06 fevereiro, 2013

Passos Coelho e António Seguro apanhados a conspirar.

     Votar por tradição no
 PS/PSD/CDS 


Na realidade acho que não é preciso apanhar os nossos políticos da actualidade, a conspirar, já todos sabemos que eles o fazem, e contra nós. Por essa razão se protegem, de nós, atrás de uma justiça inerte. Que permite que, por mais que saibamos o que eles andam a tramar, não possuímos forma de os travar, de os prender, ou de os demitir, ou de nos defender? Por essa razão, estamos cada vez mais pobres e eles mais ricos.
Resta-nos uma arma... votar contra eles.

Achei interessante partilhar um video que mostra a forma como se manipulam as pessoas para as convencer a dar dinheiro a verdadeiros burlões.
Imaginem os nossos políticos a explicar aos portugueses que se ficarmos mais pobres iremos crescer, se ganharmos pior, iremos ficar mais ricos, se descontarmos mais impostos iremos ter mais estado social, se destruirmos a economia, iremos ter melhor economia, se criarmos desemprego iremos ter melhores oportunidades....
Veja o video e entenda o ridículo... Mas lembre-se ... O nível de estupidez do manipulador é nivelado pelo nível de estupidez das massas, a quem se dirige. E isso é preocupante, não só saber que existem manipuladores mas saber que existem multidões que acreditam em coisas tão ridículas tão obviamente falsas.
Veja o video...



Um bispo de uma igreja ensina como manipular fieis e leva-los a dar dinheiro a troco de nada. Acha que alguém cai nesta? Pois parece que há milhões que caem, estes bispos estão milionários.

Já todos sabemos que os que se julgam donos da democracia, e estão ricos graças à exploração e degeneração da democracia, pagam equipas de estudiosos, equipas de especialistas em manipular o cidadão.
Já todos sabemos que eles estão dispostos a tudo para deitar a mão ao pote.
Já todos sabemos que eles adoram o poder público com que beneficiam amigos e família para toda a vida
Já todos sabemos como eles adoram o dinheiro público, com que enriquecem família e amigos para toda a vida.
Já todos sabemos que eles mentem
Já todos sabemos que não tem vergonha
Já todos sabemos que eles não tem dó nem piedade dos portugueses que empurram para a pobreza.

É frustrante... saber que este video e outros semelhantes circulam na internet... e ainda existem milhões de fieis/ eleitores a aderir à seita do partido ou igreja deles, e a votar neles e cada vez menos votam contra eles.
Vamos tomar o voto a nosso favor e votar contra os que corrompem o sistema. Vamos finalmente votar e deixar-nos de mentiras e crenças falsas de que o voto nulo, branco ou abstenção, possuem algum poder ou valor.
Os corruptos fazem tudo para levar os eleitores a acreditar que a abstenção e o voto nulo e branco, possuem um valor institucional.
No entanto esse valor, é apenas o que o eleitor vê, porque na realidade não possuem valor nenhum. Serve apenas para desviar e desperdiçar milhões de votos que poderiam ser usados contra eles, que são desviados para o vazio. Para a nulidade.

Está bem explicito na lei que apenas os votos válidos possuem valor e legitimam, só por si, aquele que tiver mais votos válidos, independentemente dos brancos, dos nulos, da abstenção e dos que os eleitores rabiscam com piadinhas de ódio ou de descontentamento...
Para os políticos corruptos, enquanto o povo estiver entretido a manifestar o seu descontentamento e revolta, em casa abstendo-se, de forma inócua, e inofensiva, eles estão tranquilos a ganhar eleições sem qualquer luta ou esforço, bastam os militantes e amigos votarem, que o poleiro está garantido... nada nem ninguém se opõe. Os eleitores continuam a brincar ás revoltinhas ilusórias pensando que estão a punir os políticos com votos nulos e com a abstenção...
Uns dizem que a abstenção é um "não" ao sistema, outros dizem que é uma revolução, outros dizem que é uma negação do do regime... no entanto esquecem-se que perante a lei a abstenção não passa de uma vontade do povo de não votar, ou por desleixo, ou por preguiça, nada mais que isso e ninguém, por muito sentimental que seja, pode atribuir à abstenção um significado ou valor que a lei não lhe confere.
Porque se assim fosse, então era uma maravilha... bastava dizer que a abstenção significa que queremos uma democracia participativa... ou ainda que a abstenção significa que queremos deixar de pagar impostos... e que tal dizer que a abstenção deveria significar que queremos os corruptos presos e o dinheiro devolvido? 
Bem poderíamos ficar aqui horas a inventar significados para a abstenção, mas a verdade é que ela tem um significado que é um e apenas um: Abstenção é a manifestação da liberdade do povo que não quis votar.  Não quis participar na escolha, portanto aceita a escolha dos outros, é assim mesmo em democracia. Somos livres de escolher, tal como temos que aceitar as escolhas dos outros.
A liberdade de uns, termina onde começa a dos outros. Está bem claro na lei que a vontade do povo tem que ser respeitada. Abster-se é uma vontade apenas de não votar, nenhum documento oficial diz que não votar é um não ao sistema.
Não continuemos a cair no mesmo erro.. já basta.

Basta de dar poder aos corruptos, basta de dar poder a quem te rouba. Se és contra quem te rouba, manifesta-te, vota contra eles. 

13 comentários :

  1. TGV para mercadorias?
    Ridículo!

    PPCoelho já engoliu mais esta "gordura".

    Com tanta mentira, tanto desplante, quem ainda terá a coragem de o olhar sem vomitar?

    PPCoelho: O maior verme que alguma vez geriu o país...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Não sei para que é que querem gastar dinheiro no TGV quando poderiam
      perfeitamente oferecer um Porsche a cada português."

      Luís Campos e Cunha - ex Ministro das Finanças

      Eliminar
    2. Governo pagou mais de 12 milhões em indemnizações por não fazer o TGV http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=624649&tm=9&layout=121&visual=49

      Eliminar
    3. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar


  2. “Two things are infinite: the universe and human stupidity; and I’m not sure about the universe.”

    Albert Einstein

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Ajustamento ou transvaze

    "Se os sacrifícios que os portugueses estão fazendo resultassem na redução da dívida, reequilíbrio das contas públicas e numa economia mais competitiva e capaz de criar emprego para os jovens valeriam a pena e até o luso-boche Ulrich teria razão, o povo aguentava esta austeridade e muita mais.

    Mas a verdade é que apesar da austeridade brutal, dos cortes no Estado Social e do aumento de impostos o défice público só não aumenta mais porque as contas são aldrabadas com operações contabilísticas que irão gerar ainda mais défice a médio prazo. Apesar de os portugueses estarem a consumir muito abaixo do que seria de esperar a dívida externa mantém-se e com todos os cortes a dívida soberana cresce exponencialmente.

    Significa isto que a política económica de Vítor Gaspar está a correr mal? Não, os banqueiros andam felizes como não se viam há dois anos, o pequenote do BCP gaba-se de despedir mil trabalhadores e tem razões para se gabar, o Estado deu-lhe uma ajuda suplementar ao complementar rescisões amigáveis com subsídios de desemprego. O Ulrich é um verdadeiro pitbull ideológico do governo, a sua dívida de gratidão é tal que faz lembrar os cães que guardavam os túmulos dos faraós, sempre alerta e de orelhas espetadas, pronto a morder em quem ousar criticar o governo. Mais pitbull do que ele só mesmo o grande merceeiro que consegue descobrir que uma reunião da administração da antiga SLN podia ser transformada em reunião do conselho de ministros, que o país ficaria bem servido.

    Ora, se Portugal consegue ir aos mercados, os banqueiros estão felizes e até o Cavaco anda calado não há razões para duvidar de que tudo está a correr às mil maravilhas. O abandono do país por parte dos jovens mais qualificados não é problema, a grande aposta do Gaspar é num modelo de crescimento assente na mão de obra pouco qualificada, é por isso que o país desinvestiu na formação e no ensino e nada faz para suster a emigração do saber.

    E porque motivo estão os patrões da banca tão felizes? A razão é simples, durante décadas acumularam lucros, fugiram aos impostos, enriqueceram com o excesso do consumo, ganhara com a especulação nas dívidas soberanas, corromperam a classe política, mandaram no país. Na hora da crise montaram uma imensa patranha, elegeram um governo de direita que disse ao povo que tinha culpas por ter vivido acima das possibilidades e com o mais toikismo do que a troika promoveu-se um imenso roubo para financiar os banqueiros e evitar a sua falência.



    Façam-se as contas ao dinheiro do BPN, do BANIF, do BPI, do BCP e do fundo de pensões da banca privada (esqueceram-se do fundo de pensões do BdP) e facilmente se perceberá que mais euro, menos euro vai dar o total dos cortes na despesa e do aumento dos impostos, deduzida a quebra nas receitas ficais.

    O ajustamento não passou de uma imensa mentira, mais do que um ajustamento o que sucedeu foi um transvaze de riqueza dos pobres e da classe médias para os Ulrichs que andaram a brincar com o dinheiro dos seus clientes especulando com a dívida grega e ficaram à beira da falência. O país está pior, destruiu riqueza, perdeu muitos cérebros indispensáveis ao seu desenvolvimento, destruiu empresas e empregos, acabou com a esperança no futuro. A dívida externa aumento, o défice disparou, a dívida soberana cresce em flecha, mas os Ulrichs estão contentes, o do BPN foi ao bolso dos contribuintes, o do BCP despediu com a ajuda de dinheiros públicos e o do BES entreteve-se a fazer correcções na declarações do IRS, graças à miséria imposta a muitos portugueses estão salvos, a sua riqueza já está a valorizar, os seus bancos já apresentam lucros, os seus accionistas estão contentes com o seu desempenho." - http://jumento.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixei de comentar no "jumento" porque é um blog que censura os comentários.

      Este texto, lá escrito, é contudo um boa interpretação da realidade:
      Piores que os políticos são os banqueiros.

      Mas piores que os banqueiros, são as famílias que os pariram e das quais herdaram a arrogância, a táctica de manipulação do poder além de todas as facilidades que o dinheiro compra.

      De facto, a mafia italiana, é em tudo semelhante, só que usa a eliminação física de quem a incomoda.
      A mafia portuguesa prefere a eliminação social: A pobreza. A doença. A fome.

      Estamos entregues aos bandidos!

      Só os traidores à razão dos portugueses podem ter contas abertas no BPI.
      Ulrich deveria provar o sabor da sua sobranceria!

      Eliminar
  5. TUDO PRESO JA!!!
    LEI ELEITORAL: Artigo 152º
    ( Coacção e artifício fraudulento sobre o eleitor ou o candidato )
    1. Aquele que usar de violência ou ameaça sobre qualquer eleitor ou que usar de enganos, artifícios fraudulentos, falsas notícias ou de qualquer outro meio ilícito para o constranger ou induzir a votar em determinada lista ou a abster-se de votar será punido com prisão de seis meses a dois anos.

    https://www.youtube.com/watch?v=86BZjm0yU78

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As leis em Portugal não se aplicam aos políticos, ricos e poderosos.
      Este governo foi uma grande fraude desde o início e parece nada haver de jeito que o substitua.
      A nação em si, da esquerda à direita, foi sempre corrupta.

      Eliminar
    2. Este governo e os outros foram uma fraude, a lei e a impunidade foi igual para todos.

      Eliminar
  6. «Veja o video e entenda o ridículo... Mas lembre-se ... O nível de estupidez do manipulador é nivelado pelo nível de estupidez das massas, a quem se dirige.»

    ohohohohoh! a democracia no seu melhor. O tal de governo do povo e para o povo!!!
    Ahahahah!
    Mêeee

    ResponderEliminar
  7. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
    http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar