que lhes foi confiado, para ganhos privados. " fonte
Sendo assim usar cargos públicos para favorecer amigos e família com dinheiro público e dar poder público a amigos e família, para impor o interesse privado acima do público, é um acto grave de corrupção. Colocando isto por termos mais correntes... os famosos tachos e boys, não são apenas um acto descarado e sem vergonha, são corrupção e abuso de poder.