14 outubro, 2012

O verdadeiro espírito do militante. Generosos com o que não têm. (anedota)

carro luxo miguel relvas mercedes
- Se tivesse dois apartamentos de luxo, doaria um para o partido?
- Sim - respondeu o militante.
- E se tivesse dois carros de luxo, doaria um para o partido?
- Sim - novamente respondeu o valoroso militante.
- E se tivesse um milhão na conta bancária, doaria 500 mil para o partido?
- É claro que doaria - respondeu o orgulhoso companheiro.
- E se tivesse duas galinhas, doaria uma para o partido?
- Não - respondeu.
- Mas porque doaria um apartamento de luxo se tivesse dois, um carro
de luxo se tivesse dois e 500 mil se tivesse um milhão, mas não doaria
uma galinha se tivesse duas?
- Porque as galinhas eu tenho.

6 comentários :

  1. É fácil dar aquilo que não é nosso nem nos custou sacrifícios.
    Foi o que fizeram com a Segurança social.
    Deram tudo a quem nunca fez nada nem quis trabalhar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Liberdades e abusos contra as quais nos foi retirado o direito de nos defender.

      Eliminar
  2. Recordo as milhentas manobras de políticos corruptos, ao longo da história e na actualidade, um pouco por todo o mundo.

    O que fará as pessoas os suportarem ou votarem neles, uma e outra vez?

    Existindo meios tecnológicos capazes de minimizar o flagelo da corrupção - talvez o mais importante dos nossos dias - porque será que as multidões não se juntam para impor esses meios mas, são capazes de se mobilizar para protestar, regularmente, pelas suas inúmeras e graves consequências?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Questão pertinente-
      Talvez o povo desconheça o poder que tem e devia exercer.
      Tolerância a mais?
      Ignorância a mais?
      Falta de ideias para alternativas?

      Eliminar
  3. Bom dia, Zita !

    Excelente retrato do "militante" dos partidos do arco da governação.

    Se é grave que cada um dê aquilo que não tem, muito mais grave se torna dar aquilo que é dos outros.

    Bom Domingo para todos !

    ResponderEliminar
  4. Será verdade que os militantes dos partidos são pouco solidários, ambiciosos, "golpistas"...
    Mas pode ir para os partidos todo o cidadão correcto, solidário, honesto...
    Por exemplo, as quotas no PSD e no PS são de 1€/mês.

    Porque será que só os cidadãos que não prestam, estão lá?

    ResponderEliminar