20 novembro, 2011

João Jardim afirma que não irá aumentar impostos...

Jardim desobedece governo
Alberto João Jardim continua, na sua arrogância desafiadora, a usufruir de um poder obtido por razões que a própria razão desconhece. Desafiador afirma que não vai aumentar os impostos. Arrogante afirma que ainda devia ter feito mais "buracos", pois fez menos que os continentais.
Talvez ele se esteja a excluir de alguns buracos que são de todos os portugueses e não apenas dos continentais, como é o caso BPN.
O que é certo é que Alberto João Jardim afirma ser responsável por menor percentagem do "buraco", que os continentais, e que isso lhe dá o direito de gastar mais, distorcendo a realidade, ao não fazer referência ao facto de que também é a Madeira aquela que menos contribui para a riqueza nacional.
Chegou a afirmar que ele gasta para se colocar ao nível dos continentais, ou seja isto não é uma disputa para mostrar competências, ou mesmo poupança, isto é uma competição irracional e sem escrúpulos para ver quem gasta mais... o resultado foram estas obras que Alberto João Jardim criou apenas para gastar as ajudas extras dos continentais,  nunca para melhorar o nível de vida dos Madeirenses.
Citação da noticia, marcada por duas frases brilhantes:
"O presidente do governo regional da Madeira garante que não vai aumentar impostos, mas admite que terá de fazer menos obras públicas.  
“A dívida da Madeira é 1,8% do total do país, representamos 2,5% da população. Se calhar até devíamos ter feito mais dívida", sublinhou."  (18-11-2011.fonte)

Para João Jardim as coisas colocam-se nesta fórmula simplista e obtusa, aquela que a sua mente brilhante, lhe permite..
A dívida da Madeira é 1,8% ... e os madeirenses contribuíram com que percentagem DE IMPOSTOS, para o estado comparativamente com os continentais?
Ou ainda ... "representamos 2,5% da população"... e será que pagam tantos impostos e usufruem dos mesmos benefícios que os continentais? Pois claro que não...
Esses 2,5% de madeirenses pagam menos impostos que esse mesmo numero de continentais e ainda custam mais ao estado.... 
Por isso Srº João Jardim devia envergonhar-se e começar a poupar como os outros, que poupam para que os madeirenses possam viver com politicas surreais como as suas.
Afirma ainda que não vai fazer despedimentos na função pública pois isso para ele "é sagrado" pudera... vejam a lista dos "tachos" na sua função pública., sagrados claro.
Ou seja João Jardim promete manter-se acima dos continentais, fazendo menos sacrifícios e menos cortes e continuando a usufruir do contributo dos portugueses continentais, sacrificados em todas as frentes, incluindo na factura da EDP que inclui uma percentagem para o senhor arrogante João Jardim.

Veja estes sites com mais regalias fiscais que fazem da Madeira um contribuinte menos significativo que os continentais, deitando por terra as percentagens de dividas que João Jardim refere em cima, irreais e manipuladas. SDM,  newmadeira.CINM regime-fiscal.
Sendo que existem ainda outros impostos na ilha da Madeira,  mais baixos que no continente (IVA)

Sem comentários :

Enviar um comentário