02 março, 2013

PASSOS COELHO NO TERREIRO DO PAÇO ALGEMADO


Clique na imagem para ampliar
Hoje na manifestação encontrei o Passos Coelho, preso e algemado, em cima de uma paragem de autocarro, no Terreiro do Paço. Decidi fotografar para partilhar...
Portugal está quase a salvo, só precisamos agora de prender todos os restantes corruptos que arruinaram Portugal. O problema é que são ás centenas e as paragens de autocarro não vão ser suficientes para albergar tantos larápios.
Eles andam por aí a nascer que nem pipocas nas jotinhas, a exercer que nem incompetentes, gerindo o nosso país e impostos, e a envelhecer rodeados de luxos e mordomias, ás custas da nossa ruína.
São já demasiados, de todos os partidos, mas essencialmente do PSD, PS e CDS...
Deram-se ao luxo de transformar Portugal num país quase impossível de se habitar. Um país onde é apenas agradável viver para políticos e amigos ricos.
Se conseguirmos algemar os corruptos que nos arruínam e vendem à banca estrangeira, talvez recuperemos o nosso Portugal, um país digno e agradável de se habitar... por todos.

7 comentários :

  1. Prendê-los não basta e alimentá-los não é solução.
    Estes vermes merecem a forca e o fogo para que esta praga de sanguessugas desapareça de vez.

    O poder deve ser do povo e de quem o representa sem sede de poder e de dinheiro...mas de serviço publico e de honestidade e justiça...

    ResponderEliminar
  2. Americo
    Começo a ficar contente pelas pessoas começarem a perceber qual a origem do problema dito "Portugal" atribuindo as culpas as pessoas da área dos partidos que governam, que de certa forma subscrevo, no entanto vamos cair na engrenagem da pescadinha com o rabo na boca de que tanto os portugueses adoram, e que talvez não seja por acaso, ora vejamos, se os governos existem são pelos porque os portugueses os colocaram lá, com o objectivo de os governos satisfazer os anseios dos votantes, não interessando se era sustentável pedir tudo o que lhe viesse à cabeça, até porque até a constituição garante "os direitos adquiridos" não importando saber se geramos mais valias para sustentar tal "bola de neve", assim questionarei, será, que os únicos culpados sejam só os governantes? qual a responsabilidade dos votantes? não misturando os que não votam, os que deixam o voto nas mãos dos outros e vão para o futebol,fado e fatima, ou deitam-se na cama da preguicite, o maior clube do mundo, suplantando nosso querido benfica.....rsrsrs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos deveriam saber, mas poucos sabem, que em 1975 conquistou-se a liberdade, mas em 1976 voltamos à ditadura disfarçada.
      Como e quando afastaram o povo do poder.
      O Grande Golpe terá estado nos números 1 dos artigos 285 e 286, a seguir transcritos: que colocaram todo o poder na mão dos políticos e afastaram o povo, para sempre desde 1976.
      Artigo 285.º - 1.A iniciativa da revisão compete aos Deputados.
      Artigo 286.º - 1.As alterações da Constituição são aprovadas por maioria de dois terços dos Deputados em
      efectividade de funções.
      Ou seja, o voto popular foi, afastado para sempre, das revisões constitucionais, permitindo que 2/3 dos deputados a ajeitem, como entendam conveniente, na defesa dos interesses da classe, maquilhando-os de “interesse nacional”. ARTIGO COMPLETO
      O mesmo se passa em Espanha, como podem ver neste video, de Antonio Garcia Trevijano, que garante que em Espanha não houve até hoje um único minuto de democracia.
      Ou ainda este, onde entrevistam José Saramago...
      Ou este, que alerta para a falsa democracia, das eleições.
      Nulidade do Poder do voto
      A perversão de um direito, Votar é uma maçã envenenada
      Insistir no erro, cegueira ou burrice?
      Votar é enriquecer parasitas?
      Como se destroem os países, protegidos pelas democracias falsas.


      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2013/03/2-marco-avenida-da-liberdade.html#ixzz2MUvPkUrc

      Eliminar
    2. Americo
      E será só em Portugal e Espanha? não me parece, pois infelizmente teremos de recuar aos primórdios dos tempos, para começarmos a entender, que afinal hoje como sempre fomos governados pelos mesmos e o povinho sempre foi o que é, salvo raríssimas excepções. Por isso não nos restam grandes esperanças, apesar da regra universal, que diz o seguinte,(só colhemos o que plantamos) e ai poderá ser, que um dia a mãe natureza faça uma purga geral, caso contrário, só restará aos seres de boa vontade existentes neste planeta para apelarem ás ínfimas consciências para fazerem a diferença neste mundo cinzento de humanóides que usufrui de tudo o que a natureza tem para dar, sem que reponha o mínimo dos mínimos de forma a equilibrar este jardim do sistema planetário.Por isso todos os seres deveriam questionarem quem são, o que vieram fazer aqui e para onde iram, de forma conscienciosa, e não da forma tradicional, ou seja através do pensamento e dos sentimentos, em que um leva à loucura de tanto pensar sem concluir nada e o outro leva ao "deus banco" para usufruir de toda a espécie de consumo para se premiar da sua angústia e sofrimento dum mundo que não entende e não faz o mínimo para compreender. Agora que o deus banco se foi começaram todos a reclamar, mas quando esta crise for resolvida logo o povo se há-de esquecer esta fase de sua vida, e daqui a 15 anos teremos outra vez o mesmo problema, foi, é e será assim...rsrsrs

      Eliminar
  3. Este um tema importantíssimo, sobre o qual gostaria de me alongar.
    Mas este não é o local...

    Posso, no entanto, adiantar que de futuro:

    - As jotas deviam ser proibidas nos partidos.

    - As "campanhas" eleitorais deviam ser APENAS na tv (com custos visados pelo TContas, antes e pós campanha).

    - Os partidos políticos não poderiam ter funcionários a tempo inteiro. Todo o trabalho será desenvolvido em regime de voluntariado e em horário pós-laboral.

    - Não poderiam ser inscritos como militantes nos partidos políticos cidadãos que nunca antes tenham exercido actividade profissional por um mínimo de 5 anos.

    - Não poderiam ser inscritos como militantes nos partidos políticos cidadãos sem formação política oficial, mínima de 180 horas lectivas.

    - Todas as áreas a nível dos 10º, 11º e 12º anos, teriam formação curricular obrigatória em "Estudo Constitucional Comparado" e "Funcionamento das Democracias", onde se comparariam diferentes constituições políticas e métodos de prática democrática.

    Tudo isto não resolve o problema mais grave do sistema: a corrupção.
    Mas acredito que ajudaria e muito.

    ResponderEliminar
  4. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK

    http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar