25 março, 2013

MERKEL ACHA QUE OS CONTRIBUINTES NÃO DEVEM SALVAR OS BANCOS?


  ÚLTIMA HORA  
Vejam neste video, Chipre evita o resgate do FMI (escapa ás garras da divida) pois e como afirma a Merkel, sempre defendeu que não devem SER OS CONTRIBUINTES a salvar os bancos???
Então em que ficamos? Será que o governo disse à MERKEL QUE O BPN ERA UM HOSPITAL? OU UMA LAR DE IDOSOS, DEMENTES? OU SERÁ QUE, ANDAM A FAZER DE NÓS OTÁRIOS? 


BPN??? Não foi um resgate? Afinal quem anda a enganar quem? A Merkel não sabe que os contribuintes portugueses foram forçados a resgatar o BPN? E que ainda continuamos a resgatar os bancos de parasitas que nos afundam? 
BANIF??
BPP??
12 MIL MILHÕES PARA A BANCA??
- "Bancos pediram 56 mil milhões de euros a 1% de juros para emprestar ao estado (OTÁRIO?) a 6% e a 5%, em Março 2012. cmjornal
Porque é que a Grécia teve uma negociação de divida mais suave e justa, que nós? Mas que raio de políticos temos nós que descaradamente não nos defendem? Está a passar os limites do descaramento. A traição não dava guilhotina? 
Condições para a Grécia, segundo o video.
    PONTO 1 - A  Grécia conseguiu uma redução dos juros de 1% (6 pontos base)com a desculpa que o seu empréstimo é bilateral (Alemanha e França) 

    PONTO 2  - Conseguiu também uma redução de 0,1% (10 pontos base) à comissão que o fundo cobra à Grécia, e esse nem desculpa deram para não se aplicar a Portugal... 
      PONTO 3 - A Grécia conseguiu alargar o tempo de vigência da divida de 15 para 30 anos... Portugal não precisaria de 30 anos, mas um pouco mais de espaço fazia-nos geito.
        PONTO 4 - E o mais escandaloso e injusto, é que a Grécia conseguiu um período de carência de 10 anos... ou seja, fica 10 anos sem amortizar divida, e apenas após esse período, é que começam a pagar... 
          José Gomes Ferreira diz que, talvez Portugal não precisasse de 10 anos, mas de uns 4 ou 5 de carência, pois segundo ele vai ser muito prejudicial para a economia nacional e das famílias, obrigar os portugueses a que em 2014 tenham que pagar 14 mil milhões de euros de amortização de divida, em 2015 pagaremos 17 mil milhões de euros e em 2016, 20 mil milhões de euros. E a Grécia? Nada!!!! fonte


          16 comentários :

          1. Chipre representa novo modelo de resgate dos bancos, diz o presidente do Eurogrupo"

            http://www.publico.pt/economia/noticia/chipre-representa-novo-modelo-de-resgate-dos-bancos-diz-o-presidente-do-eurogrupo-1589078

            A partir de hoje os senhores do Mundo, ficam com o poder absoluto de ROUBAR dinheiro das contas de quem lhes apetecer quando lhes apetecer.

            A HIPER-CORRUPÇÃO veste a pele de gente séria, que fala em linguagem técnica e indicadores.

            Como podem facilmente constatar os círculos internos do poder Banqueiro/Maçónico/Globalista facilmente ficam a salvo.


            http://www.dailymail.co.uk/news/article-2297383/Cyprus-bailout-President-Nikos-Anastasiades-warned-friends-money-abroad.html


            É dinheiro sujo da máfia Russa?
            E o dinheiro Sujo do Isaltino e de outros Isaltinos ainda mais nojentos que o metem na Suiça e outros paraísos?Estes não são máfia? São o quê?

            E quem tiver 100.000 Euros ganhos de forma justa?

            E se era máfia Russa é assim que lida com o problema?
            Sé é Máfia é porque pratica actividades ilegais, logo têm de ser presos e ir a tribunal e julgados. Agora é assim? É pá vamos sacar-lhes o dinheiro e pronto!!!!

            E nunca se sabe se os próximos não será bem menos de 100.000 Euros.

            Os banqueiros são a pior praga, a mais demoníaca espécie de parasitas que pode haver.

            Já houve antigos governantes que nos tentaram avisar sobre o poder macabro que a banca tem e quer ainda ter mais.

            Produzem ZERO, ganham BILIÕES.







            ResponderEliminar
            Respostas
            1. Estava a ver que nos tinha abandonado...
              Pois cada vez se percebe menos o que eles fazem e dizem, ora resgatam bancas ora não resgatam... enfim e nós entre os piores, com as prestações mais duras, o juro mais alto e os bancos todos a serem resgatados...
              Seremos otários, ou alguém percebe porque nós?

              Eliminar
            2. "Estava a ver que nos tinha abandonado"

              Nada disso, Zita.

              Vejo o blog todos os dias.
              Nem sempre tenho disponibilidade para comentar, ou algo a acrescentar ao que é exposto e muito bem descrito.

              Mas esta situação do Chipre cheira a podre. Eu não tenho pena de quem tiver dinheiro que tenha sido adquirido de forma desonesta, mas não é esta a causa ou o motivo por detrás.

              E como os resultados da nossa pérfida austeridade não estão a ser os esperados, estou mesmo a ver que vão tentar usar esta tácita mafiosa em Portugal. Espero que não, mas já nada me surpreenderia.

              Repare que eles fartaram-se de dizer que o caso do Chipre era excepcional e único e agora já estão subliminarmente a dizer que isto pode ser solução para outras economias "mal estruturadas".
              E os que estão no "inner-circle" sabem de antemão e desviam o dinheiro para outro lado facilmente.



              Eliminar
            3. Caros amigos: O "desviar do dinheiro" é uma ardilosa mentira que os sangue-sugas da finança ( e os seus esbirros ) usam diariamente para manter os seus esquemas.

              O dinheiro ( Chipre é um off-shore, o dinheiro lá colocado está, invariavelmente, ligado ao crime) só é desviável para local com melhor alternativa ECONÓMICA para ser "lavado".

              Ora acontece que, num contexto de crise global, não existem melhores locais económicos e os off-shores são todos equivalentes em contrapartidas financeiras (quase nulas).

              E o dinheiro sujo, onde quer que esteja, não tem actualmente aplicação atraente.

              As "dívidas soberanas" foram o último esquema dos off-shores (parte importante dos chamados "mercados") para sacarem dinheiro a quem trabalha.

              Mas a travagem económica que esse esquema provocou e provoca, acaba por deixar esse dinheiro parado, sem colocação, seja no Chipre ou nas Cayman...

              Eliminar
            4. Neste video, Gerome Celente, expõe a falsa democracia, ao abrigo da qual banqueiros falidos, políticos gananciosos e burocratas manhosos, saqueiam as nações para pagar os erros e buracos feitos por eles próprios. obrigam o povo a assumir e a pagar para que eles não sofram perdas nunca.
              Com a desculpa que não se pode deixar cair um banco ou uma determinada empresa... prejudica-se uma nação inteira que se afunda para salvar um banco. É óbvio que se deve deixar cair um banco falido como o BPN e jamais tirar ao povo para sustentar estes vermes! NÃO VIVEMOS NUM REGIME DEMOCRÁTICO, ISSO É PURA FANTASIA, VIVEMOS NUM REGIME FASCISTA NO SEU PIOR MODELO!

              https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=tv4WyOQedj4#!

              Eliminar
            5. ; )
              Neste video, Gerome Celente, expõe a falsa democracia, ao abrigo da qual banqueiros falidos, políticos gananciosos e burocratas manhosos, saqueiam as nações para pagar os erros e buracos feitos por eles próprios.
              Saqueiam os povos para sustentar luxos das elites.
              Ele explica ainda que o crescimento constante é impossível e

              ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/11/video-expoe-falsa-democracia-estamos.html#ixzz2OfJV1cOg

              Eliminar
          2. Concordo com Pedro Lopes. Os bancos são parasitas que nos consomem todo o nosso sangue. Pensem só em alguém que tenha uma empresa de média dimensão, tem de usar os bancos para mais fácilmente pagar contas, ordenados, guardar dinheiro para investimentos, etc. E estes coitados de repente tiram-lhes assim de um dia para o outro parte do dinheiro? A nós também continuam a tirar e com estes subservientes drones de meia-leca, vai ser muito mais difícil destrui-los, condená-los, irradicá-los, ou seja lá o que for. Pois quando estes bonecos mal amanhados sairem logo encontram outros para fazer este trabalho sujo. Enquanto as pessoas não perceberem bem o que lhes estão a fazer, não saímos deste registo da total pacatez e estupidez.

            ResponderEliminar
          3. Atenção: o BPN é um caso de polícia.

            Trata-se de ROUBO, ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA E ABUSO DE CONFIANÇA, NO MÍNIMO...

            Os bancos de Chipre e outros, foram "vítimas" da sua avidez pelo lucro, comprando títulos de sustentação desconhecida, logo sem o rigor ético a que a sua actividade os obrigava mas, NÃO ACTUARAM CONTRA QUALQUER LEI.

            Uma excepção: O Citybank, em 1998, quando se fundiu com uma das maiores correctores dos EUA a SSBarney.

            Infelizmente Bill Clinton, no ano seguinte, revogava a lei que tinha sido transgredida...

            Além disso, a contradição entre economistas e os papagaios políticos que repetem os disparates que eles semanalmente vão balbuciando, é uma constante. O que hoje é verdade amanhã é mentira.

            Vivemos num mundo a saque da finança, com a mesma desumanidade com que na idade média se invadiam e queimavam territórios.

            Só que estes "conquistadores" não têm rosto... mas têm sede: a do Goldman & Sachs!



            ResponderEliminar
            Respostas
            1. "Só que estes "conquistadores" não têm rosto... mas têm sede: a do Goldman & Sachs!"

              São os nómadas.
              Antigamente assambarcavam o que outros produziam a cavalo e espada, agora é com a finança e o dinheiro de papel.

              Mas não é só o Goldman Saques. Eles escondem-se por diversas instituições. CFR, Bilderberg, trilateral commission, tavistock institute, Skull And Bones, etc.

              São redes altamente poderosas, acima de qualquer lei, acima de qualquer governo ou nação.

              Era lindo um dia serem todas desmascaradas de forma contundente e para sempre.


              Eliminar
          4. era importante que este blog fosse falado de alguma forma nos canais de televisao...
            pouca gente conhece, infelizmente!
            parabens pela atitude e esforco da blogger!

            ResponderEliminar
            Respostas
            1. Eu bem tento divulgar, mas as pessoas esforçam-se demasiado para não querer saber...

              Eliminar
          5. Acontece que por mais que a gente tente, os amigos que até tem muitos amigos no (facebook) por exemplo, e que poderiam divulgar este site, evitam a todo custo se comprometer... é muito díficil fazer as pessoas pensarem. Noto que já há alguma inquietação, mas muito pouca ainda. Grande parte da população quer saber de novelas, jogos etc... Enfim!!!!

            ResponderEliminar
            Respostas
            1. Aconselhar um site a um amigo não é um crime e parece que ao acedê-lo não compromete ninguém. Ainda temos um pouco de democracia, liberdade de expressão, etc.,não é verdade.!
              Eu cheguei a este site através de um comentário no jornal O Publico.
              As pessoas só se preocupam quando a crise lhes cai diretamente em cima.
              É de lamentar a falta de solidariedade neste país em relação aos que já estão em apuros. Os que estão ainda numa confortável situação, nada fazem para mudar essa situação. Num futuro bem próximo.....

              Triste, muito triste!!

              Eliminar
            2. As pessoas tem muito medo, quase todos os dias recebo pedidos de pessoas para divulgar ou investigar determinado caso, e pedem sempre anonimato, porque tem medo.
              No facebook as pessoas perdem mais o medo, como se pode ver a minha página chega a ter centenas de partilhas por cada artigo.
              O problema é que em Portugal, há uma vasta faixa de eleitores que são analfabetos politicos ou analfabetos da internet.
              Nós não possuímos o mesmo poder de propagação da nossa mensagem , que os políticos, que tem direito a todos os meios de comunicação.
              Esses "analfabetos" estarão sempre subjugados pela manipulação dos políticos, sem possibilidade de confrontar com outras ideias.
              Falo de milhares de pessoas que vivem no campo profundo entre os 45 anos de idade e em diante, que nunca viram mais nada para além da TV e rádio.
              Nunca saberão que já há locais em Portugal onde se tratam os politicos por ladrões e corruptos, e se sabe que muitos deles são verdadeiros ases do crime.
              Essas pessoas, todas as vezes que há eleições, são levadas em autocarros para as urnas de voto, onde se dão bandeirinhas e canetas com as cores e os simbolos em que devem votar, e o povinho grato pelas prendas e pelo passeio, votam...
              ^
              E é assim a democracia do voto irresponsável, por isso é tão importante para eles os políticos, o poder local, onde instalam os seus fieis missionários.

              Depois temos este miserável facto, que nos permite perceber a amplitude do analfabetismo....

              "41% DOS PORTUGUESES NUNCA SURFARAM NA NET" os portugueses continuam a destacar-se entre os europeus que nunca usaram a Internet. http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/08/a-internet-em-portugal-e-um-meio-pouco.html


              Eliminar
          6. O nosso ''alfabetismo'' é realmente trágico mas devagar lá iremos.
            Uma sugestão!! Sei que dá muito trabalho mas porque não tentar internacionalizar este site?
            Se os políticos não se envergonham perante os nacionais talvez tenham mais cuidado com o que os estrangeiros pensam. Às vezes resulta!
            Não nos devemos esquecer que as denúncias aqui apresentadas são em muito semelhantes às que se passam noutros países em crise e creio que até poderão estar, direta ou indiretamente, ligados a alguns casos, envolvendo bancos e outros negócios obscuros nos mesmos.
            A excelente qualidade do site merece, pelo seu delicado e importante conteúdo, ser intercionalizado, julgo eu.

            ResponderEliminar
            Respostas
            1. Já enviei alguns artigos para o FMI e para o tribunal europeu, mas eles não devem estar interessados, eles querem mesmo é países arruinados pelos corruptos, para terem escravos da divida a enriquecer a banca internacional.
              Quanto a internacionalizar, nem sei como se pode fazer isso... eu tenho muitas visitas do estrangeiro, não sei se são portugueses ou estrangeiros, mas tenho várias e alguns regulares, mas não saberia internacionalizar isto.
              Além do mais, creio que se fico muito conhecida, ainda vou parar atrás das grades ....

              Eliminar