12 julho, 2011

Tentativas de manipular o povo... direita igual a estabilidade?

MAIS UMA TENTATIVA DE MANIPULAR OS INOCENTES. 
Num artigo de hoje do Público um politologo tenta fazer crer que as pessoas votaram no Passos Coelho em busca de estabilidade... os mais frágeis e vulneráveis vão lendo estas coisas e até podem chegar a acreditar DIREITA igual ESTABILIDADE... se insistirem e teimarem pode ser que pegue.

Contudo já Miguel Sousa Tavares também afirmou num artigo do EXPRESSO, que em tempo de crise os povos confiam mais na direita que na esquerda, ressalvando : " irónico, já que foram as ideias liberais da direita que nos levaram á crise". Afirma.
Pretendem mostrar uma realidade distorcida, que apenas pertence aos políticos. Já que é com esta realidade, vendida e impingida ao povo, que pretendem fazer-nos acreditar que os políticos fazem muita falta ao país e ao povo.
Talvez devesse deixar-se bem claro que Portugal não "virou" para lado nenhum, estas teorias transmitem a falsa ideia de democracia e liberdade de escolha... mas desenganem-se os que ainda acreditam nisso. Estas eleições foram a prova viva de que a democracia em Portugal se apagou... e quase ninguém deu por nada.

Ninguem virou á direita, fomos encurralados, como ovelhas em matadouros forçadas a seguir em direcção predefinida. Fomos dirigidos para a direita, em fuga da esquerda. Não em escolha livre e voluntária de querer ver a direita no poder. 
Qual estabilidade? Já todos lá estiveram e estabilidade nunca foi o que nos ofereceram.
Não foram as ideias liberais da direita que nos catapultaram para o fosso em que estamos, o que nos LEVOU ao fosso foram anos e anos, governos e mais governos, de direitas e esquerdas e a sua governação incompetente e impune. As próprias saídas e entradas de cada governo, são também um regabofe de despesismo, só por si. 
Mas os buracos mais graves são essencialmente devidos aos nossos governos corruptos, impunes e despesistas. Distribuidores sem escrúpulos de tachos e poleiros, milionários.

Ainda há quem acredite nos velhos políticos ferrenhos e dedicados que acima de tudo prezavam o bom nome dos partidos, os princípios e os ideais.
Hoje em dia ser politico é ser inicialmente um manipulador mentiroso e demagogo, e posteriormente, em vez de governar... governar-se.

1 comentário :

  1. Eu,um simples operário emigrante na Holanda desde 1964 e já velhote(quase 89 anos),digo simplesmente que desde 1976,Portugal tem sido governado pela DIREITA,dado que o PS embora use o rótulo de socialista,êle é um Partido da Social Democracia que defende o Capitalismo Liberal tal como o PSD que usa abusivamente o rótulo de Social democrata mas é Liberal.É claro que o PSD leva vantagem sôbre o PS,porque tem a acolitá-lo o CDS/PP,um Partido da «democracia» cristã em que há muita gente saudosa da Ditadura clerical-fascista do Estado Novo.Êstes três Partidos da DIREITA são apoiantes da Horda mercenária da NATO e de suas guerras de destruição e rapina. Quanto à ESQUERDA que infelizmente está muito desunida,só lhe resta continuar esclarecendo o Povo para que veja quem é que lhe atira as pedradas e que em vez de morder na pedra,deve morder quem a atira.
    Mas,porém,todavia,contudo........
    Com populismo e demagogia/
    muita mentira,verdade parece/
    mas em liberdade e democracia/
    cada Povo tem o Governo que merece.

    ResponderEliminar