28 fevereiro, 2013

QUE SE LIXEM OS CORRUPTOS POLÍTICOS, QUE NOS VENDERAM À TROIKA



 QUEREMOS O NOSSO DINHEIRO 
 DE VOLTA 


O que devemos exigir?
Não desperdice mais uma luta.
Não permita que nos conduzam contra os falsos inimigos. Todos contra a corrupção politica. 
Tal como na Islândia, queremos a constituição, nas mãos de quem defende o povo e o país - O POVO!!! 
Não adianta correr com a troika, ou depor governos, eles voltam todos...
   EXIJAMOS A CONSTITUIÇÃO!!!   

1º - A CONSTITUIÇÃO NÃO PODE CONTINUAR NA MÃO DO INIMIGO, TEMOS QUE A EXIGIR E RESGATAR!
Reparem bem na sacanagem. Qual democracia?
Como e quando afastaram o povo do poder.
O Grande Golpe terá estado nos números 1 dos artigos 285 e 286, a seguir transcritos: que colocaram todo o poder na mão dos políticos e afastaram o povo, para sempre desde 1976.
Artigo 285.º
- 1.A iniciativa da revisão compete aos Deputados.
Artigo 286.º
- 1.As alterações da Constituição são aprovadas por maioria de dois terços dos Deputados em 
efectividade de funções.
Ou seja, o voto popular foi, afastado para sempre, das revisões constitucionais, permitindo que 2/3 dos deputados a ajeitem, como entendam conveniente, na defesa dos interesses da classe, maquilhando-os de “interesse nacional”. ARTIGO COMPLETO
Este foi o primeiro passo que os islandeses deram para repor a democracia, sem este passo, tudo voltará ao mesmo, todos os que chegarem ao poder, podem fazer o que quiserem.
2º- NÃO É A TROIKA QUE TEMOS QUE ESCORRAÇAR, SÃO OS POLÍTICOS CORRUPTOS. 

QUEM NEGOCIOU COM ELA
QUEM NOS SAQUEOU E OBRIGOU A PEDIR A ELA
QUEM NOS ENGANOU E NOS ESCRAVIZOU AOS JUROS DELA.
A nossa luta deveria ser contra a corrupção!!!
As greves, deveriam ser contra a corrupção.
O ódio deveria ser contra os corruptos.
As manifestações deveriam ser para acabar com a corrupção.
A revolta e indignação deveria ser contra os que nos saqueiam, há décadas. 
A troika vai, mas a corrupção fica e a troika volta... 

Temos que  mostrar que sabemos a verdade, que já a conhecemos, que a abominamos e estamos decididos a acabar com ela... Só assim é que conseguiremos obter respeito por parte dos desavergonhados que fazem de nós otários - os políticos.
Como querem que eles tenham medo de roubar, de enganar, de mentir, de manipular? Se os portugueses se distraem e esquecem tudo que eles fazem?
Como querem que eles respeitem os vossos impostos e os vossos direitos se vocês os esquecem facilmente?
A CULPA É DA TROIKA OU DA MERKEL? OU SERÁ DE QUEM ELEGEMOS?
QUEM GERIU CRIMINOSAMENTE OS IMPOSTOS DOS PORTUGUESES?
QUEM INVENTOU, MONTOU E SAQUEOU O BPN?
QUEM ACEITOU OS CONTRATOS RUINOSOS DAS PPP?
QUEM "DOOU" PARTE DO EMPRÉSTIMO DA TROIKA À BANCA?
QUEM ESCOLHEU SEMPRE SALVAR OS BANCOS?
QUEM ELEGE CORRUPTOS E CRIMINOSOS PARA GOVERNAR PORTUGAL?
A TROIKA NÃO EMPRESTOU DINHEIRO PARA OS CORRUPTOS TAPAREM OS BURACOS DA CORRUPÇÃO E MÁ GESTÃO
A TROIKA NÃO DÁ ORDENS AO GOVERNO PARA NÃO CORTAR NOS LUXOS E CORTAR NOS POBRES ARTIGO COMPLETO

É urgente deitar por terra a ideia inabalável e implantada, de que os políticos só porque são políticos são senhores de mérito, de confiança, respeitáveis e respeitadores... É URGENTE FAZER RUIR A CREDIBILIDADE DESTES SENHORES, DIVULGAR AS SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES E ACÇÕES...  SÓ ASSIM CONSEGUIREMOS O INICIO DO FIM DELES ... POIS JÁ BASTA ...

13 comentários :

  1. A Criminalização e responsabilização dos politicos já e como os impostos com efeito imediato e retroativo. Justiça Sempre

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK

      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar

  2. Ainda bem que o fundamental não nos está a escapar...

    Vão ser necessários cartazes a exigir para o Povo o que só a ele lhe pertence: o presente e o futuro da Constituição da República Portuguesa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois o problema é que isto é apenas uma ideia minha, a maior parte das pessoas está a ser desviada pela fixação anti troika em vez de se focarem na essência da coisa. Eu estou a tentar fazer ver o outro lado das coisas, mas estou isolada ao que parece...

      Eliminar
  3. O título do post devia ser o tópico dos cartazes,claro.
    A imprensa e os partidos têm-no evitado muito hábilmente.
    De tal modo que o nome de Sócrates é impronunciável desde que saiu de cena.Também o do seu fiél escudeiro Teixeira dos Santos.
    Com esta manobra,as culpas sobram para a crise internacional,a sra Merkel ou para a falácia de que os portugueses viveram acima das suas possibilidades(uns) e agora têm que pagar(outros).
    É curioso e deve-se notar o colaboracionismo dos partidos fora do arco do poder,PCP e BE,que apontam todas as baterias para uma direita imaginária,a Tróika e a Alemanha.
    A estratégia do braço sindical do PCP contribuiu ao longo dos anos para muita despesa pública injustificável,para um peso insustentável do sector público que só não oprimia os restantes portugueses dada a entrada de dinheiro fresco proveniente da UE e por fim,do endividamento irresponsável.
    Toda esta coluna de políticos que gravitam em torno do poder,desde o poder local ao poder central,são objectivamente responsáveis pelo estado miserável a que Portugal e os portugueses chegaram.
    E.é escandaloso que no meio de tantos sacrifícios continuem a haver ilhas de abastança e luxo provenientes do exercício de cargos públicos ou dependentes do Estado.
    A austeridade é selectiva.
    Por outro lado,quem cometeu crimes e desvios goza de impunidade.Ou seja,um ladrão que roube um cidadão é condenado criminalmente,outro que roube 10 milhões de cidadãos está fora do alcance da lei e da justiça.
    Por isso nem participo naquelas manifestações onde circulam cartazes com slogans imbecilizantes,quase todos inspirados pelos mesmos partidos que nos arruinaram e destinados a servir de engodo para canalizar o descontentamento e a fúria para longe dos verdadeiros alvos a que deveriam ser dirigidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, era bom que as pessoas percebessem isso, toda a força da revolta está a ser domesticada e canalizados para um caminho sem consequências.

      É o mesmo que uma inundação... aproxima-se um braço de água gigantesco, poderoso e pujante de revolta, por isso destrutivo.
      Segura-lo é impossível pois a água acumular-se-ia até rebentar e regressar mais forte ainda.
      Combate-lo seria inglório, são demasiados.
      Portanto o mais fácil é criar um canal que o afaste da zona a proteger e deixa-lo correr inofensivo até desaguar no mar ... e se perder amansado no mar imenso que é a culpa abstracta de ninguém, onde não haverá feridos nem objectos ou objectivos atingidos....

      Eliminar
    2. Um tanto filosófico- poético, mas gostei Zita.
      Não foge muito da previsível realidade. Mesmo sendo ateu, ouso clamar - ''Deus nos acuda..."

      Eliminar
    3. Vocês falam do essencial, do que realmente é importante fazer neste país. Infelizmente não se vê nenhum político nem muitos portugueses a falar nisso. É preciso fazer algo. Na minha opinião, devemos começar por describilizar totalmente a classe política portuguesa e não por sequer os pés nas salas de votos.

      Eliminar
    4. É urgente deitar por terra a ideia inabalável e implantada, de que os políticos só porque são políticos são senhores de mérito, de confiança, respeitáveis e respeitadores... É URGENTE FAZER RUIR A CREDIBILIDADE DESTES SENHORES, DIVULGAR AS SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES E ACÇÕES... SÓ ASSIM CONSEGUIREMOS O INICIO DO FIM DELES ... POIS JÁ BASTA ...

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2013/02/que-se-lixem-os-corruptos-politicos-que.html#ixzz2MNy3kMUJ

      Eliminar
    5. Para quem nasceu e viveu na era do ESTADO NOVO não estranha o percurso acéfalo duma estirpe politica que tem governado durante quase 4 décadas e que, além de ter espoliado toda a riqueza que foi herdada, atirou o POVO para a fronteira da pobreza. Iniciou-se agora um novo ciclo e é imprevisível o seu desfecho mesmo que, com a complacência dos países da Europa e verdadeiramente democráticos podermos chegar ao mesmo patamar deles,o que só seria viável se baníssemos os corruptos e toda a cáfila de embusteiros que assolaram o País e com quem a própria Justiça pactua.

      Eliminar
  4. http://www.youtube.com/watch?v=ZRMDwaWROA4

    ResponderEliminar
  5. Está insuportavel. Espero do fundo do coração que se comece a fazer coisas mais a sério como destruir-lhes a vida. Tipo ucrania, á bruta, mas contra politicos. Já nao dá pra lutar mais.

    ResponderEliminar
  6. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK

    http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar