13 março, 2012

Comissões que negoceiam com a TROIKA defendem os interesses de quem? Paulo Morais assegura que há corrupção.



O vice-presidente da organização que luta contra a corrupção, acusa o Parlamento de ser a origem de muita da corrupção.
Em declarações à SIC Noticias, Paulo Morais disse que desta forma é difícil o combate a este crime e deu exemplos concretos.

A comissão parlamentar que neste momento tem mais importância para o futuro dos portugueses é a que está a negociar com a TROIKA. Ironicamente o povo português não está representado nessa comissão, pois é composta por representantes dos bancos, representantes dos escritórios de advogados, dos interesses imobiliários e das grandes empresas.
A recente privatização/alienação da EDP é um exemplo de como uma comissão criada para fiscalizar e defender os interesses do estado, pode envolver nessa comissão, elementos com interesses no negócio que não eram os do estado.
  • Miguel Frasquilho - com interesses no BES, banco que acessorou os chineses na compra. 
  • Mesquita Nunes - o advogado que pertence ao escritório de advogados que trabalhou para o governo nesse processo. 
  • Pedro Pinto - que é consultor de empresas que dependem completamente da EDP. 
Óbvio que se o parlamento tem sido o mais activo palco e fonte de corrupção não pode esperar-se que seja ele a zelar pelo combate á corrupção. 
Paulo Morais criticou ainda a comissão nomeada para combater a corrupção.
O presidente Vera Jardim, acumulavam interesses privados com o poder público para os defender!
Pois ao mesmo tempo que era presidente da comissão anti corrupção era também deputado, presidente de um banco e de uma seguradora.  
Ao fim de 3 anos essa comissão não fez praticamente nada. Apenas pediram aos diversos organismos da função pública espalhados por Portugal, aqueles por onde prolifera a corrupção, para que fizessem um plano de prevenção para a corrupção.
O mesmo que pedir aos que beneficiam da corrupção para prevenirem a corrupção... tão ridículo como pedir a um gang de ladrões para fazer o sistema de segurança do banco que eles estão sempre a assaltar. 

13 comentários :

  1. Parece que existem cinco partidos ou "coligações" representadas na "Assembleia da República", com a obrigação da defesa dos interesses NACIONAIS conforme a CONSTITUIÇÃO, todos eles subsidiados pelo erário conforme "eles" determinaram. Como é possível que tudo isto se passe sem a denúncia pública de nenhum deputado? Será que chegámos a esta gritante situação de pela subversão de valores e falta de gente séria no maior "baluarte da democracia"?... Será que os "nativos" ainda não repararam no logro a que estão sujeitos?... O que falta para que "esta fantochada" seja desmascarada de vez?
    POBRE POVO, TRISTE NAÇÃO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
    2. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  2. A fantochada do novo "neofascismo" com o pomposo nome de "estado de direito democrático" só porque se vota de tempos a tempos nos "gangs" previamente aprovadas pela "corja do poder" e após o resultado, que seja ele qual for é a continuação do mesmo de sempre. Verificando a actual situação e o seu percurso, pergunto o que sobra da "democracia" e dos cravos?... Um presidente ex-colaborador da "PIDE" e um vasto grupo de "cravas corruptos" que se reúnem num valhacouto a que deram o nome de "Assembleia da República", em que a promiscuidade com o "poder económico" é gritante, a inexistência de "justiça" é do mais descarado, os conluios, os compadrios e tudo quanto não presta, enfim uma oligarquia autocrática. Um poder que só pode ser comparado com os piores grupos de "mafiosos". Perante a actual situação só uma revolução... e até lá começo a ter receio pela "liberdade de expressão" que denuncia todos aqueles que ainda têm esperança que a "corja" irá permitir a sua continuação. Penso que terei de adoptar uma grande reserva nas minhas opiniões e resumir-me a ser apenas mais um "nativo" aguardando a nossa oportunidade.
    Só por falta de sensibilidade e conhecimento da história é que se chega aos extremos a que perigosamente nos aproximamos.

    ResponderEliminar
  3. Por uma questão de "pudor" não quero afirmar quem sou. Ando a preparar-me mentalmente para, um dia destes, conseguir "desabafar". Mas, e só para terem uma ideia, deixem-me gritar a minha revolta: depois de 32 anos de trabalho, intenso e imenso,com ordenados sempre acima da média,e porque não tinha atingido os 65 anos, reformaram-me com 248,00 €. E essa "maltoza" que nunca soube o que era trabalho e, se não fora a política, estaria a viver de padrinhos? Apostou na "trafega" de interesses, nos lobbies de uma advocacia de vendilhões, nas jogadas dos "palácios" da capital e nos lugares de empresas público-privadas... Estas, uns vespeiros de simpatizantes, amigos e correlegionários dos partidos, onde os ordenados encantam sem ter de se mexer uma palha.
    Que estranho País é este ? O Povo está, depois de 38 anos de uma democracia parda e sem atavio, mais pobre, mais miserável e mais esfomeado. Que nos interessa a nós (os esquerdistas folclóricos para solidificar esta democracia apodrecida que só interessa a quem come à mesa do orçamento, defendem a "coisa") que se possa ter a liberdade para falar ? A despensa está vazia ... e a fome é imensa... Num País que não quer, porque lhe seria prejudicial, ter memória histórica. Os politiqueiros armam-se ao fino para, todos os dias, nos enganarem e chuparem o que já não temos. Deviam começar pelos mais graúdos e por acabar com tanta empresa criada para favorecer a "corja" que se alimenta dos partidos. Esta pseudo-democracia, sem gente séria e "falida" intelectual, profissional e pessoalmente, não tem ponta por onde se pegue. Vejamos: participativa ? Como e onde ? E que dizer dos (de)putados que são de fora do circulo eleitoral ao qual concorrem ? Que falácia e que vergonha... Querem um conselho ? Corram com estes desavergonhados políticos, todos eles sem excepção, porque vieram para roubar e nos lixar. E, a concluir: volta Salazar, porque estás perdoado. Ao pé destes "macacos" e iletrados era um "santo" ... Saberá o Povo o que foram os Planos de Fomento de Salazar ?
    Para a próxima vai haver mais ... A todos saúdo e coragem. Temos de correr com estes "judas" da nossa terra...
    Zé do Telhado

    ResponderEliminar
  4. lamentos, lamentos e mais lamentos, é o melhor que o nosso povo sabe fazer. Este povo votou neles e agora lamenta-se, é assim há 35 anos.
    Os partidos de esquerda são compostos por gente criminosa por isso deve-se continuar a votar nos mesmos. A realidade é esta e não há coragem para mudar, é merecido o sofrimento. E se continuarem a votar igual o sofrimento devia triplicar, no mínimo. Um povo cobarde, sem atitude e abertura para mudar, amorfo, sem chama, um povo manso é o povo ideal para a corja que tomou conta do País. Ao menos pensassem nas crianças que vão sofrer no futuro com a irresponsabilidade dos adultos de agora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os da direita são santinhos abençoados......Vá mas é mandar postas para outro lado.

      Eliminar
  5. Portugal sera um moderno pais Pirata como a Somalia na ponta de corno em Africa,e Portugal a ponta de corno da Iberia / CEE. Nao tarda muito tempo. Tudo tinham com o Imperio / Ultramar e tudo deixaram perder.Nao tarda muito tempo agora perderem a propria casa/pais/nacao/terra natal e a propria suborania com a divida da Troika/Euro/CEE/BCE/FMI et. Estam feitos ao bife e isso ainda vai acabar em Guerra civil ou revolucao e sem cravos desta vez,40 anos "Depois do Adeus".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem observado. É isso que eu tento explicar há muito, estamos a caminhar para um país ao estilo de Angola, sem estado social, com políticos e amigos milionários e com muitos pobres a morrer de fome, diarreia, e outras doenças do 3º mundo... o processo já começou à muito, eles vão roubando cada vez mais, experimentando a ver até onde o povo os deixa ir... e o povo continua a deixar que eles avancem...

      Eliminar
  6. Isto é muito grave...juntar tudo e correr com esta escumalha

    ResponderEliminar
  7. PORRA Esquerda Direita centro seja lá o que for tudo é igual .Por Favor não digam que uns são melhores ou se disserem expliquem por que são .TODOS SÃO LARÕES ASSASSINOS MALFEITORES .DO PIURIU FILHOS DA MÃE !Será que vou partir sem ver esta corja castigada .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  8. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar